Juntos somos mais fortes

Filie-se agora

Notícias

Senador Marcelo Castro é aplaudido na 7ª Mobilização Nacional dos Vereadores em Brasília - ASSISTA O VÍDEO

Senador Marcelo Castro é aplaudido na 7ª Mobilização Nacional dos Vereadores em Brasília   Centenas de vereadores e vereadoras de todo o país, prestigiaram o evento da ABRACAM – Associação Brasileira de Câmaras Municipais e atenderam ao chamado da diretoria da Entidade, presidida nacionalmente por Rogério Rodrigues e vieram à Brasília para participar da 7ª Mobilização Nacional dos Vereadores. O evento, que respondeu a todas as expectativas dos organizadores, começou na terça-feira (21) e acontece até sexta-feira (24) no auditório sede do DNIT em Brasília. Em sua extensa programação, a organização do evento escolheu temas sugeridos pelos vereadores e vereadores, cuja pauta de assuntos priorizou o momento político, como: Os novos desafios do Mandato do Vereador; Projeto de Reforma da Previdência; Medidas de Combate à Corrupção; Mandatos inteligentes com propósitos; Eleições Municipais 2020;  Orçamento impositivo; A relação entre poder público e os cidadãos nos municípios; Expansão da Telecomunicação no Brasil e Riscos das Barragens no Brasil, entre outros. Dentre as autoridades que foram convidados, o senador Marcelo Castro (MDB-PI), atendeu prontamente o convite da ABRACAM e se colocou à disposição dos vereadores, de imediato. Na exposição do senador, realizada hoje – O tema da palestra foi “ Fundo eleitoral nas eleições de 2020”, o público reagiu positivamente e grande parte dos vereadores traziam questionamentos. O horário foi expandido e a participação aumentou. O marco principal da palestra foi a interação entre vereadores e o palestrante. Os vereadores dissecaram o assunto e o senador foi muito aplaudido, firmando o engajamento nas demandas municipais. O comprometimento de Marcelo Castro com o municipalismo, foi coroado na oportunidade, com a sua assinatura no documento de criação da Frente Parlamentar Mista de Fortalecimento das Câmaras Municipais e Vereadores, em processo de finalização para esta legislatura. ASSISTA O VÍDEO 

A vereadores, Alvaro Dias ressalta impacto negativo da corrupção para economia brasileira

(Cliicar no link) https://www.alvarodias.com.br/2019/05/22/alvaro-dias-ressalta-impacto-negativo-da-corrupcao-para-economia-brasileira/

20 de maio, segunda-feira - As notícias que são destaques nos jornais que a ABRACAM preparou para você!

20 de maio, segunda-feira - As notícias que são destaques nos jornais Veja quais são as notícias de destaque nos matutinos brasileiros Bom dia! Aqui estão os principais assuntos para você começar o dia bem-informado. Violência no Norte e no Nordeste. A polícia investiga chacinas que deixaram 20 mortos no Pará e na Bahia no fim de semana. Na reforma da Previdência, o líder do governo na Câmara, deputado Major Vitor Hugo, sinalizou que poderia apoiar um texto alternativo da proposta nacomissão especial. Hoje, ele deve se encontrar com o presidente Jair Bolsonaro. Começam as inscrições do Encceja 2019. Você vai saber ainda quais são as vagas abertas em concursos pelo país. E tem também a estreia da nova novela das 21h, 'A dona do pedaço'. O que é destaque nesta segunda-feira: CONFIRA AS NOTÍCIAS ( CLICAR NO LINK) https://www.foconapolitica.com/2019/05/20/%EF%BB%BF20-de-maio-segunda-feira-as-noticias-que-sao-destaques-os-principais-jornais/

Presidente da ABRACAM participa do 36º Congresso Mineiro de Municípios que se realiza em Belo Horizonte

O Congresso Mineiro de Municípios, tradicional evento promovido pela Associação Mineira de Municípios (AMM) e que já consagrou a sua marca na agenda municipalista do país, chega à sua 36ª edição com o tema “Novos governos. Perspectivas, Desafios e Compromisso com os Municípios”. A extensa gama de debates em torno destas pautas consolidam um ano de muito trabalho e empenho da gestão da AMM para conquistar os direitos constitucionais dos municípios, após os inúmeros atrasos nos repasses de verba do Governo do Estado. Em 2019, o Congresso foi realizado em Belo Horizonte nos dias 14 e 15 de maio, no estádio Mineirão, em Belo Horizonte. O público, composto por prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, secretários municipais, agentes públicos, imprensa e sociedade, teve acesso a uma robusta programação voltada para a gestão pública municipal, englobando salas técnicas, debates, fóruns, seminários, encontros e a grande Feira para o Desenvolvimento dos Municípios, já em sua 34ª versão, o que transformou o Mineirão no maior movimento municipalista do Brasil. O presidente da ABRACAM Rogério Rodrigues da Silva, participou do evento como convidado e fez um pronunciamento valorizando a pauta municipalista, um novo pacto federativo e questões em defesa da autonomia do legislativo municipal. Rogério Rodrigues convidou a todos para a participação na 7ª. Mobilização Nacional que se realizará em Brasília, nos dias 21,22,23 e 24 de maio promovida pela ABRACAM – Associação Nacional de Câmaras Municipais. Segundo Rodrigues “ Teremos um evento com uma pauta importante de discussão em questões como as eleições 2020; Segurança Pública; Barragens, entre outros”, recomenda.

19 de maio, domingo - Os destaques que a ABRACAM preparou para você. Atualizando as noticias de HOJE

( Confira no link ) http://www.foconapolitica.com/?p=2543&preview=true

Jornais de sábado, 18 de maio - Veja quais são as notícias de destaque nos matutinos brasileiros que a ABRACAM selecionou para você.

Presidente divulga texto e eleva tensão; Congresso decide liderar reforma. Jornais de sábado (18) Segundo o matutino carioca, após uma reunião de líderes do Centrão realizada na casa de Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara, foi definido que o Congresso assumirá a formatação da reforma da Previdência. O relator da proposta na Câmara, deputado Marcelo Ramos (PR-AM), afirmou que o grupo deve votar um texto alternativo, sem pontos considerados polêmicos da proposta encaminhada pelo governo. Segundo o Globo, o alvo mais recente dos parlamentares é o sistema de capitalização, em que os trabalhadores contribuem para a própria poupança. "Toda a proposta do governo é fundada numa ideia de um cheque em branco para o governo fazer a capitalização. Esse cheque em branco a Câmara não vai dar", disse Marcelo Ramos. "Em meio à crise, Congresso decide liderar reformas", destaca a manchete do Globo. O Estado de S. Paulo também comenta a reunião realizada na casa de Rodrigo Maia e a decisão dos deputados de apresentar um texto alternativo ao projeto de reforma da Previdência em tramitação na Câmara. O matutino dá ênfase às declarações do deputado Marcelo Ramos, presidente da Comissão Especial que analisa a reforma. Para ele, apresentar um novo texto é a única forma de aprovar a reforma neste momento. "Este é um governo que desconsidera completamente o Parlamento", afirmou Ramos. Segundo o Estadão, os deputados estudam incluir propostas alternativas de financiamento das aposentadorias para se diferenciar do governo e distanciar do discurso de que a reforma só prejudica os mais pobres. "Deputados preparam proposta alternativa para Previdência", informa a manchete do Estadão. Os jornais lembram que as tensões desta sexta (17) levaram o dólar a ser cotado em R$ 4,10.      

