Juntos somos mais fortes

Filie-se agora

Notícias

18 de junho, sexta-feira – RESUMO DO DIA - ABRACAM NOTÍCIAS

Boa noite. Aqui estão as notícias para você terminar o dia bem-informado, destacados pelo jornalista Milton Atanazio, direto de Brasília. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br www.abracambrasil.org.br/eventos  N  O  T  Í  C  I  A  S  DESTAQUE G1   Relator da CPI torna Queiroga, Pazuello e Ernesto Araújo investigados; veja os 14 nomes Renan Calheiros anunciou nova fase da apuração e disse ver indícios de crime de autoridades. Como investigados, eles podem ser alvos de medidas mais severas, como busca e apreensão. VÍDEO: Renan Calheiros anuncia lista de pessoas que passarão à condição de investigados pela CPI da Covid – https://g1.globo.com/politica/video/video-renan-calheiros-anuncia-lista-de-pessoas-que-passarao-a-condicao-de-investigados-pela-cpi-da-covid-9615340.ghtml O relator da CPI da Covid, senador Renan Calheiros (MDB-AL), anunciou nesta sexta-feira (18) uma lista de 14 pessoas que passarão à condição de investigados pela comissão de inquérito. Constam na relação o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, os ex-ministros da Saúde Eduardo Pazuello e das Relações Exteriores Ernesto Araújo e o ex-secretário de Comunicação Social da Presidência Fabio Wajngarten (veja lista abaixo). A medida, na prática, indica que o relator vê indícios de crimes por parte desses investigados. A lista já foi encaminhada ao presidente da CPI, senador Omar Aziz (PSD-AM) – parte já tinha sido antecipada nesta quinta (17) pelo blog do Valdo Cruz. Cabe a Renan Calheiros como relator, ao final dos trabalhos, elaborar um parecer e encaminhar ao Ministério Público eventuais pedidos de indiciamento. Passam a ser investigados: Marcelo Queiroga, ministro da Saúde Eduardo Pazuello, ex-ministro da Saúde Ernesto Araújo, ex-ministro de Relações Exteriores Fabio Wajngarten, ex-secretário de Comunicação Social da Presidência Mayra Pinheiro, secretária de Gestão do Trabalho do Ministério da Saúde Nise Yamaguchi, médica defensora da cloroquina e suposta integrante do “gabinete paralelo” Paolo Zanotto, virologista defensor da cloroquina e suposto integrante do “gabinete paralelo” Carlos Wizard, empresário e conselheiro de Pazuello e suposto integrante do “gabinete paralelo” Arthur Weintraub, ex-assessor especial da Presidência e suposto integrante do “gabinete paralelo” Francieli Fantinato, coordenadora do Programa Nacional de Imunização Marcellus Campêlo, ex-secretário de Saúde do Amazonas Elcio Franco, ex-secretário executivo do Ministério da Saúde Hélio Angotti Neto, secretário de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde do Ministério da Saúde Luciano Dias Azevedo, anestesista da Marinha apontado como autor de proposta para alterar a bula da cloroquina, substância sem efeito contra a Covid “Por que isso? Porque acentua um momento importante da investigação. Segundo, em português claro, significa dizer que com relação a essas pessoas, contra os quais já acessamos provas e indícios, nós precisamos mudar o patamar da própria investigação, transformando-os em investigados. Isso é bom para a investigação e é bom, também, para a segurança jurídica do próprio investigado”, diz Renan. “A partir da declaração dessa condição, ele passa a ter acesso a informações e acesso às provas e indícios que estão sendo juntados na investigação”, explicou. Renan não descartou a hipótese de ampliar a lista de investigados nas próximas semanas – e disse que a CPI estuda, inclusive, investigar o próprio presidente Jair Bolsonaro. Dos nomes que compõem a lista, Francieli, Weintraub, Wizard, Zanotto, Angotti Neto e Dias Azevedo ainda não prestaram depoimento à comissão. Cinco dos seis já tiveram pedidos de convocação aprovado – a exceção é o anestesista Luciano Dias Azevedo. Além disso, Francieli, Wizard e Zanotto também tiveram os pedidos de quebras de sigilo aprovados. Renan Calheiros fala sobre inclusão de Marcelo Queiroga na lista investigados pela CPI Queiroga investigado A inclusão de Marcelo Queiroga na lista não reuniu consenso entre os membros da CPI. Ao anunciar os nomes, Calheiros afirmou que a participação de Queiroga ao depor à CPI foi “pífia, ridícula”, e que celebrou contratos para aquisição de vacinas por preço mais alto que os acordos anteriores. “Colocamos o ministro Queiroga, que é o atual ministro, que teve uma participação pífia, ridícula, aqui na Comissão Parlamentar de Inquérito no seu primeiro depoimento quando tentou dizer que teria autonomia que faltou a Teich e faltou a Mandetta e os fatos logo demonstraram o contrário”, afirmou o relator. “Ele defendeu vacinação, o presidente no dia seguinte disse que iria encomendar dele um decreto e ele teria que fazer um decreto, para minimização da utilização das máscaras. Mais do que isso, o lote de vacina cuja negociação foi comandada por ele é 20% mais caro do que o contrato anterior”, prosseguiu. À GloboNews, nesta quinta, Calheiros havia citado indícios de que Marcelo Queiroga teria debatido drogas sabidamente ineficazes para a Covid em reunião com a Organização Mundial de Saúde (OMS). O senador repetiu a informação nesta sexta. “Recentemente, em abril, nós acessamos documentos em que ele, em conversa com o diretor-presidente da OMS, ele cobra agilidade no fornecimento das vacinas e recebe um puxão de orelha, porque o diretor-presidente disse o seguinte: ‘olha, como vocês cobram agilidade da OMS se quando a OMS disponibilizou a possibilidade de aquisição de 50% de vacinas para a população brasileira, 50% da população vocês demoraram, postergaram e depois assinaram o mínimo que poderia ser assinado que era 10%. Agora nós estamos vivendo uma situação terrível de mercado e não dá mais para ajudar como nós teríamos ajudado naquela oportunidade em que oferecemos essas vacinas'”, relata Calheiros. “Aí, ele [Queiroga] aproveitou a conversa e defendeu em abril o tratamento precoce, a prescrição da cloroquina e ainda mentiu novamente dizendo que tinha tido esse tratamento uma eficácia no Brasil de 70%. Quer dizer, nós não temos como fazer outra coisa, senão colocá-lo na própria investigação”, concluiu o relator da CPI. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Renan vai incluir Queiroga na lista de investigados pela CPI da Covid Em seguida, ao voltar ao tema, Renan chegou a confundir o nome do ministro Queiroga, a quem chamou de “Queiroz”. “Ou seja, a comissão parlamentar de inquérito ela tem uma condição intimidatória. Ela é criada também para dissuadir determinadas práticas nocivas e irresponsáveis como do ministro Queiroz. Eu estou confundindo porque estou citando o outro lá que não chegou a ser ministro, mas é… infelizmente, ele vai ter que se investigado para que ele entenda que ele precisa parar com essas loucuras que ele não pode continuar, a pretexto do cargo que ocupa, fazendo essas atrocidades, ou concordar com as atrocidades que são feitas diariamente pelo presidente da República”, declarou. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Críticas a Bolsonaro Ao anunciar a lista, Renan Calheiros também citou a “absoluta irresponsabilidade” do presidente Jair Bolsonaro ao atacar as vacinas e defender o contágio como melhor forma de imunização – tese que já foi amplamente desmentida pela ciência. “A CPI tem feito a sua parte, tem dado passos significativos no sentido da apuração e da consequente responsabilização dos fatos. Nós chegaremos, tristemente digo isso, neste fim de semana a mais de meio milhão de mortos no Brasil pela Covid. Diante da absoluta irresponsabilidade do chefe de governo que, ainda ontem, reiterou tudo o que havia dito com relação à defesa da imunidade de rebanho, da imunização natural. E usou ele próprio como exemplo desse crime e desse absurdo”, disse Calheiros. “Já demonstramos que o governo sempre recusou as vacinas e sempre tentou e colocou em seu lugar o chamado tratamento precoce e a utilização da hidroxicloroquina, da ivermectina, do zinco e outros produtos com comprovada ineficácia”, continuou. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br DESTAQUES CNN   ‘Tratamento precoce’A CPI da Pandemia de Covid-19 ouve hoje os médicos defensores dochamado “tratamento precoce” Ricardo Ariel Zimerman e FranciscoEduardo Cardoso Alves. Consta também na pauta da sessão a votação de 11 requerimentos. Os convites a Zimerman foram feitos pelos senadores Luis Carlos Heinze (PP-RS) e Marcos Rogério (DEM-RO). Já a presença de Alves foi solicitada por Jorginho Mello (PL-SC) e Ciro Nogueira (PP-PI),além do próprio Heinze.   Pfizer e governo brasileiroA CNN teve acesso a cinco atas de reuniões entre as cúpulas da Pfizer e do Ministério da Saúde ocorridas em diferentes momentos da pandemiaentre agosto de 2020 e março de 2021 e que mostram as dificuldadesenfrentadas pela empresa para assinar o contrato de venda de vacinascom o governo brasileiro. Os dados mostram que, em uma reunião emoutubro, a farmacêutica alertou o governo que já teria a vacina no início de dezembro. Em outra, em novembro, fica nítida a tensão entre os doislados diante das exigências da Pfizer para que o governo incluísse algumas cláusulas.   Recorde de vacinaçãoO Brasil registrou a aplicação de 2.220.845 doses de vacinas contra a Covid-19 nesta quinta-feira (17), segundo dados reunidos e divulgados pelo consórcio de veículos de imprensa. Essa é a maior marca diária de imunização desde o início da campanha em janeiro. No total, 2.088.159 de pessoas receberam a primeira dose e 132.686 receberam o reforço da vacina, necessária para completar a imunização. Com isso, a quantidade de pessoas vacinadas com a primeira dose contra a Covid-19 chegou a 60.381.020.    MP da EletrobrasApós dias de negociação, o Senado Federal aprovou, na tarde daquinta-feira, por 42 votos a 37, a MP 1.031/2021 que permite acapitalização da  Eletrobras. Agora, a MP será encaminhada novamentepara a Câmara, onde os deputados terão até a próxima terça (22) paraanalisar a matéria antes que ela caduque, ou seja, perca a validade. Aaprovação se deu após diversas mudanças realizadas pelo relator Marcos Rogério (DEM-RO), em busca de acordo. Mesmo assim, durante a tarde,até mesmo parlamentares da base do governo federal tentaram adiarmais uma vez a votação, com medo de não haver votos suficientes para aprovar a matéria.   Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br DESTAQUES PODER 360   Inflação no Brasil é a que mais avança entre os países do G20 IPCA segue bem acima do teto da meta do governo para o ano, que é de 5,25% Brasil se destaca como o país que registrou maior aumento em pontos percentuais da inflação entre os integrantes do G20|Divulgação/MMA O Brasil foi o país que registrou a maior elevação inflacionária em pontos percentuais dentro do grupo das 20 maiores economias do planeta. A inflação anualizada era de 1,9% em maio de 2020. No mês passado, 1 ano depois, foi de 8,1% (alta de 6,2 p.p.). A Argentina lidera o ranking com inflação anualizada de 48,8% (até maio). A Turquia aparece em seguida, com 16,6%. Só 4 nações do grupo não registram aceleração nas taxas. A média da inflação de 12 meses desses países saiu de 3,8% para 6,1% em maio de 2021. E é o avanço da vacinação que explica essa recuperação das economias. ALGUNS SOBEM JUROS… Brasil, EUA e Turquia aumentaram suas taxas básicas para lidar com a inflação. A Argentina já tinha juros em patamar elevado (38%). …MAS ESTÍMULOS PERMANECEM Todos os outros países do grupo mantiveram ou baixaram a taxa básica de juros. Eis as taxas atuais comparadas com as de 1 ano atrás: POR QUE ISSO IMPORTA Porque é natural e esperado o aumento de preços num momento de aquecimento econômico depois de um período atípico, como o iniciado em março de 2020, com a covid. Parte da inflação é resultado de desequilíbrios que a pandemia provocou nas cadeias globais de produção, como a redução brusca da oferta e o aumento repentino da demanda. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br BANCO CENTRAL SINALIZA AJUSTE A mensagem do Fed (o Banco Central norte-americano) é de que os preços ao consumidor têm estado baixos por muitos anos e, na recuperação, podem ficar altos por algum tempo. Afirma ser um processo temporário –embora o presidente do Fed, Jerome Powell, tenha sinalizado ontem que a alta na taxa norte-americana possa ser “mais persistente que o esperado”. A fala de Powell veio na sequência do anúncio da manutenção da taxa básica de juros em uma faixa de 0% e 0,25%. Na avaliação de economistas, o problema é quando esse avanço nos preços afeta a expectativa de longo prazo. Nos EUA, o comitê de política monetária já indica possibilidade de alta dos juros em 2022 e 2023, que conteria um avanço de preços. No Brasil, os economistas que mais acertam as previsões compiladas pelo Banco Central, os chamados Top 5, já projetam inflação acima do centro da meta para 2022 (de 3,5%). A expectativa dos analistas de mercado é de que a Selic, a taxa básica de juros, chegue a 6,25% ou 6,5% no fim do ano. Se continuar a subir, o Brasil poderá voltar a ter a maior taxa real de juro do mundo. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Brasil e Índia têm as maiores médias de mortes por covid-19 no mundo São os únicos países com médias acima de 1.000 Funcionários de funerárias descarregam caixões com corpos de vítimas da covid-19 em BrasíliaSérgio Lima/Poder360 – 12.mar.2021 Brasil e Índia têm as maiores médias de mortes por covid-19 no mundo. São os únicos países com médias acima de 1.000. A média do Brasil chegou a 2.025 na 4ª feira (16.jun.2021). A Índia, que registrou na 5ª feira (10.jun.2021) o maior número de mortes diárias por covid-19 no mundo, lidera a lista, com média móvel de 3.743 mortes na 4ª feira (16.jun.2021). Segundo Domingos Alves, cientista de dados e professor da Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo) de Ribeirão Preto, os cenários de ambos os países apresentam similaridades. “Tanto o Brasil quanto a Índia já entraram na 3ª onda da pandemia em número de casos há mais de um mês, e esse resultado dos óbitos é um espelho do que acontece a partir de um mês atrás. A circulação do vírus é que gera quase um mês depois essa exacerbação de mortes”, explica. No caso do Brasil, é possível ver o aumento de novos diagnósticos e mortes por covid-19 depois de feriados, comenta o estudioso. “Você vê uma correlação bem forte dos aumentos de casos no Brasil com os últimos feriados, a 3ª onda aqui está muito relacionada a isso”, diz. No gráfico, há uma subida da curva de mortes no país depois do Carnaval, entre os dias 13 e 17 de fevereiro. Apesar de vários Estados e municípios terem cancelado as tradicionais folgas nesse período, as praias ficaram cheias durante o fim de semana, nos dias 13 e 14, com aglomerações registradas nos litorais de Bahia, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Para o especialista, é incorreto falar em queda de mortes e em estabilização da média, já que os momentos de estabilidade e de descida da curva não se sustentam ao longo do tempo. “A média está em alta. Esse conceito de estabilidade não existe em nenhum lugar do mundo. O número está crescendo, aí começa a descer, isso é uma flutuação”, afirma. “Segundo a Organização Mundial da Saúde, você vai observar um controle quando os indicadores de interesse epidemiológico, que são o número de novos casos, óbitos e internações a cada dia começam a cair de maneira sustentada. O número tem que cair em torno de 50% do praticado anteriormente e ficar em queda por 3 semanas”, acrescenta. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Para o especialista, o Brasil e Índia também são semelhantes na atuação governamental frente à pandemia, que priorizou a retomada da economia. “A epidemia brasileira, vou extrapolar isso para a Índia também, está intimamente ligada com as medidas que são tomadas, não para conter a disseminação do vírus, mas frente a uma análise econômica da situação. Não existe uma análise de saúde pública na pandemia. A maioria dos estados brasileiros fez uma política de ampliação de leitos, não de contenção do vírus”, analisa. Em junho, a Índia começou a registrar queda no número de casos, e algumas cidades decidiram flexibilizar as medidas de restrição. Na 4ª feira (16.jun.2021), o Taj Mahal, que ficou fechado por 2 meses, reabriu as portas. VARIANTES Ambos os países também foram afetados por mutações do novo coronavírus. Na Índia, entretanto, prevaleceu a variante Delta, conhecida como variante indiana, já que foi relatada pela 1ª vez no país. As evidências científicas até o momento indicam que essa variante pode ser a mais infecciosa. Médicos na Índia observaram aumento de deficiência auditiva, distúrbios gástricos sérios, fungo negro e coágulos em pacientes infectados com a cepa Delta. “A epidemia na Índia está muito associada a essa cepa, já aqui no Brasil está associada não só à cepa de Manaus, mas ao fato de que, principalmente a partir do fim de março e começo de abril, nós viramos um laboratório de novas mutações do coronavírus, e até agora não temos um controle efetivo do aparecimento dessas novas cepas”, afirma Alves. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br COLUNA DO ESTADÃO -DESTAQUE   ‘Carreiras de Estado’ viram ponto de discórdia Reprodução/Câmara O presidente da comissão especial da PEC da reforma administrativa, Fernando Monteiro (PP-PE), afirma ser importante incluir desde já no texto as carreiras típicas de Estado, como diplomatas, polícias, fiscais da Receita e juízes. “Elas têm preceitos constitucionais, é importante estarem na PEC”, disse à Coluna. Monteiro vai na contramão do relator Arthur Maia (DEM-BA), que, ao Estadão/Broadcast, disse haver grave risco de a reforma empacar se na PEC for discutir a lista das “carreiras de Estado”. Ou seja, mais um capítulo das diferenças de posições do Planalto e da Economia… Pra já. Para Monteiro, é o contrário: “Não acho que poderia atrasar, mas, sim, trazer mais consenso”. Como a Coluna mostrou, Bolsonaro defende a mudança no texto da equipe econômica e seus aliados do PSL já preparam uma emenda. Pra depois. O texto defendido pela equipe econômica e pelo relator prevê a definição das carreiras de Estado via projeto de lei. Na… Antes da aprovação da MP da Eletrobrás, Flávia Arruda se reuniu no Planalto com o colega Bento Albuquerque, com dirigentes da estatal e com o relator Marcos Rogério. Todos participaram de videoconferência com os líderes e vice-líderes da base no Congresso. …articulação. A ministra da Secretaria de Governo também conversou com senadores, explicando os itens polêmicos do texto e anotando as reivindicações deles. Ao final, acompanhou a votação apertada. Aff. Gerou confusão nos Estados a distribuição dos 2,4 milhões de doses da vacina da Pfizer: a Saúde divulgou dois documentos com números diferentes. Não… A chamada “pauta de distribuição” trazia número muito reduzido de doses para 17 Estados, diferentemente do que havia sido acertado no informe técnico. …pode. Ao fim do dia, a Saúde corrigiu o equívoco e tudo se resolveu. Mas, segundo os Estados, a novela pode ter atrasado em um dia a distribuição das doses. SINAIS PARTICULARES.Fernando Henrique Cardoso,ex-presidente da República Kleber Sales 90… Fernando Henrique Cardoso completa hoje 90 anos. O Instituto Teotônio Vilela, do PSDB, comemora a data com um evento online “plural e afetivo”, na definição de Marcus Pestana, um dos tucanos responsáveis pela homenagem. …anos… “FHC: o Estadista e Seus 90 Anos” terá basicamente quatro blocos, entre debates, depoimentos e uma mensagem do aniversariante ao final. Será transmitido pelo YouTube e redes sociais do PSDB às 12h. …hoje. “FHC é o melhor intérprete do Brasil contemporâneo e seu último estadista”, afirma Pestana. PRONTO, FALEI! MARCIO RAMOS IFL.SP FOTO IFL-SP Márcio Ramos, presidente do IFL-SP: “Enquanto o mundo avança na pauta de governança e anticorrupção, o Brasil retrocede afrouxando a lei sobre atos ilegais cometidos por agentes públicos.” Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br www.docam.com.br SAIBA MAIS…https://www.instagram.com/p/CNDAhJyjCBs/?igshid=15ibrunwhlkf0 JORNALISMO COM RESPONSABILIDADE/Veículos ABRACAM NOTÍCIAS –Revista VOX – A cara e a voz do Legislativo!www.abracambrasil.org.brFOCO NA POLÍTICA –Um panorama da política nacional direto de Brasíliawww.foconapolitica.com.brBRAZILIAN NEWS –O seu site de notícias de Brasília para o Mundowww.braziliannews.com.brPORTAL R10 – O seu portal de notíciaswww.portalr10.com/foco-na-politica-direto-de-brasiliaDireto com o jornalista MILTON ATANAZIOEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. document.getElementById('cloakfba9db311cf4e2d37d3aa25cd21b6371').innerHTML = ''; var prefix = 'ma' + 'il' + 'to'; var path = 'hr' + 'ef' + '='; var addyfba9db311cf4e2d37d3aa25cd21b6371 = 'milton.atanazio' + '@'; addyfba9db311cf4e2d37d3aa25cd21b6371 = addyfba9db311cf4e2d37d3aa25cd21b6371 + 'gmail' + '.' + 'com'; var addy_textfba9db311cf4e2d37d3aa25cd21b6371 = 'milton.atanazio' + '@' + 'gmail' + '.' + 'com';document.getElementById('cloakfba9db311cf4e2d37d3aa25cd21b6371').innerHTML += ''+addy_textfba9db311cf4e2d37d3aa25cd21b6371+'';  ewhatsapp 61 9 8191-9906 Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br

18 de junho, sexta-feira -DESTAQUES DO DIA - ABRACAM NOTÍCIAS

 Veja o que você precisa saber para começar o dia bem informado, destacados pelo jornalista Milton Atanazio, direto de Brasília Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br SAIBA MAIS… www.abracambrasil.org.br/eventos  N  O  T  Í  C  I  A  S  Busca na Justiça por leito de UTI aumenta quatro vezes em três meses, enquanto o Brasil se aproxima de 500 mil mortes por Covid. São Paulo libera "xepa da vacina" para população acima de 18. Senado aprova MP da Eletrobras. CPI da Covid divulga lista com novos investigados. O 10º dia da fuga de Lázaro. Por que a bolsa de valores bate recordes? As faces da maquiadora que se transforma em celebridades. E a agenda de lives do fim de semana. Newsletter do G1: receba um resumo com as notícias do dia no seu e-mail Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Busca por leitos de UTI A busca na Justiça por um leito de UTI aumentou quatro vezes nos últimos três meses, muito por conta da segunda onda da pandemia no Brasil. É o que mostra um levantamento feito pelo G1 em todo o país, que reflete a situação caótica do sistema de saúde. Entre os estados com os maiores números de ações registradas estão Rio de Janeiro, Ceará, Mato Grosso, Rio Grande do Sul e São Paulo. Segundo especialistas consultados pela reportagem, em muitos casos a Justiça pode até decidir a favor do paciente, mas não há vagas disponíveis, já que a situação é considerada "crítica" em 18 estados e no DF, segundo dados da Fiocruz. Por isso, defendem que o Ministério da Saúde precisa ajudar estados na abertura de novos leitos e criar critérios de priorização transparentes, além de discutir uma fila única, juntando os sistemas público e privado. Números da pandemia Ontem, o Brasil ultrapassou 496 mil mortes por Covid. Uma má notícia: após 2 meses de estabilidade, a curva de mortes voltou indicar tendência de alta. E uma boa notícia: pela 1ª vez, foram aplicadas no país mais de 2 milhões de doses de vacina num único dia. Até agora, 11,7% tomaram as duas doses. E a vacina da Janssen? O Ministério da Saúde diz agora que o lote com 3 milhões de doses que virá dos EUA não chegará nesta semana, como se previa. E nem há data confirmada. Essas doses perderiam a validade no fim deste mês, mas a Anvisa aprovou a prorrogação do prazo até agosto. E um estudo aponta tendência de queda proporcional de mortalidade em idosos com mais de 70 anos com o avançar da vacinação contra a Covid-19 no Brasil. Entenda a pesquisa da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), no Sul do Rio Grande do Sul, e da Universidade Harvard, dos Estados Unidos. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Xepa da vacina A partir de hoje, pessoas acima de 18 anos sem comorbidades podem incluir o nome na lista de espera da vacina nas UBSs da cidade de São Paulo. Para guardar um lugar na "xepa", é preciso levar documento com foto, carteirinha do SUS e comprovante de endereço. A inclusão deve ser feita pessoalmente, mas algumas unidades fazem o processo por telefone.  A capital paulista também inicia a vacinação de pessoas com 52 e 53 anos. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Eletrobras O Senado aprovou a medida provisória que viabiliza a privatização da Eletrobras, a maior empresa de energia elétrica da América Latina. Mas o texto deve voltar à Câmara dos Deputados, já que houve modificações pelos senadores. A votação está prevista para a próxima segunda (21), um dia antes de a MP perder validade. 'Jabutis': os senadores mantiveram a maior parte dos "jabutis" incluídos pelos deputados e acrescentaram outros. No jargão do Congresso, "jabuti" é um trecho sem relação com o objeto original da proposta. Para entidades do setor elétrico, essas mudanças devem deixar mais cara a conta de luz.  O Assunto #459: Eletrobras - venda à moda do Centrão Peso no bolso: por que a conta de luz ficou mais cara e ainda pode subir mais Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Hora de investir na bolsa de valores? Junho já é considerado o mês mais intenso do semestre na bolsa de valores brasileira, a B3. Neste mês, ela alcançou os 130 mil pontos, bateu novos recordes e chegou a acumular oito altas consecutivas até o dia 7 — na maior série de ganhos desde 2018. Isso, apenas três meses após recuar a 110 mil pontos por conta da insegurança do mercado com a segunda onda da Covid-19 no país. Mas por que a bolsa bate recordes em meio à crise? Entenda os motivos e avalie se é hora de investir. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Atos antidemocráticos A Procuradoria-Geral da República (PGR) voltou a pedir ao STF o arquivamento da investigação sobre o envolvimento de deputados bolsonaristas com o financiamento de atos antidemocráticos. O vice-procurador-geral, Humberto Jacques de Medeiros, afirmou que "não se pode prolongar investigações sabidamente infrutíferas". A PF havia proposto aprofundar a apuração. A PGR entende, no entanto, que o caso poderia seguir na primeira instância da Justiça porque não há conexão clara com pessoas de foro privilegiado. Esta reportagem publicada no dia 6 explica o que está em jogo e conta quem são os investigados. A decisão sobre o arquivamento ou não cabe ao ministro Alexandre de Moraes. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br CPI O dia promete ser quente na CPI da Covid. O relator Renan Calheiros (MDB-AL) deve divulgar a lista de testemunhas que passarão à condição de investigados. Segundo o colunista Valdo Cruz, são pelo menos 12 nomes, entre eles o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.  A mudança de status permite aprofundar medidas para investigá-los, como quebras de sigilos e operações de busca e apreensão. A comissão também votará requerimentos de convocação e tem marcados os depoimentos de dois médicos defensores da cloroquina, remédio ineficaz contra a Covid. Carlos Wizard: o empresário bilionário apontado como integrante do "gabinete paralelo" que orientou Bolsonaro na pandemia não apareceu para depor ontem, e agora o presidente da CPI vai pedir a condução coercitiva. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Fuga de Lázaro VÍDEO: Quem é Lázaro Barbosa, fugitivo procurado por mais de 200 agentes - https://g1.globo.com/go/goias/video/video-quem-e-lazaro-barbosa-fugitivo-procurado-por-mais-de-200-agentes-9612699.ghtml A polícia entra hoje no 10º dia de buscas por Lázaro Barbosa, suspeito de cometer uma chacina em Ceilândia, no DF. Após fugir de mais um tiroteio, Lázaro pode estar ferido, segundo as autoridades. Ele conseguiu escapar pela mata em Cocalzinho de Goiás, mas o secretário de Segurança de Goiás, Rodney Miranda disse que um cão farejador encontrou um pano ensanguentado durante as buscas. A Força Nacional agora reforça a operação. Durante a fuga, Lázaro já roubou dois veículos, invadiu uma fazenda, fez duas famílias reféns e baleou pelo menos 3 pessoas. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Racismo no Leblon Acusado injustamente por um casal de ter furtado uma bicicleta no Leblon, na Zona Sul do Rio de Janeiro, o professor de surfe Matheus Ribeiro disse que gostaria que a lei brasileira considerasse seu caso como crime de racismo. No entanto, a delegada do caso entende que, como não houve comentários pejorativos em relação à raça, Tomás Oliveira e Mariana Spinelli não podem responder por injúria racial, e sim por calúnia. "A gente sabe que se eu fosse um jovem branco eu não seria parado daquela forma. Então eu acho que o que tem que mudar é o jeito de a gente olhar esses casos, esses fatos", disse Matheus. O suspeito de furtar a bicicleta é um homem branco e foi preso. Igor Pinheiro tem 28 passagens pela polícia e mora em Botafogo. Ele foi reconhecido por um segurança do Shopping Leblon e flagrado em vídeo chegando em casa com a bicicleta.  Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Nas alturas Prédio mais alto de São Paulo tem 172 metros e é o primeiro a carregar o título e não estar localizado na região central. Edifício fica no Tatuapé, na Zona Leste da cidade. — Foto: Giaccomo Vocio/G1 O G1 subiu naquele que será o prédio mais alto de SP. O edifício está quase pronto, tem 172 metros de altura e 50 andares. Quando for inaugurado, no ano que vem, ele irá destronar o Mirante do Vale, que fica no Centro. Esse novo gigante está no Tatuapé, bairro tradicional da Zona Leste onde há uma tendência de verticalização. Os números são assombrosos: 2.300 toneladas de aço, 29.100 metros cúbicos de concreto e 32 metros de estacas cravadas no chão. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br As faces de Letícia Gomes VÍDEO: As várias faces da maquiadora Letícia Gomes Letícia Gomes já se transformou em Juliette, Paulo Gustavo, Harry Styler, Wesley Safadão e até no boneco Olaf, de "Frozen". Com um bom jogo de sombras -- e horas de trabalho -- a maquiadora consegue recriar o rosto de qualquer celebridade. Em entrevista ao G1, ela contou os bastidores de suas transformações e revelou o sonho de ser atriz. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Uma nova vida No domingo (20) será celebrado o Dia Mundial do Refugiado, e um novo relatório da ONU mostra que em 2020 o mundo tinha 82,4 milhões de pessoas forçadamente deslocadas de seus locais de origem. É o maior número já registrado. Hoje, 1% da população mundial, ou uma a cada 95 pessoas, estão deslocadas.