17 de maio, sexta-feira - Os destaques do dia que a ABRACAM preparou para você

Termina o prazo para o ex-ministro petista José Dirceu se entregar à polícia. Bolsonaro volta ao Brasil. Em resposta ao Planalto, deputados cogitam apresentar texto alternativo da reforma da Previdência. RJ tem em média 10 menores vítimas de estupro por dia. Eleições na Austrália: saiba o que está em jogo no país que a há 30 anos mantém o PIB em alta. As inscrições para o Enem 2019 serão encerradas nesta sexta-feira. Justiça manda prender Dirceu novamente O ex-ministro José Dirceu tem até as 17h para se entregar à PF, em Curitiba, para cumprir pena na Lava Jato. A determinação do juiz Luiz Antonio Bonat saiu poucas horas após após o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) negar um recurso dos advogados do ex-ministro, que pedia prescrição da pena de 8 anos e 10 meses. E muito mais... (Clicar no LINK) https://www.portalr10.com/noticia/26802/17-de-maio-sexta-feira-os-destaques-do-dia

16 de maio, quinta-feira - As notícias que são destaques nos jornais e que a ABRACAM escolheu para sua melhor informação

Bom dia! Aqui estão os principais assuntos para você começar o dia bem-informado MP aponta indícios de que o senador Flávio Bolsonaro praticou lavagem de dinheiro com a compra e venda de apartamentos. Nos EUA, o pai dele, o presidente Jair Bolsonaro, é homenageado em Dallas. Cortes na educação: reitores de institutos federais se reúnem com o ministro Abraham Weintraub. Ministo da Justiça Sérgio Moro concedeu entrevista à GloboNews. IBGE divulga os números do desemprego no 1º trimestre. Indícios de lavagem de dinheiro Flávio Bolsonaro comprou e vendeu imóveis para lavagem de dinheiro, segundo o MP E muito mais... (Clique no link ) http://www.foconapolitica.com/2019/05/16/16-de-maio-quinta-feira-os-assuntos-que-sao-destaques-nos-jornais-de-hoje/

Bom dia! Aqui estão os principais assuntos que a ABRACAM selecionou para você começar o dia bem-informado

Bom dia! Aqui estão os principais assuntos para você começar o dia bem-informado. Temer e coronel Lima deixarão a prisão após decisão unânime do STJ. O ministro da Educação vai ao plenário da Câmara para explicar os cortes nas universidades federais. Nos EUA, Bolsonaro se reúne com o ex-presidente norte-americano George W. Bush. Sai a ‘prévia do PIB‘ no primeiro trimestre. Habeas corpus para Temer O ex-presidente Michel Temer — Foto: Abraão Cruz/TV Globo Por unanimidade, a Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu liminarmente (provisoriamente) conceder habeas corpus e libertar o ex-presidente Michel Temer, preso na sede do Comando de Policiamento de Choque, da Polícia Militar, em São Paulo. Os quatro ministros que votaram (Antônio Saldanha, Laurita Vaz, Rogério Schietti e Néfi Cordeiro) se manifestaram favoravelmente à libertação de Temer e também do coronel João Baptista Lima Filho, ex-assessor e amigo pessoal do ex-presidente – outro integrante da turma, o ministro Sebastião Reis Junior se declarou impedido e não participou da sessão. Com a decisão, Temer e Lima vão permanecer em liberdade pelo menos até o julgamento definitivo do mérito do habeas corpus, pela própria Sexta Turma, em data ainda não definida. Temer e Lima são réus por corrupção, lavagem de dinheiro e peculato em uma ação penal que tramita no Rio de Janeiro e apura supostos desvios na construção da Usina Angra 3, operada pela Eletronuclear.  E muito mais.. CLICAR NO LINK https://www.foconapolitica.com/2019/05/15/15-de-maio-quarta-feira%EF%BB%BF-os-assuntos-que-sao-destaques-hoje/  

Riscos de barragens no Brasil é tema de painel no 7ª Mobilização Nacional dos Vereadores em Brasília

Riscos de barragens no Brasil é tema de painel na 7ª Mobilização Nacional dos Vereadores em Brasília O senador Carlos Viana (PSD-MG) recebeu em seu gabinete no Senado Federal (8), o presidente da Abracam – Associação Brasileira de Câmaras Municipais Sr.Rogério Rodrigues da Silva acompanhado do diretor executivo, jornalista Milton Atanazio. Na ocasião fizeram o convite ao senador, para participar da 7ª Mobilização Nacional dos Vereadores em Brasília, a realizar-se nos dias 21 a 24 de maio de 2019, no auditório do DNIT. A Mobilização dos Vereadores e Vereadoras tornou-se tradicional evento de vereadores, promovido pela ABRACAM todos os anos, e encontra-se em sua 7ª edição, recebendo vereadores e vereadoras de todo o país. Neste ano, a organização resolveu colocar um tema de extrema importância em discussão. Trata-se do Painel nº 2 – Riscos das Barragens no Brasil. O senador Carlos Viana (PSD-MG) que é relator da CPI de Brumadinho, foi convidado especialmente para abordar este tema do painel. A CPI de Brumadinho, foi instalada no Senado Federal em 12 de março de 2019 com prazo final em 10 de julho de 2019.É composta de 11 membros titulares e 7 membros suplentes, para, no prazo de 120 dias, apurar as causas do rompimento da barragem na Mina Córrego do Feijão, da empresa de mineração Vale, em Brumadinho e outras barragens e vem fazendo um trabalho de relevância nacional. Foto (Arquivo) jornalista Milton Atanazio(E), Rogério Rodrigues (C) e senador Carlos Viana(D)

Senador Paulo Paim irá participar da 7ª Mobilização dos Vereadores em Brasília

Senador Paulo Paim irá participar da 7ª Mobilização dos Vereadores em Brasília O presidente da Abracam – Associação Brasileira de Câmaras Municipais Sr.Rogério Rodrigues da Silva acompanhado do diretor executivo, jornalista Milton Atanazio, estiveram ontem (08) no Senado Federal com o senador Paulo Paim (PT-RS) fazendo o convite para participar da 7ª Mobilização Nacional dos Vereadores em Brasília, a realizar-se nos dias 21 a 24 de maio de 2019, no auditório do DNIT. No encontro, o senador gaúcho, que é filiado ao PT-RS e presidente da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa, confirmou sua participação. O senador tem um profundo conhecimento do tema previdenciário e trará com certeza uma contribuição muito grande na discussão que toma conta atualmente, todo o parlamento brasileiro. Alguns pontos da reforma da Previdência preocupam o senador Paulo Paim (PT-RS). O parlamentar vem pedindo em Plenário que a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 6/2019 seja analisada com calma e responsabilidade, uma vez que estão em jogo as vidas de milhões de brasileiros. — “Deve haver diálogo, tolerância. Nesse caso específico da reforma da Previdência, não pode haver situação e oposição, nós contra eles, eles contra nós. Somos todos Brasil”, diz o senador. Paim elogiou alguns pontos da PEC, como o endurecimento das regras para cobrança dos devedores contumazes, os limites impostos ao programa de recuperação fiscal (Refis), o fim da Desvinculação de Receitas da União (DRU) e as novas normas para aposentadoria dos parlamentares. Porém, criticou outros, como o aumento do tempo de contribuição para os trabalhadores rurais; a exigência da contribuição efetiva sobre a produção do trabalhador rural segurado especial; a privatização do auxílio-acidente, do auxílio-doença e aposentadoria por invalidez; o aumento da idade para receber o Benefício de Prestação Continuada (BPC) integral para 70 anos; e o aumento da idade para efeito de aposentadoria para todos os trabalhadores. foto do arquivo: jornalista Milton Atanazio(E), senador Paulo Paim (C) e presidente da ABRACAM , Rogério Rodrigues(D)

13 de maio, segunda-feira - Aqui estão os principais assuntos que a ABRACAM separou para você ficar bem-informado

13 de maio, segunda-feira Bom dia! Aqui estão os principais assuntos para você começar o dia bem-informado. O Monitor da Violência mostra hoje que o número de assassinatos teve uma queda de 24% no 1º trimestre do ano no Brasil: foram mais de 10 mil mortes violentas em janeiro, fevereiro e março. O presidente Jair Bolsonaro confirma que indicará o ministro Sérgio Moro quando abrir uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF). Segundo ele, trata-se de um compromisso firmado com o ex-juiz. Familiares, amigos, colegas e fãs se despedem hoje do ator Lúcio Mauro, que será velado no Rio. A Caixa ainda não revelou de onde é a aposta que ganhou, sozinha, a bolada de R$ 289 milhões da Mega-Sena no sábado. E conheça a ferramenta do G1que permite saber como votaram os deputados e senadores que representam você no Congresso. Monitor da Violência — Foto: Editoria de Arte / G1 O número de assassinatos caiu 24% no 1º trimestre do ano no Brasil, segundo dados do Monitor da Violência. O país teve 10.324 mortes violentas em janeiro, fevereiro e março. Apenas o Paraná não informa os dados. No mesmo período de 2018, houve 13.552 assassinatos. O índice nacional de homicídios criado pelo G1 acompanha os crimes violentos mês a mês. PÁGINA ESPECIAL:Mapa mostra mortes violentas no país METODOLOGIA: Monitor da Violência Adeus a Lúcio Mauro Lúcio Mauro como o personagem Sabiá em 'A Favorita', em dezembro de 2008 — Foto: Ivone Perez / TV Globo Morreu no sábado (11) o ator Lúcio Mauro. Ele tinha 92 anos e estava internado havia 2 meses com problemas respiratórios. O velório será aberto ao público e começa às 9h no Theatro Municipal do Rio. O anúncio da morte foi feito pelo filho, Lúcio Mauro Filho, pelas redes sociais: "Meu amado pai serenou. Ele merecia esse descanso. Lúcio Mauro teve uma vida linda, uma carreira vitoriosa", escreveu. Leia a íntegra da mensagem. Lúcio Mauro contracena com Chico Anysio em 'Escolinha do Professor Raimundo'. Mauro participou do programa de 1990 a 1994 — Foto: Acervo TV Globo Lúcio Mauro estreou na Globo em 1966 e integrou alguns dos principais programas de humor da emissora, como "Chico City" (1973), "Os Trapalhões" (1989) e "Escolinha do Professor Raimundo" (1990). Participou da criação, dirigiu e atuou em outras dezenas de atrações na televisão, com destaque para "Balança Mas Não Cai" (1968), em que estrelou o quadro Ofélia e Fernandinho. Nos últimos anos, participou de "Os Normais", "A Grande Família", "A Diarista", "Sob Nova Direção", "Programa Novo", "Faça a Sua História" e "Zorra Total". Começo no teatro e uma coleção de personagens: a trajetória de Lúcio Mauro A carreira de Lúcio Mauro em mais de 20 fotos "Lúcio sempre foi generoso, você vê isso nas parcerias com meu pai", diz Bruno Mazzeo Bolsonaro e Moro O presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Justiça, Sérgio Moro — Foto: José Cruz / Agência Brasil Bolsonaro afirmou ontem que pretende indicar o ministro da Justiça, Sérgio Moro, para uma vaga no STF. Em entrevista à rádio Bandeirantes, o presidente disse que firmou um compromisso com o ex-juiz da Lava Jato e que vai honrar o que foi acertado. "Eu fiz um compromisso com ele porque ele abriu mão de 22 anos de magistratura. Eu falei: a primeira vaga que tiver lá, vai estar a sua disposição", disse Bolsonaro. O Supremo tem 11 ministros, e a próxima vaga deve ser aberta em novembro de 2020, quando irá se aposentar o decano Celso de Mello. Quem indica é o presidente, mas o candidato precisa ser sabatinado e aprovado em votação no Senado. Sobre isso, Bolsonaro afirmou: "Sei que não lhe falta