17 de junho, quinta-feira – RESUMO DO DIA - ABRACAM NOTÍCIAS

Boa noite. Aqui estão as notícias para você terminar o dia bem-informado, destacados pelo jornalista Milton Atanazio, direto de Brasília.   Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br   www.abracambrasil.org.br/eventos    N  O  T  Í  C  I  A  S    DESTAQUE G1   Senado aprova texto-base da MP que viabiliza privatização da Eletrobras   Governo argumenta que privatização vai baratear conta de luz; entidades dizem que vai encarecer. Parlamentares criticam inclusão de ‘jabutis’, trechos sem relação com o objeto original. ASSISTA – Texto-base da MP que permite a privatização da Eletrobras é aprovado no Senadohttps://g1.globo.com/globonews/jornal-globonews-edicao-das-16/video/texto-base-da-mp-que-permite-a-privatizacao-da-eletrobras-e-aprovado-no-senado-9613434.ghtml O Senado aprovou nesta quinta-feira (17), por 42 votos a 37, o texto-base da medida provisória que viabiliza a privatização da Eletrobras, a maior empresa de energia elétrica da América Latina. Após a aprovação do texto-base, os senadores passaram à análise dos destaques, isto é, propostas que visam modificar o conteúdo da MP. Esta etapa não havia sido concluída até a última atualização desta reportagem. O texto-base incluiu “jabutis”, jargão utilizado por parlamentares em referência a trechos sem relação com o objeto original da MP (leia detalhes mais abaixo). Como houve mudanças na versão aprovada pela Câmara dos Deputados, no mês passado, o texto precisará ser novamente analisado pelos deputados. A votação está prevista para a próxima segunda (21), um dia antes de a MP perder validade. O governo afirma que a privatização da Eletrobras pode reduzir a conta de luz em até 7,36%. Entidades do setor elétrico, contudo, dizem que a conta pode ficar mais cara. A sessão do Senado desta quinta-feira até a votação do texto-base durou mais de 7 horas. Novas versões do relatório do senador Marcos Rogério (DEM-RO) foram apresentadas, e vários senadores discursaram sobre o texto. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br ASSISTA – Senado discute MP que abre caminho para privatização da Eletrobrashttps://globoplay.globo.com/v/9612891/ Objetivo central da proposta Atualmente, a União possui cerca de 60% das ações da Eletrobras e controla a estatal. Com a capitalização, a partir da emissão de ações, deve reduzir a participação na empresa para menos de 50%. A projeção é que a União fique com cerca de 45% das ações. Entre outros pontos, a proposta prevê que: o aumento do capital social da empresa será por meio da oferta pública de ações; a participação de cada acionista ou grupo de acionistas não poderá ultrapassar 10%; a União terá ação preferencial de classe especial, a “golden share”, que dará poder de veto nas deliberações sobre o estatuto social da empresa. ASSISTA – Miriam Leitão: ‘Para privatizar a Eletrobras, Governo está aceitando todo tipo de jabuti’https://globoplay.globo.com/v/9604466/ Termelétricas a gás A proposta prevê expansão da geração de energia elétrica por termelétricas movidas a gás natural. Esse é, segundo senadores contrários à previsão, um dos “jabutis da proposta”. A energia a gás natural é mais cara e, de acordo com especialistas, o valor de contratação será repassado aos consumidores. Pelo texto-base aprovado no Senado, terão de ser contratados 8 mil megawatts, quantidade suficiente para atender quase 10 milhões de brasileiros. Essas usinas termelétricas a gás natural terão de entrar em operação entre 2026 e 2030. Os contratos são para geração de energia por 15 anos. As usinas termelétricas são consideradas importantes para aumentar a segurança do sistema elétrico brasileiro, pois não dependem de fatores naturais para funcionar, como chuva, vento e sol. Porém, são mais caras e poluentes que as usinas hidrelétricas, eólica e solar. Pelo texto, a contratação deverá ser assim dividida: 1 mil MW na região Nordeste em regiões metropolitanas cuja capital não possua fornecimento de gás natural; 2,5 mil MW na região Norte, instalando as térmicas em pelo menos duas capitais sem fornecimento de gás; 2,5 mil MW na região Centro-Oeste nas capitais ou regiões metropolitanas que não possuem fornecimento de gás; 2 mil MW para o Sudeste, sendo 1,25 mil MW para os estados produtores de gás e 0,75 para os não produtores, caso de Minas Gerais. Os leilões terão um preço teto de R$ 370 por MW/hora, valor a ser atualizado até a data de contratação. Como parte das regiões escolhidas não possui infraestrutura de transporte de gás natural, associações do setor calculam em cerca de R$ 20 bilhões o valor para implementação dessa infraestrutura. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Privatização da Eletrobras pode impactar conta de luzhttps://g1.globo.com/globonews/jornal-das-dez/video/privatizacao-da-eletrobras-pode-impactar-conta-de-luz-9569958.ghtml Pequenas centrais hidrelétricas Outro trecho considerado “jabuti” cria reserva de mercado para Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs). Os próximos leilões do governo para contratação de energia deverão prever a contratação de pelo menos 50% dessas pequenas centrais. Porém, essa contratação não pode superar 2 mil MW – quantidade suficiente para atender cerca de 2,5 milhões de pessoas. Ultrapassados os 2 mil MW, o percentual cai para 40%. A regra vale para os leilões até 2026. As PCHs são pequenas usinas com potência de geração de energia de até 50 MW, com área total do reservatório de água igual ou inferior a três quilômetros quadrados. Esse item, segundo os senadores contrários à MP, também gerará repasse de custos aos consumidores. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Proinfa Outro trecho visto como “jabuti” é o que prevê a prorrogação por mais 20 anos dos contratos do Programa de Incentivos às Fontes Alternativas de Energia Elétrica (Proinfa). A crítica é que esse programa incentiva a contratação de fontes alternativas de energia, como a eólica, mas o preço pago pela energia dos projetos do Proinfa está acima do de mercado, gerando custo adicional para os consumidores, segundo os especialistas. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Outros pontos da MP O texto aprovado também estabelece, entre outros pontos: Indenização ao Piauí: o relator no Senado acolheu sugestão de Marcelo Castro (MDB-PI), a qual prevê a indenização do estado do Piauí pela venda da Cepisa. O valor a ser pago estaria estimado em R$ 260,4 milhões. Sabatina no Operador Nacional do Sistema: Segundo emenda do senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG), acolhida pelo relator, caberá ao Senado sabatinar e aprovar indicados para a diretoria do ONS, órgão responsável pela coordenação e controle da operação das instalações de geração e transmissão de energia elétrica no Sistema Interligado Nacional (SIN). Eletronuclear e Itaipu: A proposta autoriza o governo federal a criar uma empresa pública ou sociedade de economia mista para administrar a Eletronuclear (que controla as usinas de Angra) e a Itaipu Binacional. Linhão do Tucuruí: Texto prevê que o governo possa autorizar a construção do Linhão do Tucuruí, ligando Manaus (AM) a Boa Vista (RR), sem necessidade de aprovação de licenças ambientais do Ibama e da Funai. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br ‘Jabuti’ retirado Foi retirado da proposta um trecho considerado “jabuti”, que estendia até 2035 um subsídio à geração de energia elétrica por meio de usinas termelétricas movidas a carvão mineral. Essas usinas a carvão são ainda mais caras e altamente poluentes em relação aos outros tipos de usinas térmicas. Com isso, o subsídio – que é bancado pelo consumidor nas tarifas de energia – continua com o fim previsto para 2027. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br DESTAQUES CNN   Queiroga em lista de investigadosO relator da CPI da Pandemia, senador Renan Calheiros (MDB-AL),informou à CNN que vai incluir o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga,na lista que de autoridades que passarão da condição de testemunhaspara investigados. Os senadores do G7, grupo de oposição e de independentes que comanda a comissão, avaliam que Queiroga demonstrou diversas vezes não ter autonomia para conduzir a pasta e que, apesar dodiscurso, submete-se ao que consideram negacionismo do presidente.O ministro não se manifestou.   Saída de ministrosJair Bolsonaro já tem em mãos a lista dos ministros que deverão deixar seus cargos no ano que vem para disputar as eleições de 2022 em seusestados. São 11 ministros que ele e seus auxiliares já dão como certo que deixarão seus cargos e outros dois que também devem seguir o mesmocaminho. Como há 23 ministros na Esplanada, metade do ministério deBolsonaro deverá ir às urnas. Diante disso, o Palácio do Planalto começa a debater sobre o momento ideal em que eles devem deixar seus cargos.   Lei da improbidade administrativaA Câmara dos Deputados aprovou, por 408 votos contra 67, o texto-basedo projeto que altera a Lei de Improbidade Administrativa. Todos osdestaques foram rejeitados e o texto segue ao Senado. A atual legislação está em vigor desde 1992 e, para os parlamentares defensores dasalterações, não define bem o crime, deixando margem de interpretaçãosobre o que é ou não ato de improbidade. Com esse argumento, o PL foiretirado de uma comissão especial e pautado direto no plenário pelopresidente da Câmara, Arthur Lira.   Quanto rende investir?O Copom aumentou 0.75 ponto percentual na taxa básica de juros (Selic) na quarta, que passa a ser de 4,25% ao ano — o terceiro aumento em seis anos. Com a mudança, fica a dúvida: Quanto rendem R$ 1.000 investidos na bolsa, na poupança, em fundos e em títulos públicos? Umlevantamento feito a pedido do CNN Brasil Business mostra que oinvestimento em um fundo de índice que replica o Ibovespa, como oBOVA11, é o mais rentável em todos os cenários. Se forem investidosR$ 1.000 em um fundo do tipo, o investidor terá, ao fim de dois anos, algo como R$ 1.184,15. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br DESTAQUES PODER 360   Vice de Santa Cruz e secretário-geral da entidade disputam comando da OAB Ordem tem orçamento anual superior a R$ 100 milhões e mais de 1 milhão de associados Viana (esquerda) e Simonetti (direita) são pré-candidatos à Presidência da OABReprodução A partir de 1º de julho deste ano, os postulantes à Presidência da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) poderão inscrever suas chapas. Dois nomes já surgem como pré-candidatos ao comando da Ordem: Luiz Viana, atual vice-presidente, e Beto Simonetti, secretário-geral da entidade. A eleição acontece em 31 de janeiro de 2022. Embora seja vice de Felipe Santa Cruz, atual presidente da OAB, Viana, que atua na Bahia, se lançou como opositor da atual gestão. Capitaneado por ele, foi criado o “Movimento OAB em defesa da advocacia”, que critica a existência de uma suposta politização no interior da entidade. Parte da cúpula da Ordem aderiu ao grupo, entre eles o secretário-adjunto Ary Raghiant Neto e o tesoureiro José Araújo Noronha. Para conseguir se inscrever nas eleições, os pré-candidatos precisam ter o apoio de ao menos 6 das 27 seccionais estaduais da OAB. Ao Poder360, Viana diz possuir justamente o número mínimo necessário para se lançar como sucessor de Santa Cruz. Ele também criticou o atual presidente. “A atual presidência da OAB adota decisões unilaterais, sem consultar os conselheiros e nos últimos meses passou a usar abertamente a nossa entidade para uso político-partidário”, afirmou. A eleição indireta é outro dos pontos criticados por Viana. Atualmente, a disputa ocorre da seguinte forma: os 81 conselheiros federais espalhados pelos Estados, que são eleitos de forma direta, escolhem quem será o presidente. O pré-candidato disse que o chefe da OAB também deveria ser escolhido por meio de eleição direta. O movimento capitaneado por Viana lançou uma campanha contra o que consideram a politização da OAB. O vídeo não cita Santa Cruz nominalmente. Veja: Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br SIMONETTI Ao Poder360, Simonetti, que atua no Amazonas, disse que tem apoio maior do que seu adversário: 21 seccionais iriam aderir à sua candidatura. Também informou que não é o candidato de Santa Cruz, embora não nutra animosidades com relação ao atual presidente. “Sou pré-candidato à Presidência do Conselho Federal da OAB com o apoio de 21 seccionais até o momento. O que tenho conversado com os representantes da OAB nos Estados é aquilo que as advogadas e advogados têm cobrado dos dirigentes da Ordem: como entidade de classe, ela precisa proteger as prerrogativas da advocacia”, afirmou Sobre a eleição indireta para a Presidência, disse que eventuais mudanças devem ser discutidas, mas que não vê problema no modo em que o pleito é realizado. “As eleições na OAB têm as mesmas vantagens e desvantagens comuns aos sistemas democráticos, que sempre podem ser aprimorados. Eventual mudança deve ser discutida no momento apropriado, fora do contexto eleitoral e sem casuísmos”, disse. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Quem é contra privatizar Eletrobras “está de brincadeira”, diz Bolsonaro Visitante do Palácio da Alvorada critica proposta analisada no Senado; presidente rebate O presidente Jair Bolsonaro em conversa com apoiadores no Palácio do AlvoradaReprodução – Foco do Brasil 16.jun.2021 O presidente Jair Bolsonaro disse nesta 4ª feira (16.jun.2021) que, se a Eletrobras não for privatizada, poderá haver um “caos no sistema energético no Brasil”. Deu a declaração a um visitante do Palácio da Alvorada que pediu para o chefe do Executivo não apoiar a MP (Medida Provisória) que capitaliza a empresa. Bolsonaro reclamou do pedido feito pelo visitante e o chamou de sindicalista. Eis o diálogo: Presidente: Não vou discutir contigo, não vim aqui para discutir com ninguém. Agora quase tudo que é público é levado para corrupção. Olha como eram as estatais no passado, quase todas, a Caixa, nós em 2 anos demos mais lucros que em 10, a Ceagesp, a Itaipu Binacional. Agora o pessoal é contra a privatização? Ah, está de brincadeira. Porque se eu sair daqui e voltar o PT… Visitante: Acha que a luz vai aumentar, presidente? Bolsonaro: Você sabe o imposto que você paga na sua cidade de luz? Se não sabe, não discuta comigo. Sei que você é sindicalista, não vou discutir contigo. Visitante: Não sou, não. Bolsonaro: Se não privatizar, acaba que vamos ter um caos no sistema energético no Brasil, porque roubaram tanto e ninguém fala nisso. Essa petralhada roubou tanto o Brasil. Agora, tem estatal que…  TRAMITAÇÃO A MP da capitalização da Eletrobras já foi aprovada na Câmara, e o prazo para aprovação do Senado é 22 de junho. Caso contrário, perde validade. A 8 dias de vencer, as bancadas da Casa Alta, entretanto, divergem sobre o que apoiar no texto. Eis um resumo do que pensam os maiores partidos da Casa: MDB – quer mudanças no texto da Câmara. Tem 15 senadores; PSD – quer mudanças no texto da Câmara. Tem 11 senadores; Podemos – quer o texto original enviado pelo governo. Tem 9 senadores; PP – apoia o texto como veio da Câmara. Tem 7 senadores; PSDB – reúne-se nesta 3ª feira (13.jun) para decidir o que apoia do texto. Tem 7 senadores; PT – quer que o governo mantenha o controle da estatal. Deve votar para rejeitar. Tem 6 senadores. As 3 maiores bancadas do Senado –MDB, PSD e Podemos– já reclamaram da falta de comunicação do relator da MP, Marcos Rogério (DEM-RO), sobre o rumo que ele dará ao texto. Para líderes ouvidos pelo Poder360, ele está priorizando a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid-19, em que é o principal defensor do governo federal. As sessões do colegiado costumam se estender por horas, com participação ativa de Rogério. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br COLUNA DO ESTADÃO -DESTAQUE   No centro, falta voto e sobra desconfiança Luciano Huck. FOTO: FELIPE RAU/ESTADÃO Apesar de louvável, a iniciativa de reunir expoentes do centro numa rodada de diálogo ainda não despertou entusiasmo nos bastidores do grupo. A bigorna amarrada às expectativas é uma: quem está disposto a conversar não tem o famoso “voto”, componente essencial para se chegar ao poder numa democracia. O apresentador engajado Luciano Huck, por razões óbvias, era, sim, a grande esperança desse grupo para conquistar corações e mentes, mas não rolou. De resto, ainda há desconfianças pairando no ar. Por ora, impera o baixo-astral. Bang! O clima é de “saloon” de faroeste, segundo envolvidos nas conversas: todo mundo achando que alguém trairá o grupo no final, buscando o que for melhor para o seu partido. Pergunta… Luiz Henrique Mandetta, por exemplo, lidera o diálogo, mas não responde a uma pergunta singela: por que o partido dele, o DEM, não pensou na unidade do centro antes de implodir a candidatura desse mesmo centro à presidência da Câmara? A implosão fortaleceu um dos polos, Jair Bolsonaro. Date. Presente na reunião, o Solidariedade está de namoro firme com Lula. Avante. Baixo-astral à parte, a turma do centro quer atrair mais partidos para a “mesa democrática”, entre eles o PSB de Carlos Siqueira e o PSD de Gilberto Kassab. O primeiro, porém, está perto de Lula e o segundo pensa em lançar candidatura própria. Figa. “Alguns partidos têm timing próprio. Almocei na semana passada com Kassab. Há muitos pontos em comum, mas ele ainda está montando individualmente suas estratégias”, disse Mandetta (DEM). Novela. Huck entrou para a lista das “Viúvas Porcinas” da política brasileira: nomeações e candidaturas que foram sem nunca terem sido, como a personagem de Dias Gomes. Fatura. Huck deixou a sensação entre líderes políticos de que sua longa indecisão apenas atrasou os debates e criou expectativas que acabaram não se concretizando, reforçando a sensação de que Bolsonaro e Lula são mais fortes do que na verdade parecem ser. SINAIS PARTICULARES.Luciano Huck, apresentador de TV ILUSTRAÇÃO: KLEBER SALES/ESTADÃO Agora vai. DEM, MDB e PSDB pensarão num plano de comunicação para o centro. Mandetta, Renata Abreu (Podemos), José Luiz Penna (PV) e Roberto Freire (Cidadania) discutirão temas e formatos. Ah… A ideia do grupo é começar a fazer lives com os possíveis candidatos para ver onde há uma convergência programática. CLICK. O senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) e o deputado Otoni de Paula (PSC-RJ) ignoraram as recomendações de manter distanciamento na CPI da Covid. FOTO: COLUNA DO ESTADÃO Primavera… Em reunião de Bolsonaro com ministros, Marcelo Queiroga disse estar otimista com setembro. Acredita que será um mês de inflexão na curva de contágio da covid-19 no País, graças à vacinação, aquela que o presidente postergou. …bolsonarista. Até setembro, o governo espera ter distribuído mais de 200 milhões de doses de vacinas. O ministro da Saúde apresentou estudo segundo o qual a vacina reduz em até 90% as contaminações. Top model. A brincadeira da reunião, aliás, foi com a foto de Roberto Campos Neto tomando vacina sem camisa: “galã” do governo federal. PRONTO, FALEI! Ivan Valente. FOTO: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO Ivan Valente, deputado federal (PSOL-SP): “A CPI da Covid foi uma rinha de bolsonaristas. Witzel foi eleito com mesma camisa dos senadores Jorginho Mello, Eduardo Girão e Flávio Bolsonaro.” Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br www.docam.com.br SAIBA MAIS…https://www.instagram.com/p/CNDAhJyjCBs/?igshid=15ibrunwhlkf0 JORNALISMO COM RESPONSABILIDADE/VeículosABRACAM NOTÍCIAS –Revista VOX – A cara e a voz do Legislativo!www.abracambrasil.org.brFOCO NA POLÍTICA –Um panorama da política nacional direto de Brasíliawww.foconapolitica.com.brBRAZILIAN NEWS –O seu site de notícias de Brasília para o Mundowww.braziliannews.com.brPORTAL R10 – O seu portal de notíciaswww.portalr10.com/foco-na-politica-direto-de-brasiliaDireto com o jornalista MILTON ATANAZIOEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. document.getElementById('cloak86693d2793c4a03b27608deb38980fb2').innerHTML = ''; var prefix = 'ma' + 'il' + 'to'; var path = 'hr' + 'ef' + '='; var addy86693d2793c4a03b27608deb38980fb2 = 'milton.atanazio' + '@'; addy86693d2793c4a03b27608deb38980fb2 = addy86693d2793c4a03b27608deb38980fb2 + 'gmail' + '.' + 'com'; var addy_text86693d2793c4a03b27608deb38980fb2 = 'milton.atanazio' + '@' + 'gmail' + '.' + 'com';document.getElementById('cloak86693d2793c4a03b27608deb38980fb2').innerHTML += ''+addy_text86693d2793c4a03b27608deb38980fb2+'';  ewhatsapp 61 9 8191-9906 Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br

17 de junho, quinta-feira -DESTAQUES DO DIA - ABRACAM NOTÍCIAS

 Veja o que você precisa saber para começar o dia bem informado, destacados pelo jornalista Milton Atanazio, direto de Brasília Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br SAIBA MAIS… www.abracambrasil.org.br/eventos  N  O  T  Í  C  I  A  S  Bom dia. O empresário Carlos Wizard e o auditor do TCU Alexandre Figueiredo garantem o direito de ficarem calados na CPI. Média móvel de mortes por Covid volta ao patamar de 2 mil por dia. Câmara aprova texto que altera a lei de improbidade, e juristas veem risco para o combate à corrupção. Veja como fica o dinheiro na poupança com a alta dos juros para 4,25%. O riscos e as consequências no aprendizado resultantes das aulas aceleradas. Câmara de São Paulo vota projeto sobre orientações de abstinência sexual como contracepção para estudantes. Um guia para ajudar quem teve o cartão clonado. 15 anos sem Bussunda. A saúde do jogador dinamarquês Christian Eriksen após sofrer um mal súbito emcampo. E as últimas informações do caso Lázaro. CPI A CPI da Covid tem dois depoimentos agendados para hoje: o do empresário Carlos Wizard e o de Alexandre Silva Marques, auditor do TCU. Mas os ministros Barroso e Gilmar Mendes, do STF, autorizaram que tanto Wizard como Marques fiquem em silêncio sobre tudo o que possa incriminá-los. Quem são? Wizard é apontado como integrante do suposto “gabinete paralelo” que aconselhava Bolsonaro no enfrentamento da pandemia. Marques foi afastado por causa de um relatório falsoque questionava o número de mortos pela Covid no Brasil. Bolsonaro citou esse documento na semana passada e foi desmentido pelo TCU. Wizard também pediu ao STF para não comparecer à CPI, mas isso foi negado. Em outra decisão, a ministra Rosa Weber manteve a quebra dos sigilos telefônico e de e-mails do empresário. Trajetória: Carlos Wizard é um empresário bilionário que ficou conhecido por fundar uma rede de escolas de inglês. Próximo do governo, ele defende o uso de remédios sem eficácia para tratar a Covid. Esta reportagem publicada no fim de maio dá mais detalhes sobre ele. O ‘fui’ de Witzel VÍDEO: Witzel pede para se retirar, e sessão da CPI da Covid é encerradahttps://g1.globo.com/politica/video/video-witzel-pede-para-se-retirar-e-sessao-da-cpi-da-covid-e-encerrada-9609291.ghtml Réu por corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa, e retirado do cargo em um processo de impeachment, o ex-governador do RJ Wilson Witzel usou o depoimento na CPI para se defender e atacar Bolsonaro, seu ex-aliado. Disse que houve “sabotagem” e “perseguição” por parte do governo federal e que a demora para adotar o auxílio emergencial prejudicou os governadores. Witzel ainda discutiu com Flávio Bolsonaro, a quem chamou de “mimado”, disse que corre risco de vida e que a milícia está por trás da máfia da saúde no RJ. Com 3h20 de depoimento, o ex-governador usou uma decisão do STF obtida na véspera para encerrar o depoimento quando quis. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Pandemia sem trégua Após um mês, a média móvel de mortes por Covid no Brasil voltou a ficar acima de 2 mil por dia. Nas últimas 24 horas, foram registrados 2.673 óbitos, totalizando 493.837 desde o início da pandemia. Enquanto isso, só 11,4% da população tomou as duas doses da vacina. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Lei da improbidade Em tempo recorde, os deputados aprovaram ontem à noite um projeto que altera a lei de improbidade administrativa. Pela proposta, que ainda será votada no Senado, o agente público só poderá responder por improbidade se for comprovado que agiu com a intenção de cometer uma ilegalidade. Essa mudança, se for confirmada, pode favorecer o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), que foi condenado por improbidade. Procuradores e juristas ouvidos pelo Jornal Nacional consideraram o texto um retrocesso no combate à corrupção. Entenda aqui. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Eletrobras O Senado deve votar a MP (medida provisória) que abre caminho para privatizar a Eletrobras, maior empresa de geração e transmissão de energia do país. O governo espera arrecadar cerca de R$ 60 bilhões com a venda da estatal. Vários senadores se disseram favoráveis à privatização, mas criticaram a inclusão na MP de “jabutis” (trechos sem relação com o objetivo original da proposta). Segundo eles, isso atrapalha a discussão e votação. A maior parte desses “jabutis” foi incluída pela Câmara, mas outros podem entrar no Senado. Entenda o que está em jogo. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br E a poupança? Com inflação em alta e uma crise de energia no horizonte, o Banco Central elevou ontem a taxa básica de juros para 4,25% ao ano. Com isso, o dinheiro aplicado na poupança passará a render um pouquinho mais.  E no vídeo abaixo entenda como funciona a Selic, a taxa básica de juros. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Taxa Selic: entenda o que é a taxa básica de juros da economia brasileira Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Auxílio emergencial Começa hoje o pagamento da 3ª parcela. Veja quem recebe e confira o calendário completo. Procura-se Lázaro A polícia de Goiás acredita que Lázaro Barbosa, o homem acusado de matar uma família no Distrito Federal no dia 9, fazia rituais de magia em casa. Fotos e vídeos mostram objetos apreendidos lá. Há oito dias, mais de 200 agentes atuam em uma operação cinematográfica na busca do homem. Na fuga, Lázaro cometeu assaltos, invadiu casas, assustou moradores e fez uma família refém (veja no vídeo o momento do resgate).Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Vídeo mostra resgate em rio de família feita refém por Lázaro em Goiás; ouça tiros Ontem, a polícia do DF divulgou possíveis disfarces que podem estar sendo usados pelo fugitivo. Projeções de disfarces de Lázaro Barbosa, feitas pela Polícia Civil do DF — Foto: PCDF/Divulgação E a vizinha da chácara onde uma família foi assassinada em Ceilândia está acompanhando as buscas em Goiás por Lázaro com muita atenção. “A gente está muito angustiado”, disse a mulher que não quis se identificar. A dona de casa tem acompanhado diariamente os trabalhos da força-tarefa. “Eu espero que ele seja encontrado logo”. “Tem umas duas noites que não dá para dormir direito. Com qualquer barulho de noite ou de madrugada, a gente fica assustado”, contou. Taxa de isenção do Enem Candidatos mais pobres correm risco de ficar de fora do Enem 2021. Isso porque aqueles que não compareceram à edição de 2020 por medo da pandemia perderam o direito à taxa de isenção para a prova deste ano. O direito à gratuidade só foi garantido pelo Inep caso o motivo da ausência fosse explicado, mas a pandemia não estava entre os motivos previstos pelo edital. “Sem isenção da taxa de inscrição para a próxima prova, não tenho chance de prestar o exame. Estou desempregada e sou mãe de duas crianças pequenas”, conta uma das candidatas. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Aulas aceleradas Não é só áudio do WhatsApp que toca em velocidade 2x: no pós-pandemia, até aulas on-line estão sendo aceleradas para ganhar tempo. Estudantes relataram ao G1 que conseguem transformar 3 horas de explicações em uma hora e meia. Mas isso também pode resultar em perdas educacionais, como a dificuldade no foco e convívio social. Entenda as consequências. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br VÍDEO: Universitários aceleram vídeos das aulas da faculdade para ganhar tempo Caso Henry Borel Leniel Borel, pai do menino Henry Borel, será assistente de acusação no julgamento de Jairinho e Monique Medeiros, acusados pela morte da criança de 4 anos. Leniel e seu advogado já tiveram uma primeira reunião com o promotor Fábio Vieira, que está à frente do caso. Entre as ações planejadas está a contratação de um perito particular para ajudar a rebater possíveis contestações das perícias feitas pelo estado, e o aditamento de uma indenização no valor mínimo de R$ 1,5 milhão em favor da vítima. “A decisão de fazer parte da acusação partiu de mim. Hoje, sou o único para pedir justiça pelo meu filhinho. Recebi essa notícia como uma oportunidade para que a justiça seja feita”, disse ele. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br O Assunto: o saldo da cúpula Biden-Putin Dos ataques cibernéticos à Ucrânia, da interferência nas eleições de 2016 ao encarceramento do líder oposicionista Alexei Navalny, o contencioso entre Estados Unidos e Rússia é extenso, e ninguém esperava que diminuísse significativamente com a reunião desta quarta-feira em Genebra entre os presidentes dos dois países, a primeira desde a troca de comando na Casa Branca. Entenda mais do encontro entre Biden e Putin na análise de Guga Chacra. OUÇA: Abstinência sexual como contracepção A Câmara Municipal de São Paulo vota hoje um projeto de lei que cria o programa “Escolhi Esperar”, que tem um como um dos preceitos a abstinência sexual como método contraceptivo para alunos da rede pública e privada de ensino. De autoria do vereador Rinaldi Digilio (PSL), o PL 813/2019 já vai para a segunda votação e, caso seja aprovado, seguirá para sanção do prefeito Ricardo Nunes (MDB). Para a oposição, a proposta é um “grande retrocesso para os direitos das mulheres e para os programas de educação sexual de adolescentes”. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Ajuda no gás O governo de São Paulo lança um programa para auxiliar famílias de baixa renda a comprarem botijão de gás no estado. De acordo com a secretária da Desenvolvimento Social, Célia Parnes, a medida irá beneficiar 100 mil famílias a partir de julho. Eles receberão três parcelas de R$ 100 a cada dois meses. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Clonaram meu cartão. E agora? Aqui temos um tira-dúvidas sobre o que fazer para recuperar o dinheiro e evitar problemas decorrentes de fraudes no cartão de crédito e de débito. E saiba também como evitar fraudes on-line. VÍDEOS: dicas para proteger o celular e o WhatsApp de golpistas Meu amigo Bussunda Estreia hoje no Globoplay a série documental “Meu Amigo Bussunda”, exatamente 15 anos após a morte do humorista do programa “Casseta e Planeta”. A obra é dirigida pelo amigo Claudio Manoel, pela filha Júlia Vianna e também pelo diretor Micael Lander. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br G1 já viu Chega hoje aos cinemas brasileiros o filme “Em um bairro de Nova York”, uma adaptação para o cinema da premiada peça da Broadway “In the Heights”. Colorido e cheio de músicas chiclete, o musical de Lin-Manuel Miranda fala dos sonhos e problemas da comunidade latina nos EUA. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br 🐣🥚🍳💉 Mexido, frito ou cozido, o ovo é um alimento popular na mesa do brasileiro, usado em receitas caseiras e por indústrias para fabricar pães, massas, maioneses e bolos. O ovo também é matéria-prima para produzir vacinas. Isso não é novidade, mas o assunto ganhou destaque com a produção de imunizantes contra o coronavírus, como a ButanVac, do Instituto Butantan. Nesta reportagem você vai saber como são as granjas que atuam no setor e entender por que o preço do ovo está aumentando. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Futebol Na Copa do Brasil, o Flamengo eliminou o Coritiba e está nas oitavas. Pelo Brasileirão, o Bragantino venceu o Corinthians de virada, o Palmeiras bateu o Juventude, o Atlético-MG derrotou o Inter e São Paulo e Chapecoense empataram. Hoje tem mais 5 jogos. Veja os horários e a classificação. Agenda da Eurocopa:10h: Ucrânia x Macedônia do Norte13h: Dinamarca x Bélgica16h: Holanda e Áustria Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Desfibrilador Christian Eriksen passará por uma intervenção cirúrgica para que seja implantado um aparelho em seu coração, segundo a Confederação Dinamarquesa. O dispositivo, uma espécie de desfibrilador, tem como função corrigir distúrbios cardíacos e, assim, manter em segurança o coração o jogador. Ele sofreu um mal súbito na derrota para a Finlândia por 1 a 0 em Copenhague. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br/ www.docam.com.br SAIBA MAIS…https://www.instagram.com/p/CNDAhJyjCBs/?igshid=15ibrunwhlkf0 JORNALISMO COM RESPONSABILIDADE/VeículosABRACAM NOTÍCIAS –Revista VOX – A cara e a voz do Legislativo!www.abracambrasil.org.brFOCO NA POLÍTICA –Um panorama da política nacional direto de Brasíliawww.foconapolitica.com.brBRAZILIAN NEWS –O seu site de notícias de Brasília para o Mundowww.braziliannews.com.brPORTAL R10 – O seu portal de notíciaswww.portalr10.com/foco-na-politica-direto-de-brasiliaDireto com o jornalista MILTON ATANAZIOEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. document.getElementById('cloak77a78f67694549f503e9d1dc593172f3').innerHTML = ''; var prefix = 'ma' + 'il' + 'to'; var path = 'hr' + 'ef' + '='; var addy77a78f67694549f503e9d1dc593172f3 = 'milton.atanazio' + '@'; addy77a78f67694549f503e9d1dc593172f3 = addy77a78f67694549f503e9d1dc593172f3 + 'gmail' + '.' + 'com'; var addy_text77a78f67694549f503e9d1dc593172f3 = 'milton.atanazio' + '@' + 'gmail' + '.' + 'com';document.getElementById('cloak77a78f67694549f503e9d1dc593172f3').innerHTML += ''+addy_text77a78f67694549f503e9d1dc593172f3+'';  ewhatsapp 61 9 8191-9906 Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br