competência para ser aprovado lá. Mas [queremos] uma sabatina técnico-política, tá certo?". Moro não se pronunciou sobre as declarações de Bolsonaro. Blog do Camarotti: Bolsonaro fortalece Moro após derrota do ministro no Congresso Ministério das Cidades Em meio ao mal-estar entre o governo e o Congresso, causado pela votação da reforma administrativa, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), conversou ontem com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. Até então, em aceno à Câmara, o governo negociava umaindicação de Maia e de deputados para o futuro Ministério das Cidades. No entanto, Maia disse ao ministro que não indicará o ex-deputado Alexandre Baldy (PP) para o cargo nem apresentará outro nome. Argumentou que, se fizer isso, o governo pode acusá-lo de querer o 'toma lá, dá cá'. Como votou meu deputado? O G1 lançou no sábado uma ferramenta que mostra o posicionamento de cada deputado e de cada senador nas principais votações deste ano. Com ela, você poderá acompanhar o trabalho dos seus representantes no Congresso. As páginas serão atualizadas sempre que ocorrer uma votação relevante. Veja abaixo: O voto dos deputados O voto dos senadores Entenda a metodologia Balança comercial Ministério da Economia divulga hoje o resultado de abril da balança comercial. Em março, houve superávit de US$ 4,99 bilhões, isto é, quando as exportações superam as importações. De olho na bagagem Novas regras para bagagens em aeroportos — Foto: Reprodução / TV Globo Os passageiros que voarem a partir de hoje de Congonhas (SP), Galeão (Rio), Santos Dumont (Rio), Santa Genoveva (Goiânia) e Salgado Filho (Porto Alegre) terão que prestar mais atenção ao tamanho da bagagem de mão. Nesses terminais, será obrigatório despachar as malas que estiverem acima do tamanho padrão: 55 cm de altura, 35 cm de largura e 25 cm de profundidade, com até 10 kg de peso. A regra está sendo implantada aos poucos nos principais aeroportos do país. ???????????? Dezenas sorteadas na Mega-Sena — Foto: Gabriela Sarmento / G1 Ainda não se sabe de onde é a aposta que, no sábado, levou o histórico prêmio de R$ 289 milhões da Mega-Sena. O jogo foi registrado pela internet, e a Caixa não divulgou a cidade nem o estado. Esse foi o maior prêmio de concursos regulares da Mega-Sena. A Caixa diz ter recebido mais de 126 milhões de apostas. É campeão! Brasil supera os EUA e leva título inédito no revezamento 4x100m Fantástico (Clique no link) https://globoplay.globo.com/v/7610024/ Pela primeira vez, o Brasil foi campeão mundial de atletismo no revezamento 4 x 100 metros. O feito é do quarteto formado por Rodrigo Nascimento, Derick Silva, Jorge Vides e Paulo André, que derrotou os sempre favoritos norte-americanos e ainda cravou o melhor tempo do ano: 38s05. Importante lembrar: o time dos EUA conta com Justin Gatlin, atual campeão mundial nos 100 metros rasos. Brasileirão Três times paulistas venceram neste domingo (12) e chegaram a 10 pontos de 12 possíveis, no topo da tabela. O Palmeiras bateu o Atlético-MG em Belo Horizonte e está em 1º por causa do saldo de gols. O vice-líder é o Santos de Sampaoli, que atropelou o Vasco no Pacaembu. O São Paulo se reencontrou com Rogério Ceni, venceu o Fortaleza e manteve a 3ª posição. Os três paulistas são os únicos invictos do campeonato. Veja como ficou a classificação após 4 rodadas e assista abaixo aos gols do Fantástico: Gols do Fantástico: Santos vence por 3 a 0 o Vasco Fantástico (Clicar no link) https://globoplay.globo.com/v/7610029/ Entrevista ao G1 Heslaine Vieira — Foto: Raquel Cunha / TV Globo "Nunca imaginei, lá em Minas, que com 23 anos ia poder dizer isso". O "isso" citado pela atriz nascida em Ipatinga é o fato de fazer parte de dois projetos vencedores do Emmy Internacional Kids. Em 2014, Ellen celebrou o primeiro quando “Pedro & Bianca”, da TV Cultura, venceu a categoria Melhor Série Infanto-juvenil. Cinco anos depois, ela celebra a conquista na mesma categoria com “Malhação: Viva a Diferença”, novela na qual interpretou Ellen. Ao G1, ela fala sobre a carreira, empoderamento e cita Taís Araújo como inspiração. Rap furioso "Eminência parda" é um rap com Emicida em modo furioso contra o racismo, sobre uma base que tem um pouco de trap e um tiquinho assim de carimbó. Conheça a música e veja comentário do G1 no vídeo acima. Mas é um tiquinho de carimbó muito bem aplicado, com a voz da diva do estilo, Dona Onete, 79 anos. Ela canta um trecho do "Canto dos escravos", conhecido na gravação com Clementina de Jesus.(Clicar no link)http://g1.globo.com/pop-arte/videos/v/g1-ouviu-emicida-dona-onete-je-santiago-e-papillon/7605957/   Sussurando 5 músicas para entender o pop ASMR ( Clicar no link) http://g1.globo.com/musica/videos/v/5-musicas-para-entender-o-pop-asmr/7596514/ Billie Eilish, a maior revelação do pop americano neste ano, começa seu álbum de estreia com uma faixa de 13 segundos. É o ruído de alguém retirando um aparelho dental da boca. Além do som esquisito, quando ela resolve cantar, a voz é quase sempre sussurrada. Entrevistamos produtores e professores de canto para entender por que todo mundo está sussurando na música pop atual. Também explicamos se esse "pop sussurrado" tem a ver com os vídeos ASMR que bombam no YouTube. Curtas e Rápidas: Justiça da França autoriza Brasil a repatriar 45 fósseis exportados ilegalmente, diz MPF Desligou no fim de semana? Morre deputado baleado no meio da rua em Buenos Aires Morre aos 72 anos a atriz Peggy Lipton, estrela de 'Twin Peaks' Avião da Embraer pousa sem rodas dianteiras em Mianmar Fórmula 1: Hamilton vence GP da Espanha e assume liderança Manchester City, do técnico Guardiola, é bicampeão inglês Jéssica Bate-Estaca conquista cinturão em luta no UFC Rio Taubaté é campeão da Superliga Masculina de vôlei pela 1ª vez Hoje é dia de... Dia da Abolição da Escravatura no Brasil Dia do Automóvel e da Estrada de Rodagem Dia Nacional do Zootecnista    