16 de junho, quarta-feira – RESUMO DO DIA - ABRACAM NOTÍCIAS

Boa noite. Aqui estão as notícias para você terminar o dia bem-informado, destacados pelo jornalista Milton Atanazio, direto de Brasília.   Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br www.abracambrasil.org.br/eventos  N  O  T  Í  C  I  A  S    DESTAQUE G1   No mais curto depoimento à CPI, Witzel acusa governo e é atacado por filho de Bolsonaro Ex-governador do Rio falou por 3 horas e 20 minutos. Ele afirmou que governo criou ‘narrativa’ contra governadores. Flavio Bolsonaro disse que ele mentiu e usou CPI como ‘palanque’. No mais curto depoimento (três horas e 20 minutos) desde o início do funcionamento da CPI da Covid, o ex-governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel afirmou nesta quarta-feira (16) aos senadores da comissão parlamentar de inquérito que houve “sabotagem” e “perseguição” por parte do governo federal contra os gestores estaduais durante a pandemia. Ele também fez críticas ao governo e ao presidente Jair Bolsonaro em relação à montagem de hospitais de campanha, à abertura de leitos, à entrega de equipamentos, como ventiladores pulmonares, à demora para adoção do auxílio emergencial. Wilson Witzel foi confrontado pelo senador Flavio Bolsonaro (Patriota-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro, que não é integrante da CPI. O senador contestou as acusações de Witzel ao governo e atacou o ex-governador, acusando-o de ser responsável por mortes, de mentir à comissão e de usar a CPI como “palanque político” (leia mais abaixo). O depoimento foi encurtado pelo próprio Witzel (vídeo abaixo). Protegido por um habeas corpus obtido no Supremo Tribunal Federal (STF), ele podia falar o que quisesse e por quanto tempo quisesse. O ministro Nunes Marques concedeu o HC porque Witzel é investigado por fatos em análise na CPI e não pode ser eventualmente obrigado a produzir provas contra si mesmo. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br VÍDEO: Witzel pede para se retirar, e sessão da CPI da Covid é encerrada https://g1.globo.com/politica/video/video-witzel-pede-para-se-retirar-e-sessao-da-cpi-da-covid-e-encerrada-9609291.ghtml No início da tarde, sob o argumento de que a audiência estava descambando para ofensas, Witzel resolveu parar de falar, embora ainda houvesse uma lista de senadores inscritos para perguntar. “Ele acabou de me comunicar que quer se retirar da sessão, e a gente não pode fazer absolutamente nada”, disse o presidente da CPI, senador Omar Aziz (PSD-AM). O ex-governador, porém, disse ter informações “graves” e prometeu voltar à CPI, caso seja feita uma reunião reservada. O requerimento de convocação dessa reunião deve ser votado na próxima sexta-feira (18). Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Governadores ‘à mercê da desgraça’ No depoimento, Witzel afirmou que não houve diálogo entre o governo federal e os estados durante a pandemia – e que, em sentido oposto, houve um esforço para se sabotar as medidas sanitárias que vinham sido empreendidas nos estados. “O presidente deixou os governadores à mercê da desgraça que viria”, afirmou. “O único responsável pelos 450 mil mortos que estão aí tem nome, endereço e tem que ser responsabilizado, aqui, no Tribunal Penal Internacional, pelos fatos que praticou”, afirmou o ex-governador. Witzel disse ainda que o governo criou uma “narrativa estrategicamente pensada” para fragilizar os governadores, que defendiam as medidas de isolamento (vídeo abaixo). Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br VÍDEO: ‘A narrativa construída pelo governo federal foi para colocar os governadores numa situação de fragilidade’, diz Witzelhttps://g1.globo.com/politica/video/video-a-narrativa-construida-pelo-governo-federal-foi-para-colocar-os-governadores-numa-situacao-de-fragilidade-diz-witzel-9608324.ghtml “Foi a narrativa de que ‘os governadores vão destruir os empregos’, porque sabia o senhor presidente da República que o isolamento social traria consequências graves à economia. E eu avisei a ele. O senhor presidente precisa liderar, sentar na cadeira de presidente, e não ficar fazendo motociata, carreata, porque o que nós vimos no Rio de Janeiro foi vergonhoso”, afirmou. Segundo ele, a “ideia do governo federal era a contaminação de rebanho”. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Perseguição e sabotagem Witzel reiterou que também fez parte da narrativa federal que os governadores se aproveitaram da pandemia “para fazer desvios de dinheiro público” – a CPI também apura supostas fraudes em verbas federais enviadas a estados e municípios para o enfrentamento ao coronavírus. O ex-governador sofreu impeachment no ano passado. Ele é réu em processo que apura corrupção e lavagem de dinheiro em contratos da Saúde durante a pandemia. O caso tramita no Superior Tribunal de Justiça (STJ). “Por trás do meu impeachment estão aqueles que se aliaram a esse discurso de perseguição aos governadores. E eu só fui o primeiro porque, depois de mim, outros governadores foram atingidos por essas investigações superficiais, rasas, e que agora estão fragilizando os governos estaduais. Esse é um objetivo de enfraquecimento do estado democrático de direito, e nós não podemos permitir isso”, disse. Witzel também relatou que não houve ajuda federal na montagem de hospitais de campanha e na aquisição de equipamentos e fez críticas à demora na concessão do auxílio emergencial. Segundo ele, houve “sabotagem” durante a pandemia. “Eu pedi ao presidente que ele me entregasse os hospitais federais para que eu pudesse administrar os hospitais pelo estado. Eu queria construir 1,5 mil leitos de hospitais da campanha, que foram sabotados. Então, a conclusão a que eu chego é que não me deram os leitos e ainda sabotaram os hospitais de campanha exatamente para criar o caos”, afirmou. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Bate-boca e sessão reservada Durante a audiência, Witzel e o senador Flavio Bolsonaro (Patriota-RJ), trocaram farpas e acusações (vídeo abaixo). VÍDEO: Witzel diz que não se sente intimidado com presença de Flávio Bolsonaro na CPIhttps://g1.globo.com/politica/video/video-witzel-chama-flavio-bolsonaro-de-mimado-e-diz-que-nao-se-intimida-com-ele-na-cpi-9608470.ghtml Os dois eram aliados durante a eleição de 2018 – Flavio Bolsonaro participou da campanha do então candidato ao governo fluminense. Ao longo do mandato, porém, houve um rompimento entre os políticos. Flavio Bolsonaro disse que fazia “questão de desmascarar” Witzel e questionou fala do ex-governador de que é “perseguido”. Mencionou acusações contra Witzel, disse que o ex-governador estava mentindo, que usava a CPI como “palanque político” e que “tem a mão suja de sangue entre esses quase 500 mil mortos”. “Esse, sim, é o culpado. E vem aqui e cria um monte de narrativa mentirosa. E eu faço questão de desmascarar porque ele foi eleito mentindo, enganando a população do Rio de Janeiro, e se revelou depois que sentou naquela cadeira de governador”, declarou ao senador. Em meio ao bate-boca, senadores afirmaram que Witzel estava sendo intimidado pelo filho do presidente da República. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Audiência reservada Vice-presidente da CPI, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) propôs a realização de uma audiência reservada. O pedido deve ser votado na próxima sexta-feira (18). De acordo com o blog do jornalista Valdo Cruz no G1, a cúpula da CPI avalia que uma diligência seria melhor que uma reunião a portas fechadas porque, caso contrário, senadores que não têm cadeira na comissão – como Flavio Bolsonaro (Patriota-RJ) – poderiam participar. Witzel demonstrou interesse em retornar à CPI, se houver uma sessão sigilosa. Ele disse que, em uma sessão reservada, faz “questão” de apresentar novos elementos, entre eles o motivo do rompimento entre ele e a família Bolsonaro e a suposta interferência do presidente da Polícia Federal. O ex-governador disse ter conhecimento de “fatos graves”. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br ‘Novo caminho’ na investigação Após o depoimento do ex-governador do Rio, a cúpula da CPI se reuniu para tratar das próximas etapas na comissão. Segundo Omar Aziz, presidente do colegiado, na próxima sexta-feira, a comissão deve votar um requerimento para realizar uma reunião secreta, a portas fechadas, com Wilson Witzel. “Sexta-feira vamos votar vários requerimentos e um deles é essa sessão secreta com o ex-governador Wilson Witzel”, declarou Aziz. O presidente da CPI disse ainda que a comissão votará pedidos de quebras de sigilo de organizações sociais que atuam na área da saúde no Rio de Janeiro. Vice-presidente da comissão, Randolfe Rodrigues (Rede-AP) declarou que as medidas são necessárias após o depoimento de Witzel nesta quarta-feira, que abriu um “novo flanco na investigação”. “As informações que ele trouxe à CPI abriram um novo caminho da investigação. Nós descobrimos, com o depoimento de Witzel, que as medidas contra a Covid-19 tiveram a atuação não só de parlamentares, mas tiveram a participação também da milícia. Descobrimos que tem uma atuação miliciana em hospitais do Rio de Janeiro. E ele declinou para nós o conjunto de 5 organizações sociais que, no dizer do ex-governador, são empresas que têm dono e que lucram com as mortes de cariocas”, afirmou Randolfe Rodrigues. Relator da CPI, Renan Calheiros disse que as declarações dadas por Witzel são “importantes” para a investigação. “Imagina o quanto é preocupante um depoente vir aqui e dizer que essa rede pública enorme [de hospitais federais do Rio], que não tem em nenhum outro estado do Brasil, tem um dono, uma pessoa permanentemente a se beneficiar dela”, afirmou. Em um ataque ao senador Flavio Bolsonaro (Patriota-RJ), o emedebista disse ainda que a reunião desta quarta-feira foi marcada por um “reencontro” da CPI com a milícia. Renan já chamou o filho do presidente da República de miliciano. “Foi um reencontro com as milícias, haja vista a presença do senador Flavio Bolsonaro, novamente, agredindo, falando mal da comissão, das pessoas e desta vez acompanhado por deputados federais que provocavam, fazendo postagens contra a CPI”, disse Renan Calheiros. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br DESTAQUES CNN Super quarta-feiraTodos os olhos do mercado se voltam para esta ‘super quarta-feira’, quando as decisões de política monetária dos bancos centrais brasileiro e americano caem no mesmo dia. A expectativa é de que o mercado financeiro opere em compasso de espera até o discurso do presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), Jerome Powell. Os investidores querem saber se haverá alguma pista sobre os próximos passos da autoridade monetária, já que a previsão é que, na reunião desta semana, o Comitê Federal de Mercado Aberto mantenha inalterado o juro dos Fed funds, que atualmente está na faixa de 0% a 0,25% ao ano.   Biden e PutinOs presidentes dos Estados Unidos, Joe Biden, e da Rússia, Vladimir Putin, terão hoje em Genebra, na Suíça, o primeiro encontro cara a cara desde que o norte-americano assumiu o cargo em janeiro deste ano. A conferência acontece durante o “ponto mais baixo dos últimos anos” da relação entre os dois países, conforme descreveu Putin e concordou Biden em entrevistas recentes. Na mesa devem estar temas espinhosos, como as sanções aplicadas pelos EUA aos russos em abril, acusações de interferência eleitoral e de crimes cibernéticos, a soberania da Ucrânia e a prisão do opositor russo Alexei Navalny, detido sob a acusação de “extremismo”.   Aquisição da CovaxinO presidente da Precisa Medicamentos, Francisco Maximiano, relatou em viagem à Índia que intermediou o contrato com o Ministério da Saúde para aquisição de vacinas Covaxin, mas que o governo brasileiro faria o pagamento direto à fabricante Bharat Biotech. “Maximiano frisou que, ainda que tenha sido a Precisa Medicamentos a assinar contrato com o governo brasileiro, o pagamento, que, segundo os termos do contrato, só poderia ocorrer após licenciamento da vacina no Brasil, será feito diretamente pelo Ministério da Saúde à companhia indiana”, relata a embaixada   Vacinação até dezembroUm levantamento feito pela CNN aponta que pelo menos 16 estados devem aplicar ao menos a primeira dose da vacina contra a Covid-19 em toda a população adulta até dezembro deste ano. A previsão foi feita por cada estado com base no calendário do Ministério da Saúde. Confira a lista: Alagoas; Ceará; Espírito Santo; Goiás; Mato Grosso do Sul; Minas Gerais; Pará; Paraíba; Paraná; Pernambuco; Piauí; Rio de Janeiro; Rio Grade do Sul; Rio Grande do Norte; Santa Catarina; São Paulo. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br DESTAQUES PODER 360   Senado vai incluir micro e pequenas empresas no novo Refis   Refis do Simples é um projeto de Jorginho Mello que será apensado ao projeto de Rodrigo Pacheco O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, e Jorginho Mello defendem o novo RefisFoto: Leopoldo Silva/Agência Senado – 05.mai.2021 O Senado promete ampliar o escopo do novo Refis para permitir que micro e pequenas empresas do Simples Nacional também possam regularizar dívidas tributárias com desconto. Um projeto do senador Jorginho Mello (PL-SC) será apensado ao projeto original de Rodrigo Pacheco (DEM-MG) propondo o Refis do Simples. Jorginho Mello discutiu o assunto com o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), que é relator do novo Refis e líder do governo no Senado, na 3ª feira (15.jun.2021). Jorginho Mello chama o projeto de RELP (Renegociação Extraordinária de Longo Prazo) e propõe descontos de 50% a 60% dos juros e multas relativas às dívidas das micro e pequenas empresas. “A pandemia deixou todo mundo mal. A empresa não consegue vender, como vai pagar tributo? Então vai renegociar, dar um fôlego”, afirmou. Já Fernando Bezerra Coelho quer desconto integral das multas e juros. Ele vai consultar o TCU (Tribunal de Contas da União) sobre a legalidade desse desconto nesta 4ª feira (16.jun.2021). Ele também já disse que o novo Refis vai abranger dívidas anteriores à pandemia de covid-19. O novo Refis está na pauta de 5ª feira (17.jun.2021) do Senado. Fernando Bezerra vai apresentar o parecer no mesmo dia. A Casa, contudo, pode não ter tempo de avaliar o projeto caso a votação da privatização da Eletrobras atrase. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Bolsonaro: Auxílio será prorrogado e Bolsa Família deverá aumentar para R$300 Benefício emergencial terá mais “duas ou 3 parcelas”, com valor médio de R$ 250, confirmou o presidente O presidente afirmou que a prorrogação do auxílio emergencial já está decidida. As declarações foram dadas em entrevista ao programa SIC News, da SIC TVreprodução – 15.jun.2021 O presidente Jair Bolsonaro confirmou nesta 3ª feira (15.jun.2021) a prorrogação do auxílio emergencial em mais “duas ou 3 parcelas”, além da intenção de aumentar o valor do Bolsa Família em cerca de 50% a partir de dezembro, com o valor médio do programa indo a R$ 300. “Já está definido: mais duas ou 3 parcelas de auxílio emergencial de em média R$ 250. Agora, no tocante ao Bolsa Família nós tivemos uma inflação durante a pandemia, no tocante aos produtos da cesta básica. […] A ideia é dar um aumento de 50% em dezembro, para sair de em média R$ 190 para R$ 300. É isso que já está praticamente acertado aqui”, disse. As tratativas inicias da equipe econômica previam a possibilidade de aumentar o programa para, em média, R$ 250, cifra menor que a anunciada por Bolsonaro. Segundo o jornal o Estado de S. Paulo, o valor poderia estourar o teto de gastos previsto para 2022. O presidente deu entrevista ao programa SIC News, do canal SIC TV, afiliada da Record em Rondônia. Até agora, o governo pagou R$ 17,9 bilhões dos R$ 44 bilhões previstos inicialmente para o auxílio emergencial em 2021, segundo o Portal da Transparência. A lógica para a prorrogação é que o benefício contemple os mais vulneráveis enquanto não há vacina. Governadores têm estimado que até setembro todos os brasileiros adultos já estarão vacinados. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br ATACA ISOLAMENTO E PÕEM DÚVIDAS EM VACINAS Na entrevista, o presidente Jair Bolsonaro voltou a criticas medidas restritivas decretadas por Estados e municípios para conter a covid-19. Disse que o governo federal não fechou “um boteco sequer”. Segundo ele, as medidas tiveram grande impacto na pandemia, e poderiam ter sido evitadas. Muitos especialistas discordam desse posicionamento. Para o chefe do Executivo, o ideal teria sido isolar apenas os idosos, em uma espécie de “isolamento vertical”. Além disso, o presidente afirmou que as empresas farmacêuticas não sabem por quanto tempo as vacinas poderão prover imunidade contra o coronavírus. E disse que o imunizante CoronaVac, produzido pelo Butantan, em São Paulo, “não tem comprovação científica”. Essa afirmação não procede, uma vez que a fórmula cumpriu todas as fases de pesquisa e teve a autorização para uso emergencial aprovada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br “RETOMADA ECONÔMICA” Para destacar uma possível retomada de setores da economia, o presidente da República citou um infográfico produzido pelo Poder360com base em dados do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), a partir de informações do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), que mostra que o trabalho por conta própria voltou ao nível do início da pandemia. Segundo o presidente, até setembro, o governo esperar vacinar 60% da população contra a covid-19. “A gente espera que os governadores não decretem mais medidas restritivas, de modo que a gente possa voltar a normalidade”, completou Bolsonaro. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br COLUNA DO ESTADÃO -DESTAQUE   Ao menos nove ministros de Bolsonaro foram vacinados; Onyx segue o chefe e CGU se cala Reprodução/Twitter Enquanto Jair Bolsonaro não se vacina contra a covid-19, pelo menos 9 de seus 23 ministros já receberam ao menos a primeira dose. Paulo Guedes, Tereza Cristina e Augusto Heleno tomaram a Coronavac, que o presidente tanto relutou em comprar para o SUS. Já Luiz Eduardo Ramos e Bento Albuquerque, AstraZeneca; Flávia Arruda e Rogério Marinho, Pfizer. Todos os ministérios foram procurados pela Coluna nas últimas semanas, mas muitos não responderam. Portanto, se mais alguém teve o braço picado pela agulha, foi “escondido” como disse Ramos em reunião, sem saber que era gravado. Agulha. Marcelo Queiroga e Carlos França foram vacinados, mas suas pastas não informaram qual imunizante eles receberam. Agulha 2. Roberto Campos Neto e França tiveram o imunizante aplicado pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. À Coluna, o BC informou que a vacina de Campos Neto foi a Pfizer. Marcelo Queiroga (Saúde) aplica vacina em Roberto Campos Neto (Banco Central). Reprodução/Instagram Oi? Justamente o órgão responsável por incentivar a transparência no poder público, a Controladoria-Geral da União (CGU) não informou se Wagner Rosário foi vacinado. Ah… “A CGU não irá se manifestar sobre a demanda, uma vez que ela trata de assunto pessoal relacionado ao ministro e não de atribuições institucionais do órgão”, disse à Coluna. Cuma?! Há ainda o curioso caso do ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Onyx Lorenzoni, que segue o “exemplo” do chefe: está “controlando sua imunidade e, a princípio, tomará a vacina quando todos estiverem vacinados”. Esperando. A ministra Damares Alves disse que “ainda” não vacinou, mas não confirmou se entrará na fila do SUS, quando chegar na sua faixa etária. Já Tarício de Freitas informou que “aguarda sua vez na fila”. Como… Apesar de terem sido inseridos no Plano Nacional de Imunização do governo federal, os trabalhadores da limpeza urbana seguem fora da lista de prioridades da vacinação no Estado de São Paulo. …assim? Em resposta a ofício da Central Brasileira do Setor de Serviços, o Estado, além de não dar prazo para vacinar o setor, o excluiu das prioridades. Boa ideia. Aos 51 anos, Simone Tebet (MS) foi a 51.ª no Senado a se vacinar. 51 é 15 ao contrário, o número de seu MDB, pelo qual ela pode ser lançada ao Planalto. Significa? SINAIS PARTICULARES. Simone Tebet, senadora (MDB-MS) Kleber Sale Ainda não. Os governos de Pernambuco, Mato Grosso do Sul e Bahia avisaram que só deverão anunciar seus cronogramas de vacinação contra a covid-19 conforme forem recebendo os imunizantes, diferentemente, por exemplo, do que fizeram São Paulo e Maranhão. Faz sentido. O governo de Pernambuco afirmou à Coluna que pretende evitar prazos por causa dos constantes atrasos do Ministério da Saúde, enquanto o da Bahia disse não ter segurança de que as doses prometidas pela Saúde chegarão nas datas programadas. CLICK. Marcelo Freixo (terceiro à esq.), agora no PSB, foi recebido no Recife em jantar na casa do prefeito, João Campos (terceiro à dir.), com a bancada do partido na Câmara dos Deputados. O deputado carioca buscou conhecer programas sociais da capital pernambucana, e se mostrou especialmente interessado em propostas para microempreendedores. Voto… Pré-candidata à presidência da OAB-SP, Dora Cavalcanti lançou em redes sociais campanha afirmando que até agosto ainda dá tempo de implantar um sistema seguro e auditável de votação online para a acirradíssima eleição da entidade, em novembro. …digital. Em tempos de pandemia, advogados de São Paulo questionam a relutância do atual presidente Caio Augusto Silva dos Santos em aderir ao voto online, a exemplo das seccionais de outros Estados. PRONTO, FALEI!Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul (PSDB): “A bola ficou no centro do campo. Boas perspectivas para a partida”, sobre decisão do PSDB a respeito do modelo de prévias para definir candidato à Presidência. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br www.docam.com.br SAIBA MAIS…https://www.instagram.com/p/CNDAhJyjCBs/?igshid=15ibrunwhlkf0 JORNALISMO COM RESPONSABILIDADE/VeículosABRACAM NOTÍCIAS –Revista VOX – A cara e a voz do Legislativo!www.abracambrasil.org.brFOCO NA POLÍTICA –Um panorama da política nacional direto de Brasíliawww.foconapolitica.com.brBRAZILIAN NEWS –O seu site de notícias de Brasília para o Mundowww.braziliannews.com.brPORTAL R10 – O seu portal de notíciaswww.portalr10.com/foco-na-politica-direto-de-brasiliaDireto com o jornalista MILTON ATANAZIOEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. document.getElementById('cloak2131c1af66f54512d3cc6d7dc1349c16').innerHTML = ''; var prefix = 'ma' + 'il' + 'to'; var path = 'hr' + 'ef' + '='; var addy2131c1af66f54512d3cc6d7dc1349c16 = 'milton.atanazio' + '@'; addy2131c1af66f54512d3cc6d7dc1349c16 = addy2131c1af66f54512d3cc6d7dc1349c16 + 'gmail' + '.' + 'com'; var addy_text2131c1af66f54512d3cc6d7dc1349c16 = 'milton.atanazio' + '@' + 'gmail' + '.' + 'com';document.getElementById('cloak2131c1af66f54512d3cc6d7dc1349c16').innerHTML += ''+addy_text2131c1af66f54512d3cc6d7dc1349c16+'';  ewhatsapp 61 9 8191-9906 Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br