12 de maio, Domingo – Destaques de hoje nos principais jornais que a ABRACAM preparou para você ficar bem-informado

12 de maio, Domingo – Destaques de hoje nos principais jornais Bom dia! Aqui estão os principais assuntos para você começar o dia bem-informado Lula pede regime aberto; Primeiro emprego formal tem demorado mais. Jornais de domingo (12) E MUITO MAIS... A defesa do ex-presidente Lula apresentou pedido ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) para que o político passe a cumprir sua pena em regime aberto. O Globo explica que os advogados querem que o tempo já cumprido por Lula na cadeia seja abatido do cálculo da pena e que seja ultrapassada a fase de semiaberto, para que o ex-presidente vá direto para o regime aberto, "diante da (conhecida) inexistência de estabelecimento compatível” para abrigar Lula. Além disso, a defesa pede a nulidade do processo e a absolvição do petista. O Globo afirma que Lula havia orientado seus advogados a não pedirem a progressão de regime para marcar sua posição de vítima de um processo político. No entanto, aliados teriam convencido o ex-presidente a mudar de ideia e pedir o benefício à Justiça. Lula pede ao STJ para cumprir resto da pena em regime aberto Clique e assista o link) http://g1.globo.com/globo-news/jornal-das-dez/videos/v/lula-pede-ao-stj-para-cumprir-resto-da-pena-em-regime-aberto/7609417/ O matutino carioca destaca ainda, na primeira página, levantamento feito pela consultoria iDados que mostra que o emprego formal para os jovens brasileiro está chegando cada vez mais tarde. De acordo com a pesquisa, a idade média do primeiro emprego com carteira assinada atualmente é de 28,6 anos. Entre os anos de 2006 e 2014, essa idade era em média de 25 anos. Segundo O Globo, a crise econômica agravou esse quadro e o alto índice de desemprego faz com que profissionais qualificados aceitem trabalhar por salários menores, retirando a vaga dos jovens que estão em busca do primeiro emprego. O atraso na entrada do jovem no mercado de trabalho dificulta o financiamento da Previdência e a aposentadoria dos trabalhadores, já que o empregado demora mais a iniciar seu tempo de contribuição. "Vaga formal para jovem só chega após os 28 anos", sublinha a manchete do Globo. A Folha de S.Paulo revela que o ex-prefeito de São Paulo João Doria gastou 122% a mais com publicidade em 2018 do que o permitido em lei. Segundo o matutino, uma auditoria do Tribunal de Contas Município (TCM) aponta que Doria gastou R$ 73,8 milhões com propaganda no primeiro semestre de 2018. O valor máximo que poderia ser gasto era de R$ 33,3 milhões, segundo cálculos do TCM. A Folha explica que, pela lei, nos primeiros seis meses do ano eleitoral, o agente público não pode gastar mais do que a média do que foi gasto nos primeiros semestres dos três anos anteriores. Ao estabelecer a regra, a lei eleitoral afirma que o princípio pretende preservar "a igualdade de oportunidades entre candidatos nos pleitos eleitorais". A Folha lembra que Doria ganhou as eleições de 2018 e se tornou governador de São Paulo, com 51,75% dos votos válidos. "TCM vê excesso de gastos de Doria com publicidade", revela a manchete da Folha. O Estado de S.Paulo comenta o crescimento de investimentos em startups no Brasil e afirma que, em 2018, os fundos investiram US$ 1,3 bilhão nessas empresas, valor que representa aumento de 51% em comparação com o ano de 2017. De acordo com o Estadão, um grupo de investidores com dinheiro no bolso e pouco medo de errar está em busca de ideias que podem se tornar negócios bilionários. Os números de investimentos devem permanecer altos neste ano e o Estadão dá destaque à criação do megafundo de US$ 5 bilhões da gigante japonesa SoftBank para investir em startups na região da América Latina. O matutino dá exemplos de empresas que já se tornaram "unicórnios", como são chamados os negócios que atingem US$1 bilhão de valor de mercado, e enfatiza que os investidores aplicam quantias em várias empresas ao mesmo tempo e esperam que aquelas que "vingarem" compensem as que fracassarem. "Investimento em startups brasileiras cresce 51% em 1 ano", destaca o título principal do Estadão.  Proibir auditor fiscal de informar crime ao MP pode ampliar corrupção, avaliam entidades   Estadão - Relatório aprovado em comissão do Congresso restringe fiscalização de auditores aos crimes fiscais e proíbe comunicação ao MP, sem ordem judicial, de crimes como lavagem e corrupção. Presidentes de entidades que representam auditores fiscais da Receita Federal consideram uma ameaça ao órgão e às investigações de crimes de colarinho branco o relatório aprovado nesta quinta-feira (10) em comissão especial do Congresso que limita a atuação dos profissionais da carreira a delitos fiscais. Os parlamentares aprovaram na comissão especial que analisa a medida provisória da reforma administrativa uma emenda que proíbe auditor da Receita Federal de comunicar ao Ministério Público indícios de crimes, como lavagem de dinheiro e corrupção. Qual é a situação de Maduro após tentativa frustrada de derrubá-lo na Venezuela?   BBC News - No último dia 8 de fevereiro, quando a luz apagou pela segunda vez durante uma entrevista coletiva no Palácio de Miraflores, os guarda-costas cercaram imediatamente o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro. Protegido por sua escolta no escuro, tomando contrariado uma xícara de café entregue por um assessor, enquanto sua equipe corria para resolver o inoportuno apagão, Maduro era a imagem de um líder cercado. Desde que chegou ao poder em 2013, enfrentou sucessivas ondas de protestos, ameaças e sanções dos EUA, explosões de drones enquanto assistia a um desfile militar e, na semana passada, a última tentativa de insurreição da oposição para derrubá-lo. Mas ele resiste. Qual é a situação é Maduro após o último levante? A Venezuela e o resto do mundo estão se perguntando qual é a situação do presidente venezuelano agora e se ele será capaz de suportar novos ataques.  Um ex-líder chavista afirmou à BBC News Mundo, serviço em espanhol da BBC, que "Maduro é mais forte do que muitos pensam e, apesar das pressões, está com toda disposição". No entanto, de acordo com essa fonte, "o presidente venezuelano sabe que o jogo não está ganho". E, embora seja ele quem toma as decisões no governo e no Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), faz isso levando em conta as reações das diferentes correntes do chavismo para evitar o risco de uma cisão. Nas palavras de Ivan Briscoe, analista do International Crisis Group, "Maduro sobrevive, mas dá a impressão de que faz isso a um custo muito alto". Geoff Ramsey, do Washington Office of Latin America (WOLA), avalia que "embora tenha ficado claro que a oposição não tem força para derrubá-lo, Maduro tem cada vez menos capacidade de governar". Na mesma linha, o jornalista venezuelano Vladimir Villegas declarou recentemente que a deterioração da situação chegou a um ponto em que a Venezuela "não tem gestão pública, apenas uma encenação".   Política é principal assunto das fake news no WhatsApp Estadão - Após analisar por um ano 120 grupos de WhatsApp, pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) descobriram que as correntes de mensagens que continham fake news sobre política atingiam mais usuários do que as conversas com desinformação de outros assuntos. O conteúdo enganoso de política também suscitou discussões mais longas e mais duradouras no aplicativo. Os autores da pesquisa identificaram ainda um aumento significativo nas conversas políticas com dados falsos perto das eleições. “Teve um pico enorme. O momento político favoreceu a discussão com fake news no WhatsApp”, disse um dos coautores do estudo, Josemar Alves, pesquisador de Ciência da Computação da UFMG. Estudos sobre desinformação no WhatsApp ainda são raros por causa da natureza privada do aplicativo. As mensagens enviadas são criptografadas de ponta a ponta, o que quer dizer que não podem ser lidas por terceiros. Para driblar essa dificuldade, os pesquisadores selecionaram aleatoriamente na internet links de grupos públicos – aqueles em que qualquer um pode participar com uma URL de convite. Grupo de empresários amplia lobby no governo Estadão -Após prometer criar um milhão de empregos no primeiro mês do governo de Jair Bolsonaro (mas ter ficado longe de atingir a meta) e de iniciar um corpo a corpo em Brasília pela aprovação da reforma da Previdência, o movimento de empresários liderado por Flávio Rocha, dono da Riachuelo, pretende avançar em sua atuação em Brasília e participar ativamente na elaboração de políticas públicas. “A ideia é ter ação política”, diz Gabriel Kanner, sobrinho de Rocha e presidente do Instituto Brasil 200. Por meio da entidade, o grupo de empresários fará lobby no Executivo e no Legislativo por políticas liberais. A entidade já assinou protocolo de intenções com o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e pretende colaborar no texto da reforma tributária. O instituto, que se define como apartidário, tem a deputada Joice Hasselmann (PSL) como coordenadora de sua frente parlamentar e deve se beneficiar da proximidade de seus fundadores com membros do governo e do Congresso. Tanto Kanner como o vice-presidente do instituto, Helcio Honda (diretor do Departamento Jurídico da Fiesp), têm tido reuniões com nomes como o do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), e do secretário especial da Receita Federal, Marcos Cintra. Honda esteve ainda duas vezes em Washington, nos EUA, para discutir um convênio de intercâmbio de estudos com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Presidente usou Twitter para falar de urgência em aprovar reforma Estadão - O presidente Jair Bolsonaro reafirmou neste sábado (11), por meio de redes sociais, que é preciso que a reforma da Previdência seja aprovada sem sofrer muitas modificações para que o país avance economicamente. Atualmente, a proposta de Emenda à Constituição (PEC 6/2019) está em discussão em comissão especial, na Câmara dos Deputados. “Precisamos hoje aprovar a Nova Previdência sem tantas modificações para que o mercado ganhe a confiança no Brasil e possamos evoluir cada vez mais”, afirmou. Bolsonaro também defendeu as medidas de desburocratização que o governo vem tomando com o objetivo de melhorar o ambiente de negócios e, assim, facilitar a abertura de filiais de empresas estrangeiras no Brasil e atrair mais investimentos para o país. Precisamos hoje aprovar a Nova Previdência sem tantas modificações para que o mercado ganhe a confiança no Brasil e possamos evoluir cada vez mais. “Após medidas de desburocratização internas diárias e a MP da liberdade econômica aceleramos abertura de filiais estrangeiras no Brasil, caindo de 45 para 3 dias (Registro de empresas). Medida busca melhorar o ambiente de negócios para atrair cada vez mais investimentos ao país”, escreveu.  Desejamos  a todos os nossos  leitores um “Feliz Dia da Mães” e um Excelente Domingo!      

11 de maio, sábado - Os destaques de hoje que a ABRACAM preparou para você ficar bem informado

Derrotas de Bolsonaro evidenciam vício de origem: governar sem base formal O presidente Jair Bolsonaro e deputado federal Joice Hasselmann(PSL-SP), líder do governo no Congresso; Planalto se rende à pressão deparlamentares ávidos por espaço no Executivo- Foto -Marcos Corrêa/Estadão  O governo do presidente Jair Bolsonaro deu indícios claros nesta semana de pragmatismo na sua relação com o Congresso.Um dos destaques foi a decisão de dividir o Ministério do Desenvolvimento Regional em dois, recriando as pasta das Cidades e da Integração Nacional – ambas de forte interesse político, principalmente adas Cidades pelo potencial eleitoral da vinculação direta com os municípios. Os ministérios ressuscitados representam a mais evidente concessão feita aos parlamentares até aqui. O governo foi obrigado a ceder para aprovar a medida provisória da reforma administrativa, que, entre seus efeitos, justamente reduziu o tamanho da estrutura ministerial. Algo bastante caro ao discurso bolsonarista de oposição à “velha política”, o recuo na MP 870, porém,não garantiu a validade da medida provisória. E MUITO MAIS...   (Clique e confira) http://www.foconapolitica.com/2019/05/11/11-de-maio-sabado-noticias-que-sao-destaques-nos-principais-jornais/

10 de maio, sexta-feira - As principais notícias que são destaque nos jornais de hoje, que a ABRACAM selecionou para sua melhor informação