16 de junho, quarta-feira – DESTAQUES DO DIA - ABRACAM NOTÍCIAS

     Veja o que você precisa saber para começar o dia bem informado, destacados pelo jornalista Milton Atanazio, direto de Brasília Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br SAIBA MAIS… www.abracambrasil.org.br/eventos  N  O  T  Í  C  I  A  S  Bom dia. A expectativa pelo depoimento de Witzel na CPI da Covid. A definição da nova taxa de juros, diante da alta da inflação. O primeiro e aguardado encontro de Biden e Putin. O assassino em fuga que mobiliza 200 policiais do DF e de Goiás e não para de cometer crimes. E o que um gif de gatinho tem em comum com uma enterrada de Lebron James? Luciano Huck confirma que comandará programa aos domingos em 2022. Veja hoje no G1: 🎧 Podcast: ouça em 3 minutos os destaques do dia Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Witzel na CPI O ministro Nunes Marques, do STF, concedeu ao ex-governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel o direito de não comparecer à CPI da Covid nesta manhã. Mas ao colunista do G1 e da GloboNews Octavio Guedes, Witzel afirmou que irá, sim, à comissão. O ex-governador poderá ficar calado, não precisa assumir compromisso de dizer a verdade e pode ser acompanhado por um advogado. Ao acionar o STF, a defesa do ex-governador argumentou que a convocação configura “subterfúgio ilegal”, uma vez que obriga Witzel a falar sobre fatos sobre os quais já é investigado ou processado. O ex-governador sofreu impeachment e responde por suspeita de corrupção e desvio de dinheiro da área da saúde durante a pandemia. A convocação de governadores é uma reivindicação dos senadores que apoiam o governo Bolsonaro. Eles pedem a investigação de supostos casos de corrupção nos estados envolvendo uso de recursos enviados pela União para o combate à pandemia. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Ainda na CPI… No depoimento de ontem, o ex-secretário de Saúde do Amazonas Marcellus Campêlo pouco esclareceu sobre a crise de falta de oxigênio do início do ano. Os senadores queriam saber quando exatamente o governo federal foi informado sobre o colapso no estado. Campêlo disse que ligou para Pazuello em 7 de janeiro e que, três dias mais tarde, reportou uma “preocupação” com o fornecimento por parte da White Martins. Mas uma carta enviada pela empresa ao governo do Amazonas em julho de 2020 já alertava para risco de falta do insumo. Campêlo também contou que Mayra Pinheiro, conhecida como Capitã Cloroquina, visitou Manaus pouco antes do colapso e insistiu em remédios ineficazes contra a Covid. O ex-secretário foi alvo de duros ataques, vindos tanto de senadores governistas quanto de oposição. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br VÍDEO – CPI da Covid: depoimento de Marcello Campêlo, ex-secretário de Saúde do Amazonas –https://g1.globo.com/politica/video/cpi-da-covid-depoimento-de-marcello-campelo-ex-secretario-de-saude-do-amazonas-9607273.ghtml Wizard na mira da CPI: O pedido do empresário para depor virtualmente foi negado, e Omar Aziz, presidente da comissão, não descarta condução coercitiva. O depoimento no Senado está marcado para amanhã, e hoje a CPI pode votar a quebra dos sigilos de Wizard, suspeito de participar do gabinete paralelo. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Avanço da Covid O Brasil registrou 2.760 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando 491.164 óbitos desde o início da pandemia. É o maior número de óbitos registrados em um único dia desde 5 de maio. Vacinação: segunda dose foi aplicada em 11,26% da população brasileira Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br O medo da variante delta Das mutações preocupantes do novo coronavírus que se acumulam desde o início da pandemia, a que mais assusta o mundo no momento é a originária na Índia, batizada com a quarta letra do alfabeto grego. Nos EUA, a delta vai ganhando terreno rapidamente. E no Reino Unido, outro país de vacinação avançada, já tornou-se dominante, provocando um surto de casos às portas do verão. O medo da variante delta e o alerta sobre uma campanha de imunização completa e mais rápida são temas de O Assunto hoje. Ouça: Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Madeira ilegal A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu processos na Justiça Federal do Amazonas e do Pará que tenham relação com a Operação Handroanthus, da Polícia Federal. A operação foi deflagrada no fim do ano passado para investigar esquemas ilegais de comercialização de madeira extraída ilegalmente da Amazônia. Apreendeu mais de 200 mil metros cúbicos de madeira, no valor de R$ 130 milhões, e é considerada a maior operação do gênero na história do país. A ministra tomou a decisão ao analisar um pedido feito pela PF para que o Supremo concentre todas as investigações relacionadas à operação. A decisão paralisa a restituição de bens apreendidos na operação, como madeira e maquinário, que ainda não tenha sido efetivada. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Taxa de juros A disparada da inflação deve fazer o Banco Central elevar a taxa básica de juros ao maior nível em um ano e meio. Essa é a estimativa do mercado financeiro para o anúncio do Copom, no fim desta tarde. O índice está atualmente em 3,5%, e a expectativa é do terceiro aumento consecutivo de 0,75 ponto percentual. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Domingão do Huck Luciano Huck participa do ‘Conversa com Bial’ — Foto: Reprodução/Instagram/lucianohuck Luciano Huck afirmou que vai assumir o comando de um programa aos domingos na Globo depois que Fausto Silva deixar a emissora em 2022. Durante participação no “Conversa com Bial”, Huck afirmou que o nome da nova atração ainda não está definido. “Tenho enorme respeito pelo Faustão. Ele sempre foi muito generoso. Será um privilégio enorme ocupar o horário dele. É página em branco. Vamos trabalhar. Mas vamos respeitar o hábito do telespectador.” Huck também negou uma candidatura a qualquer cargo na política. “Não seria responsável da minha parte. Minha melhor contribuição é como cidadão, e não como candidato.” Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Criminoso à solta VÍDEO: Polícia busca criminoso que matou casal e dois filhos no DF –https://g1.globo.com/go/goias/video/video-policia-busca-criminoso-que-matou-casal-e-dois-filhos-no-df-9601410.ghtml Suspeito de ter assassinado quatro pessoas de uma mesma família em 9 de junho em Ceilândia, Lázaro Barbosa de Souza, de 32 anos, continua em rota de fuga entre DF e Goiás – mais de 200 agentes de diversas forças de segurança participam da operação. Ontem, foram resgatados um casal e a filha de 16 anos que tinham sido feitos reféns pelo homem, em ação que acabou com dois PMs feridos com tiros de raspão disparados pelo fugitivo. Desde o homicídio quádruplo da semana passada, ele já cometeu uma série de novos assaltos, invadiu casas e assustou moradores. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Racismo enraizado ‘É um problema que está enraizado na nossa sociedade’, diz surfista negro acusado de furtohttps://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/video/e-um-problema-que-esta-enraizado-na-nossa-sociedade-diz-surfista-negro-acusado-de-furto-9606765.ghtml Três dias após terem acusado um homem negro roubar uma bicicleta no Leblon, no Rio, dois jovens foram demitidos dos locais em que trabalhavam. O professor de surfe Matheus Nunes Ribeiro, de 22 anos, gravou o momento em que uma jovem, que estava junto com o namorado, se aproximou dele no sábado (12) e perguntou: “Você pegou essa bike, não foi? Essa bike é minha”. Ribeiro, que estava na frente de um shopping esperando a namorada, negou e chegou a mostrar fotos antigas em que aparecia com a bicicleta. Ele registrou boletim de ocorrência, e a polícia abriu investigação. Em entrevista ao RJ2, o professor comentou o episódio: “Isso não é problema pessoal de mim pra eles, problemas deles pra mim, é um problema que está enraizado na nossa sociedade”. “Me senti assustado, queria provar que a situação era um engano, mas depois de você entender o porquê desse engano, dessa pessoa ter pensado ou ter tido quase a certeza que eu roubei a bicicleta dela, você entender o porquê dessa história, a gente fica bem triste e com raiva ao mesmo tempo”, diz Matheus. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br 1º encontro Montagem põe lado a lado o presidente americano Joe Biden e o presidente russo Vladimir Putin — Foto: AFP Os presidentes dos Estados Unidos, Joe Biden, e da Rússia, Vladimir Putin, terão hoje seu esperado primeiro encontro em Genebra, na Suíça. Estabilidade nuclear, mudança climática, segurança cibernética e o destino de cidadãos presos nos dois países estão na pauta oficial, mas temas ainda mais polêmicos podem ser abordados durante reunião que deve durar até cinco horas. Apesar de reconhecerem importância, porém, nenhum dos lados mantém grandes expectativas sobre ações concretas imediatas. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Bombardeios em Gaza Explosões na Faixa de Gaza nesta terça-feira (15), após ofensiva israelense — Foto: Mahmud Hams/AFP As Forças de Defesa de Israel confirmaram ontem à noite que iniciaram novos bombardeios na Faixa de Gaza. Segundo o exército israelense, os ataques foram feitos contra bases do grupo extremista Hamas, que controla a região, em resposta aos balões incendiários lançados contra o território israelense. Este é o primeiro enfrentamento desde a posse do novo governo, do primeiro-ministro Naftali Bennett, que assumiu no domingo e tirou Netanyahu do poder. A ofensiva também é a mais grave na região desde maio, quando palestinos e israelenses concordaram em um cessar-fogo após 11 dias de confrontos. Estima-se que 260 pessoas morreram no lado palestino e 13 em Israel. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Impasse no Peru O Peru encerrou a contagem oficial dos votos de sua eleição presidencial, realizada em 6 de junho. Pedro Castillo obteve 50,12% dos votos válidos, contra 49,87% de Keiko Fujimori. Mas o candidato do partido Peru Livre ainda não foi declarado vencedor porque pedidos de contestação de milhares de votos e centenas de atas das assembleias de voto continuam pendentes. O Júri Nacional de Eleições, que proclama o vencedor, está sob pressão de apoiadores de ambos os candidatos, que se manifestam diariamente em frente à sua sede, no centro de Lima. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Mega-Sena A Mega-Sena pode pagar R$ 3 milhões para quem acertar as seis dezenas nesta quarta. A aposta mínima custa R$ 4,50 e pode ser realizada pela internet.  Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br G1 no YouTube O G1 estreou seu canal oficial no YouTube. Todos os dias, você fica por dentro dos assuntos que estão bombando com vídeos exclusivos e histórias surpreendentes. Para seguir o G1 no YouTube é simples, basta clicar neste link. Ou você ainda pode acessar o canal do G1 no YouTube, fazer o login e clicar no botão inscrever-se que fica no topo da página no lado direito. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br ‘Música romântica não tem época’ Marília Mendonça, Maiara & Maraisa, Paula Mattos… a lista de mulheres que fizeram fama na composição antes de assumirem o microfone é cada vez mais extensa e ganhou recentemente mais um nome: Paulinha Gonçalves. A cantora e compositora de 31 anos tem 92 canções assinadas por ela e agora lança um álbum autoral. Ao G1, ela conta por que decidiu fugir da regra do recuo de lançamentos no sertanejo e arriscar na gravação. Paulinha Gonçalves — Foto: Reprodução/Instagram A maior doadora de sangue do Rio VÍDEO: Doadora de sangue mais antiga do Rio já ajudou a salvar mais de 800 vidas –https://g1.globo.com/olha-que-legal/video/video-doadora-de-sangue-mais-antiga-do-rio-ja-ajudou-a-salvar-mais-de-800-vidas-9606455.ghtml Junho é o mês da conscientização para doação de sangue. O G1 conversou com Valéria Esteves Netto, a doadora mais antiga do Hemorio. Com 25 anos ininterruptos de doações, a dona de casa de 63 anos já ajudou a salvar 832 vidas em todo o Rio de Janeiro e diz que não pretende parar. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Relatos da Covid “Leito 61 – Um relato dos meus dias de internação”. É o título do livro lançado por Leonardo Gurgel Pinto sobre os 20 dias em que passou internado com Covid. Em entrevista ao G1, o autor e educador físico de 46 anos expôs o drama de testemunhar a morte de 4 pacientes e quase chegar a ser intubado. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br/ www.docam.com.br SAIBA MAIS…https://www.instagram.com/p/CNDAhJyjCBs/?igshid=15ibrunwhlkf0 JORNALISMO COM RESPONSABILIDADE/VeículosABRACAM NOTÍCIAS –Revista VOX – A cara e a voz do Legislativo!www.abracambrasil.org.brFOCO NA POLÍTICA –Um panorama da política nacional direto de Brasíliawww.foconapolitica.com.brBRAZILIAN NEWS –O seu site de notícias de Brasília para o Mundowww.braziliannews.com.brPORTAL R10 – O seu portal de notíciaswww.portalr10.com/foco-na-politica-direto-de-brasiliaDireto com o jornalista MILTON ATANAZIOEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. document.getElementById('cloakcf5fa0b5efb2b8e4de5fee997159d1cb').innerHTML = ''; var prefix = 'ma' + 'il' + 'to'; var path = 'hr' + 'ef' + '='; var addycf5fa0b5efb2b8e4de5fee997159d1cb = 'milton.atanazio' + '@'; addycf5fa0b5efb2b8e4de5fee997159d1cb = addycf5fa0b5efb2b8e4de5fee997159d1cb + 'gmail' + '.' + 'com'; var addy_textcf5fa0b5efb2b8e4de5fee997159d1cb = 'milton.atanazio' + '@' + 'gmail' + '.' + 'com';document.getElementById('cloakcf5fa0b5efb2b8e4de5fee997159d1cb').innerHTML += ''+addy_textcf5fa0b5efb2b8e4de5fee997159d1cb+'';  ewhatsapp 61 9 8191-9906 Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br