10 de maio, sexta-feira Bom dia! Aqui estão os principais assuntos para você começar o dia bem-informado. O ex-presidente Temer passa a noite preso na sede da Polícia Federal em São Paulo. O governo Bolsonaro lança uma nova edição do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). A comissão da Câmara do Rio que analisa o processo de impeachment do prefeito Crivella ouve 9 testemunhas de acusação no caso. E você já pensou no que fazer se recebesse R$ 1 milhão todo mês? Esse é o valor que o prêmio recorde da Mega-Sena pode render na poupança. Temer preso Temer está preso na sede da Polícia Federal em São Paulo Jornal das Dez( Clicar no link) http://g1.globo.com/globo-news/jornal-das-dez/videos/v/temer-esta-preso-na-sede-da-policia-federal-em-sao-paulo/7604355/ Michel Temer, de 78 anos, passou a noite numa sala de reunião no 9º andar do prédio da Superintendência da PF em São Paulo. Ele se apresentou ontem para cumprir prisão após revogação de seu habeas corpus. O ex-presidente está a poucos metros do gabinete do superintendente. É um espaço com cerca de 20m². A sala não tem banheiro e o mais próximo, com chuveiro quente, fica no fim do corredor, a três metros de distância. Na noite de ontem, assessores de Temer providenciaram o jantar. Mas hoje ele deve receber a "quentinha" da carceragem. O coronel Lima, amigo do ex-presidente, está no presídio militar Romão Gomes, na Vila Albertina, Zona Norte de São Paulo. Coaf A comissão do Congresso aprovou transferir o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) do Ministério da Justiça, cujo titular é Sérgio Moro, para o Ministério da Economia. A mudança, porém, ainda tem que ser aprovada na Câmara e no Senado. Como a decisão pode ser revertida, o governo minimiza a derrota e entende que pode manter o órgão sob a gestão de Moro. O presidente Jair Bolsonaro não perdeu a esperança de mudar o quadro. "A gente espera que o plenário da Câmara e do Senado mantenha o Coaf lá no Ministério da Justiça porque é uma ferramenta muito forte na mão do nosso ministro Sergio Moro para combater a lavagem de dinheiro, a corrupção e entre outras medidas". O porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, afirmou que o governo não vê como "derrota"a decisão da comissão mista do Congresso. Segundo ele, trata-se apenas de uma decisão "soberana" do parlamento. O ministro da Justiça, Sérgio Moro, afirmou que a medida "não é muito favorável", mas não atrapalha atuação do órgão. Novos ministros Com o desmembramento do Ministério do Desenvolvimento Regional em duas pastas - Integração Nacional e Cidades -, o governo costura alianças para nomear os titulares. Interlocutores do presidente Jair Bolsonaro passaram a sondar o secretário de Transportes do estado de São Paulo, Alexandre Baldy, para o futuro Ministério das Cidades. Entenda no blog da Andréia Sadi. Para o futuro Ministério da Integração Nacional, o porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, adiantou que o titular será o atual ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto. Condenação mantida O presidente Jair Bolsonaro — Foto: Antonio Cruz / Agência Brasil O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro manteve uma condenação do presidente Jair Bolsonaro por declarações homofóbicas. Ele foi condenado a pagar R$ 150 mil por danos morais. Em 2011, ao ser questionado sobre o que faria se tivesse um filho gay, Bolsonaro disse que isso não aconteceria porque "eles tiveram uma boa educação". Impeachment de Crivella O prefeito do Rio, Marcelo Crivella — Foto: Lucas Lacaz Ruiz / Estadão Conteúdo A comissão do impeachment que tramita na Câmara do Rio contra o prefeito Marcelo Crivella (PRB) ouve hoje nove testemunhas de acusação. O processo está, agora, na fase de instrução: quando são colhidas as provas que podem confirmar os indícios apontados na denúncia. Engavetamento em SP Bombeiros retiram uma das vítimas das ferragens, em São Paulo — Foto: Reprodução / TV Globo Um engavetamento envolvendo quatro carretas deixou dois homens feridos e bloqueou a pista central da Marginal Tietê, em São Paulo, sentido rodovia Ayrton Senna, entre as as pontes do Piqueri e Freguesia do Ó. As vítimas foram resgatadas das ferragens. Processo de extradição Empresário turco Ali Sipahi é solto e diz que 'confia na Justiça brasileira' Jornal Hoje (Clicar no link) https://globoplay.globo.com/v/7603877/ O ministro Luiz Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), se reuniu ontem com o embaixador da Turquia no Brasil, Murat Yavuz Ates, e com os advogados de Ali Sipahi, turco naturalizado brasileiro acusado de terrorismo. Ligado a um movimento de oposição ao governo de Recep Tayyip Erdogan, Ali Sipahi vive no Brasil há 12 anos, é comerciante, casado com uma turca e tem um filho brasileiro de 4 anos. Ele é acusado por autoridades turcas de fazer parte de organização considerada terrorista. O governo turco pediu ao Brasil a prisão de Sipahi para uma futura extradição. Na última terça (7), Fachin mandou soltar Sipahi, que estava preso na sede da Polícia Federal em São Paulo. Comissão de Brumadinho Homem caminha sobre a lama em Brumadinho — Foto: Reprodução / TV Globo A comissão externa da Câmara criada para acompanhar os desdobramentos da tragédia provocada pelo rompimento de barragem da Vale em Brumadinho (MG) aprovou o relatório final com nove propostas de leis para intensificar a fiscalização a mineradoras e aumentar impostos de produtos de mineração. Entre as propostas, está uma que acaba com isenção tributária para atividades minerais e produtos primários de minerais metálicos, previstos na chamada Lei Kandir. Cortes na educação A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), ligada ao Ministério da Educação, informou que 3.474 bolsas de pesquisa serão suspensas. Para a Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG), a medida pode afetar pesquisas e impedir a retomada do crescimento do país: "Esses cortes [...] ferem de morte o ensino superior, a pós-graduação e a ciência nacional" Ministro usa chocolates para dizer que bloqueio atingiu 3,4% do orçamentodas universidades Pós-graduandos que largaram empregos para realizar pesquisas lamentam corte de bolsas da Capes Estatuto da Criança e do Adolescente O governo Bolsonaro lança hoje uma nova edição do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Entre as atualizações antecipadas estão a inclusão da Política Nacional de Busca de Pessoas Desaparecidas e a criação do Cadastro Nacional de Pessoas Desaparecidas. Outra medida define a Semana Nacional de Prevenção da Gravidez na Adolescência. Haverá também versão do ECA em braile. Inflação Saem hoje os dados de abril do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), considerado a inflação oficial do país. Em março, ficou em 0,75%, acima dos 0,43% de fevereiro, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Foi a 4ª alta seguida e maior taxa para um mês de março desde março de 2015, quando o índice foi de 1,32%. Nos três primeiros meses de 2019, a inflação se situou em 1,51%. Sobrevivente da Muzema Paloma Paes Leme perdeu o marido e três filhos na tragédia da Muzema; apenas o caçula, de 4 anos, sobreviveu — Foto: Arquivo pessoal 28 dias em uma cama de hospital ao lado do único filho que sobreviveu sem saber como recomeçar a vida. Ao mesmo tempo em que se recupera após ser resgatada dos escombros dos prédios que desabaram na comunidade da Muzema, Paloma Paes Leme tenta superar a perda do marido, Raimundo Nonato do Nascimento, de 41 anos, e de outros três filhos: Isac Paes Leme, de 9 anos, e Pedro Lucas, de 7, e Lauana Vitória Barroso, de 15. Veja no G1 a entrevista exclusiva de Paloma. Mega-Sena   — Foto: Marcelo Brandt / G1 A Mega-Sena acumulou pela 14º vez consecutiva e pode pagar R$ 275 milhões a quem acertar as seis dezenas do concurso 2.150. O sorteio será sábado (11), às 20 horas (horário de Brasília), em São Paulo. Com a bolada aplicada na poupança é possível receber mais de R$ 1 milhão por mês. Este é o maior prêmio da Mega-Sena acumulado na história entre concursos regulares sem contar Mega da Virada. Tilápia espacial Amostras da pele de tilápia serão enviadas ao espaço pela NASA para passar por testes em órbita. — Foto: Saulo Roberto / Sistema Verdes Mares Curativo com pele de tilápia desenvolvido pela Universidade Federal do Ceará (UFC) será enviado ao espaço pela Nasa. Material passará por testes em órbita para analisar como se comporta em diferentes condições de pressão atmosférica, radiação e gravidade. Guerra comercial Os Estados Unidos impuseram hoje um aumento de 25%, dos atuais 10%, nas tarifas sobre as importações chinesas avaliadas em US$ 200 bilhões, uma medida que esfria ainda mais as negociações com Pequim para conter a guerra comercial entre as duas maiores economias mundiais. Os dois países seguem negociando. Roubo de R$ 164 milhões Quadrilha furtou mais de R$ 160 milhões do cofre do Banco Central, em Fortaleza. — Foto: Divulgação O paulista Marcos Ribeiro Suppi, condenado pela participação no furto milionário de R$ 164,7 milhões ao Banco Central em Fortaleza, teve a pena reduzida para seis anos de reclusão, em regime inicial semiaberto, pela 12ª Vara da Justiça Federal no Ceará. Ele havia sido condenado a dez anos e nove meses de cadeia em regime fechado. Desafio Natureza Guia mostra o que você pode fazer contra o impacto das espécies exóticas invasoras. Espécies de fora podem trazer prejuízos ambientais, sociais e econômicos quando são introduzidas em ambientes novos. Com a ajuda de biólogos, o G1 ensina o que você pode fazer para colaborar. Mães no trabalho Uma pesquisa divulgada pela Catho aponta que 30% das mulheres deixam o mercado de trabalho para cuidar dos filhos. Entre os homens, essa proporção é quatro vezes menor, de 7%. O levantamento foi feito em 2018 e ouviu 2,3 mil pessoas. Curtas e Rápidas: Pikachu e Sonic peludos... Por que visuais dos bichinhos em filmes viraram polêmica entre fãs? Vídeo:'O mecanismo' volta e Selton Mello explica sussurros: 'Eu não falo baixo, as pessoas falam alto' Vídeo:Caetano Veloso, Ludmilla e Zé Ramalho estão na agenda de shows de São Paulo Alexander von Humboldt, o famoso explorador alemão que foi proibido de entrar no Brasil por suspeita de ser espião Ibama encontra carga de produtos químicos abandonada há 14 anos no Porto de Santos, SP Previsão do tempo Frente fria traz temporais para o sul (Clicar no link) https://globoplay.globo.com/v/7604481/      

Senador Marcelo Castro aceita convite para participar da 7ª Mobilização dos Vereadores em Brasília

O presidente da Abracam – Associação Brasileira de Câmaras Municipais Sr.Rogério Rodrigues da Silva acompanhado do diretor executivo, jornalista Milton Atanazio, estiveram ontem (08) no gabinete do senador Marcelo Castro convidando-o para participar da 7ª Mobilização Nacional dos Vereadores em Brasília, a realizar-se nos dias 21 a 24 de maio de 2019, no auditório do DNIT. O senador piauiense, é filiado ao MDB-PI e presidente da Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização (CMO). É a comissão que examina e emite parecer sobre o Plano Plurianual (PPA), a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), a Lei Orçamentária Anual (LOA) e demais matérias orçamentárias. Também examina as contas apresentadas anualmente pelo presidente da República, os planos e programas nacionais, regionais e setoriais e acompanha a fiscalização orçamentária. Dentre os temas que serão abordados na Mobilização Nacional, a ABRACAM programa um Painel que trata das Eleições 2020 e convida o presidente da Comissão de Orçamento do Senado Federal, senador Marcelo Castro para falar sobre o fundo eleitoral para o próximo ano. O senador já assumiu o compromisso de tramitar com a maior brevidade possível, o processo legislativo, para garantir os recursos públicos para as eleições municipais do ano que vem. O senador aceitou o convite e estará presente na Mobilização Nacional dos Vereadores. O Portal R10 e a coluna Foco na Política acompanhou o encontro.

09 de maio, quinta-feira - As notícias em destaque que a ABRACAM selecionou para que você fique bem-informado.

9 de maio, quinta-feira Bom dia! Aqui estão os principais assuntos para você começar o dia bem-informado. O ex-presidente Michel Temer deve voltar hoje à prisão. O emedebista teve o habeas corpus cassado ontem pelo TRF-2 e afirmou que vai se apresentar à Justiça nesta quinta. "Foi uma surpresa desagradável, mas eu me apresento voluntariamente", afirmou ao saber da decisão. Em Brasília, a comissão do Congresso que analisa a reforma ministerial do governo Bolsonaro tenta votar pela terceira vez o relatório sobre as mudanças. E a Mega-Sena acumula de novo e agora pode pagar R$ 275 milhões no sábado, o maior prêmio da história em um sorteio regular. E muito mais... Clicar aqui  - https://www.portalr10.com/noticia/26235/9-de-maio-quinta-feira-as-noticias-que-sao-destaques  

08 de maio - Quarta-feira - As notícias que são deststaques nos principais jornais do País, que a ABRACAM preparou para que você fique bem-informado

Bom dia! Aqui estão os principais assuntos para você começar o dia bem-informado Bolsonaro cede e recriará dois ministérios; Decreto flexibiliza uso de armas. Jornais de quarta (8) Veja quais são as notícias de destaque nos matutinos brasileiros O Estado de S.Paulo mostra que o presidente Jair Bolsonaro decidiu ceder à pressão de parlamentares e vai dividir o Ministério do Desenvolvimento Regional para recriar as pastas da Integração Nacional e das Cidades. O matutino explica que o risco de não conseguir a aprovação da medida provisória que implementou a reforma administrativa no início do governo fez o presidente mudar de ideia sobre a entrega de pastas a partidos. Além de recriar os dois ministérios, Bolsonaro concordou que os chefes das pastas sejam escolhidos pelos presidentes da Câmara e do Senado. Governo aceita recriar dois ministérios para manter Coaf sob gestão de Moro - ( Clicar no link) http://g1.globo.com/globo-news/jornal-globo-news/videos/v/governo-aceita-recriar-dois-ministerios-para-manter-coaf-sob-gestao-de-moro/7597832/ No Ministério das Cidades, Rodrigo Maia (DEM-RJ) deve indicar o ex-deputado Alexandre Baldy (PP), que foi ministro no governo Temer. Já o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), vai indicar o nome do novo chefe do Ministério da Integração Nacional. O Estadão lembra que a medida provisória sobre a reforma administrativa caduca no dia 3 de junho e deve ser votada por uma comissão especial do Congresso nesta quarta-feira (8). O Estadão também enfatiza que integrantes do Centrão ainda tentam tirar o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) das mãos do ministro Sérgio Moro (Justiça) e inserir o órgão na estrutura do Ministério da Economia. "Em troca de apoio, Bolsonaro cede e recria 2 ministérios", sublinha a manchete do Estadão. O Globo informa que Bolsonaro deu o mais amplo passo no caminho para a liberação das armas de fogo no Brasil após a assinatura de um decreto nesta terça-feira (7) que estabelece novas regras sobre o uso das armas por colecionadores, caçadores e atiradores esportivos. O matutino carioca enfatiza que, apesar de ser voltada para essas três categorias, o decreto tem uma abrangência muito maior e deve ampliar significativamente o acesso ao porte de arma de fogo. "Fomos no limite da lei, não inventamos nada e nem passamos por cima da lei. O que a lei abriu possibilidade fomos no limite”, afirmou Bolsonaro. O Globo ressalta que o texto do decreto ainda não foi liberado pelo Planalto, mas vai abordar pontos como a liberação para importação de armas e munições, aumento do número de munições que podem ser compradas por quem tem posse e porte de arma e a liberação para que proprietários de áreas rurais que tenham posse possam usá-la em toda a extensão da propriedade e não apenas dentro da residência. "Decreto amplia liberdade de uso de armas de fogo", enfatiza a manchete do Globo. A Folha de S.Paulo destaca que o governo quer usar a medida provisória que trata do pente-fino no INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) para inserir uma alteração que deixa de considerar como acidente de trabalho as ocorrências com o trabalhador no trajeto de casa para a empresa e do local de trabalho para casa. Segundo o matutino, o relator da medida e aliado do governo, deputado Paulo Martins (PSC-PR), apresentou nesta terça (7) o parecer para aprovação do texto da medida provisória e sugeriu alterações na versão original. O relator comentou que a reforma trabalhista deixou de considerar o deslocamento do empregado até a empresa como jornada de trabalho e, por isso, a legislação previdenciária precisa se adaptar às novas regras. Além disso, o deputado sugere outras mudanças como o prazo para o pedido do salário-maternidade e a quebra dos sigilo bancário de idosos carentes e deficientes que peçam o Benefício de Prestação Continuada (BPC). O relatório do deputado foi construído junto com a equipe econômica, que espera economizar R$ 9,8 bilhões em 12 meses com a aprovação da medida provisória. "Projeto restringe conceito para acidente de trabalho", destaca o título principal da Folha.

07 de maio- terça-feira - Os destaques do dia que a ABRACAM preparou para você ficar melhor informado.

Bom dia! Aqui estão os principais assuntos para você começar o dia bem-informado (Clicar para ver os destaques do dia) https://www.portalr10.com/noticia/26108/07-de-maio-terca-feira-os-destaques-do-dia

ABRACAM

A Associação Brasileira da Câmaras Municipais, foi fundada em 1999 e há vários anos faz inúmeras ações que buscam dar capacidade e qualificação aos vereadores para que exerçam suas funções da melhor maneira possível.

Contato

Sede Brasília, SAS - Quadra 05 - Lote 05, Bloco F - Sala 08 (Setor de Autarquias Sul) Brasília/DF - CEP: 70070-910
Tel.: (61) 3322-0499 - Cel.: (61) 98111-0460
assessoria@abracambrasil.org.br

Menu