15 de junho, terça-feira – RESUMO DO DIA - ABRACAM NOTÍCIAS

Boa noite. Aqui estão as notícias para você terminar o dia bem-informado, destacados pelo jornalista Milton Atanazio, direto de Brasília. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br www.abracambrasil.org.br/eventos www.abracambrasil.org.br/eventos Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br  N  O  T  Í  C  I  A  S    DESTAQUE G1 Terça-feira, 15 de junho de 2021 O ex-secretário da Saúde do Amazonas Marcellus Campêlo foi alvejado por senadores governistas e oposicionistas durante depoimento nesta terça-feira (15) à CPI da Covid.O depoimento de Campêlo foi o primeiro sobre a conduta de estados e municípios na pandemia. Até então, somente o governo federal tinha sido objeto das atividades da comissão.Em relação ao Amazonas, a CPI apura, entre outros pontos, o colapso na rede pública de saúde do estado no início do ano, com o desabastecimento de oxigênio e a morte de pacientes por causa da falta do insumo.Durante a audiência, senadores que costumam tentar proteger dos ataques da oposição os depoentes ligados ao governo federal passaram a fazer duros questionamentos.Vice-líder do governo, o senador Marcos Rogério (DEM-RO) chegou a dizer que houve “crime de responsabilidade” por parte do governo amazonense ao não firmar com antecedência um novo contrato com a empresa White Martins, fornecedora de oxigênio.Senadores independentes e de oposição, por outro lado, se ampararam no que consideraram uma omissão do governo federal diante da situação na região e na disseminação de cloroquina, por parte do Ministério da Saúde, na véspera do desabastecimento de oxigênio.O senador Rogério Carvalho (PT-SE) ressaltou a confirmação de que houve disseminação no estado de cloroquina — remédio sem eficácia comprovada contra a Covid —para apontar “crime”.“O grande crime está em defender uma medida de controle sanitário ineficaz, que largou brasileiros e brasileiras à própria sorte, ao contágio, à infecção e, por conseguinte, à morte, que fez gestores verdadeiros enxugadores de gelo”, afirmou.“Isso não quer dizer, ex-secretário Marcellus Campêlo, que o governador do seu estado não foi um incompetente, não foi um fraco. Foi conivente. Foi conivente porque ele sabia de todos os riscos e voltou atrás. Ele não teve coragem de manter a posição dele porque desagradava ao presidente e o grupo político do qual ele faz parte”, afirmou o senador. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br DESTAQUES CNN   CPI da PandemiaO secretário de Saúde do Amazonas, Marcellus Campelo, prestará hoje depoimento à CPI da Pandemia. O foco das perguntas será a crise da falta de oxigênio no estado. Detalhes como o papel do Ministério das RelaçõesExteriores na crise e o prazo entre o pedido de ajuda durante o colapsoda saúde e a sua efetivação serão questionados. O grupo quer esclarecertambém o debate junto ao governo federal sobre a necessidade deintervenção federal no estado.Rodrigo Maia fora do DEMO Democratas (DEM) expulsou o deputado federal Rodrigo Maia (RJ),ex-presidente da Câmara dos Deputados, do partido, informou a legenda em nota. “A comissão nacional, à unanimidade de votos, deliberou pelocometimento de infração disciplinar, e consequente expulsão do deputado”, diz. Segundo o analista de política da CNN Caio Junqueira, a saída deRodrigo Maia do DEM era algo esperado, mas não com a rispidez do atode expulsão tomado pela legenda na segunda-feira.Bolsonaro pede antecipação de vacinasO presidente Jair Bolsonaro pediu à cúpula da Pfizer que sejamantecipados lotes de vacinas. O pedido foi por 10 milhões de doses parajulho. A antecipação dos lotes ocorreria dentro dos contratos já assinados do governo com a empresa. O primeiro contrato, assinado em 19 demarço, prevê 100 milhões de doses até o final do terceiro trimestre.O segundo contrato prevê 100 milhões de doses entre outubro e dezembro. A CNN apurou que o Brasil já recebeu 8,2 milhões de doses dafarmacêutica.Covid na Copa AméricaApós testar mais de 2.900 pessoas, o Ministério da Saúde confirmou 41casos de Covid-19 entre jogadores, integrantes das delegações eprestadores de serviço da Copa América. Dentre os infectados, estãomembros das delegações de países como Colômbia, Bolívia e Venezuela. Além disso, 10 trabalhadores de um hotel na cidade de Brasília, onde asequipes da própria Venezuela e do Brasil ficaram hospedadas, tambémestão na lista.Reunião deve elevar jurosO Copom, colegiado do Banco Central responsável por gerir os juros dopaís, começa hoje a reunião de dois dias que deve definir o novo nível da Selic, a taxa de referência da economia e do sistema financeiro.O anúncio dos novos juros serão feitos no início da noite da quarta-feira. A Selic está hoje em 3,5% ao ano, e há poucas dúvidas de que seráelevada novamente em mais 0,75 ponto percentual, para 4,25%. Opróprio Copom já assinalou para um novo aumento desta magnitude nos comunicados da última decisão. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br DESTAQUES PODER 360   15 Estados pretendem vacinar todos os adultos até outubro; saiba as previsões Mais otimista, Ceará quer imunizar 100% até 25 de agosto; 8 unidades da Federação não informam prazo Profissional de saúde segura dose de vacina contra covid-19. Previsão de Estados levam em conta aumento de ofertas de vacinas por parte do Ministério da SaúdeSérgio Lima/Poder360 – 19.jan.2021 Esta reportagem e o infográfico foram atualizados às 12h39 de 15.jun.2021 para inserir a projeção divulgada pelo governo do Estado do Paraná. Levantamento realizado pelo Poder360 mostra que 15 Estados brasileiros pretendem aplicar a 1ª dose da vacina contra a covid-19 em toda sua população adulta até o fim de outubro. O mais otimista deles é o Ceará, que prevê a imunização de 100% dos elegíveis até 25 de agosto. São Paulo e outros 5 Estados projetam o fim da 1ª fase da vacinação em adultos até setembro. Já Minas Gerais tem prazo mais longínquo: até dezembro. Acre, Amazonas, Bahia, Mato Grosso, Roraima, Tocantins, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal não divulgaram estimativas. Afirmam que o calendário é de responsabilidade dos municípios e que dependem do envio de vacinas pelo Ministério da Saúde. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Os novos calendários de imunização dependem do aumento da oferta de vacinas. O Ceará, por exemplo, só aplicou a 1ª dose em 30% dos adultos até agora. No ritmo atual, a campanha se estenderia até maio do ano que vem. Os prazos estabelecidos levam em conta as previsões de doses a serem entregues pelo Ministério da Saúde às unidades da Federação. Em meses anteriores, a pasta revisou essas previsões para baixo mais de uma vez. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br “RINHA DE VACINA” Governadores e prefeitos protagonizaram nos últimos dias uma “competição” em torno do ritmo de vacinação. Internautas apelidaram as interações de “rinha de vacina”. Em troca de mensagens bem-humoradas no Twitter, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), disse ao governador de São Paulo, João Doria (PSDB), estar “preparando” uma resposta ao plano otimista do governo paulista, que pretende imunizar todos os adultos com a 1ª dose até 15 de setembro. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br MP-SP abre inquérito contra organizadores de “motociata” Ato foi realizado no sábado; procurador cogita entrar com ação civil pública contra responsáveis MP irá investigar organizadores de evento realizado em São PauloFoto: Alan Santos/PR O MP-SP (Ministério Público de São Paulo) abriu nesta 2ª feira (14.jun.2021) inquérito para apurar se os organizadores da “motociata” realizada em São Paulo no sábado (12.jun) devem ser responsabilizados pelo descumprimento de regras sanitárias de enfrentamento ao coronavírus. Batizado de “Acelera para Jesus”, o evento foi feito em apoio ao governo do presidente Jair Bolsonaro. De acordo com o procurador Arthur Pinto Filho, responsável pela portaria que instaura o inquérito, o grupo de motoqueiros descumpriu o decreto estadual que obriga o uso de máscaras em locais públicos. Ele também informou que a investigação pode levar ao ajuizamento de uma ação civil pública contra os responsáveis pelo evento. “Evidente que não se está a buscar obstar de nenhuma maneira o direito de reunião e manifestação, que não estão suspensos por conta da pandemia. Deseja-se, somente, que tais direitos sejam exercidos dentro dos limites gizados pelas normas jurídicas em vigor e pela situação pandêmica de nosso Estado”, afirma o procurador. O objetivo da apuração é identificar as lideranças que descumpriram as normas sanitárias, dar a oportunidade para que se manifestem e, ao final, responsabilizar os organizadores por dano moral e social coletivo. “O uso de máscara é o mínimo civilizatório em tempos pandêmicos. Não há nenhum infectologista com um mínimo de credibilidade que oriente a população em sentido contrário. Aqueles que são useiros e vezeiros em contrariarem este mínimo civilizatório são justamente o dirigente máximo do País e seus seguidores nos atos no Brasil em que Sua Excelência participa”, prossegue a portaria. O procurador encaminhou uma cópia do documento ao MPF (Ministério Público Federal) para que a instituição decida se a conduta de Bolsonaro também deve ser investigada. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br MULTA O governo de São Paulo, chefiado por João Doria (PSDB), chegou a multar Bolsonaro por não usar máscara e provocar aglomeração no ato político. De acordo com a nota da assessoria do governo paulista, o presidente e o deputado federal Eduardo Bolsonaro, seu filho, foram flagrados por equipes da Saúde e Segurança Pública sem máscara. O Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes, também foi autuado. O governo do Estado disse que os 3 desrespeitaram as medidas preventivas já conhecidas contra a covid-19. O uso de máscaras é obrigatório no Estado de São Paulo desde maio de 2020. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Copa América tem 41 casos de covid entre jogadores e prestadores de serviço A informação foi divulgada pelo Ministério da Saúde nesta 2ª feira (14.jun.2021) O estádio Mané Garrincha em Brasília sediou o primeiro jogo da Copa América no BrasilSérgio Lima/Poder360 O Ministério da Saúde confirmou, nesta 2ª feira (14.jun.2021), que 31 jogadores e 10 prestadores de serviço da Copa América testaram positivo para o coronavírus. Até a publicação desta reportagem, a pasta não detalhou as seleções afetadas. De acordo com a Saúde, foram realizados 2.927 testes de RT-PCR entre jogadores, membros das delegações e prestadores de serviços. “O Ministério da Saúde informa que, até o momento foram realizados 2.927 testes de RT-PCR entre jogadores, membros das delegações e prestadores de serviços. No dia de 13 de junho, foram notificados 41 casos de Covid-19 confirmados, sendo 31 entre jogadores e membros das delegações e 10 prestadores de serviços contratados para o evento. Todos os casos de prestadores de serviços foram confirmados em Brasília (DF). A positividade de casos por Covid-19 foi de 1,40%. Os resultados do sequenciamento genético para análise de variantes serão concluídos em até 14 dias, prazo necessário para realização da análise”, disse a pasta ao Poder360. Menos de um dia depois do início do torneio, 4 das 10 delegações que disputam a Copa América já tiveram casos confirmados de covid-19. As equipes reúnem atletas que atuam em países que apresentam ao menos 6 variantes do coronavírus. As 4 variantes de preocupação, ou seja, aquelas mais perigosas e transmissíveis estão entre as registradas nos países em que os atletas trabalham. O levantamento do Poder360 levou em consideração os atletas convocados das seleções da Venezuela, Bolívia, Colômbia e Peru, segundo a lista apresentada pela Conmebol. Também foram considerados os atletas convocados posteriormente pela Venezuela. Ao todo, os jogadores inscritos pelos 4 países atuam em 23 ligas nacionais diferentes, além do Brasil. Os jogadores estão na Ásia, nas Américas do Sul, Central e do Norte e na Europa. Além disso, o campeonato colocará frente a frente seleções de alguns dos países com maior taxa mundial de mortalidade pelo coronavírus. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br COLUNA DO ESTADÃO -DESTAQUE   Aras diz ter respeitado autonomia de subalterno A um interlocutor, Augusto Aras disse não haver espaço para interferência no Ministério Público e que a prerrogativa de autonomia funcional é “sagrada”. Foi assim, segundo ele, no caso do inquérito dos atos antidemocráticos, cujo arquivamento foi proposto pelo vice-procurador-geral Humberto Jacques de Medeiros. A conta, porém, acabou indo para Aras. De acordo com o PGR, só quando há abusos a autonomia pode ser quebrada. Aras também afirmou não ter havido arranhão na relação dele com o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo. Matemática. Nessa toada, estatísticas da atuação da Procuradoria-Geral da República em várias frentes serão apresentadas a Augusto Aras nos próximos dias. Não tá comigo. Empenhado em ser percebido como um gestor, o PGR quer mostrar também que não concentra poder e que delega a condução de grandes temas aos subprocuradores. Um por todos… Se para alguns parlamentares o arquivamento foi um alívio, para outros, representou uma perda de munição contra o governo de Jair Bolsonaro: Randolfe Rodrigues (Rede-AP) pediu a Moraes a substituição de Aras. …todos por um. A proposta deixou as associações das carreiras do Ministério Público em alerta. Pela primeira vez, todas as associações (ANPR, ANPT, Conamp e AMPDFT) e conselhos de procuradores emitiram nota de apoio a Aras. Bumerangue. Sabem que mexer nas atribuições do PGR poderia representar um efeito cascata. A investida do senador Randolfe acabou servindo para uma oportunidade de reaproximar Aras da base do MP. É verdade…. A SPTuris foi contratada pela Secretaria de Esportes e Lazer da Prefeitura de São Paulo para ajudar na motociata de Jair Bolsonaro na capital paulista, aquela que os apoiadores do presidente disseram que iria entrar como recorde no Guinness Book. …esse ‘Guineis Buk’. Tudo não passava de mais uma fake news, como mostrou o Estadão Verifica. Menos para os cofres públicos: a conta de R$ 75 mil que a secretaria pagou pela motociata era bem verdadeira. SINAIS PARTICULARES. Jair Bolsonaro, presidente da República Kleber Sales Ghosting. Nenhuma das reuniões do presidente Jair Bolsonaro a respeito de covid-19, durante a crise do oxigênio em Manaus, foi registrada por ata. É o que demonstra ofício da Casa Civil enviado à CPI da Covid. Ghosting 2. O documento foi em resposta a requerimento do senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), solicitando mais detalhes sobre cinco reuniões, de 5 a 15 de janeiro, citadas em depoimento de Eduardo Pazuello como relevantes para a definição de uma estratégia de enfrentamento da crise em Manaus. Vaca amarela. Nem mesmo a reunião de ministros, em que Bolsonaro teria decidido não intervir em Manaus, foi registrada em ata. Cadê Terra? Nem com Osmar Terra, em 13 de janeiro. Dias antes, o deputado havia citado Manaus como exemplo da “tese” da imunidade de rebanho. CLICK. O governador Cláudio Castro (PL-RJ) participou, no Copacabana Palace, de evento organizado por Karim Miskulin (Grupo Voto) sobre a retomada do turismo. Coluna do Estadão PRONTO, FALEI! Fábio Trad. FOTO: MARCELO CAMARGO/AG. BRASIL Fábio Trad, deputado federal (PSD-MS): “Bolsonaro apoiou Russomanno, perdeu. Apoiou Binyamin Netanyahu, perdeu. Favor não torcer pelo Botafogo. Meu time não aguenta sofrer mais, ok?” Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br www.docam.com.br SAIBA MAIS…https://www.instagram.com/p/CNDAhJyjCBs/?igshid=15ibrunwhlkf0 JORNALISMO COM RESPONSABILIDADE/VeículosABRACAM NOTÍCIAS –Revista VOX – A cara e a voz do Legislativo!www.abracambrasil.org.brFOCO NA POLÍTICA –Um panorama da política nacional direto de Brasíliawww.foconapolitica.com.brBRAZILIAN NEWS –O seu site de notícias de Brasília para o Mundowww.braziliannews.com.brPORTAL R10 – O seu portal de notíciaswww.portalr10.com/foco-na-politica-direto-de-brasiliaDireto com o jornalista MILTON ATANAZIOEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. document.getElementById('cloakdbebdc066c2ad3c5b464e868abb3b1b0').innerHTML = ''; var prefix = 'ma' + 'il' + 'to'; var path = 'hr' + 'ef' + '='; var addydbebdc066c2ad3c5b464e868abb3b1b0 = 'milton.atanazio' + '@'; addydbebdc066c2ad3c5b464e868abb3b1b0 = addydbebdc066c2ad3c5b464e868abb3b1b0 + 'gmail' + '.' + 'com'; var addy_textdbebdc066c2ad3c5b464e868abb3b1b0 = 'milton.atanazio' + '@' + 'gmail' + '.' + 'com';document.getElementById('cloakdbebdc066c2ad3c5b464e868abb3b1b0').innerHTML += ''+addy_textdbebdc066c2ad3c5b464e868abb3b1b0+'';  ewhatsapp 61 9 8191-9906 Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br

15 de junho, terça-feira – DESTAQUES DO DIA - ABRACAM NOTÍCIAS

 Veja o que você precisa saber para começar o dia bem informado, destacados pelo jornalista Milton Atanazio, direto de Brasília Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br SAIBA MAIS… www.abracambrasil.org.br/eventos SAIBA MAIS… www.abracambrasil.org.br/eventos  N  O  T  Í  C  I  A  S  Pazuello, Araújo, Wajngarten e Mayra vão virar investigados na CPI da Covid. Ministro do STF suspende a quebra de sigilo do principal assessor do ex-ministro da Saúde. Os dados haviam sido solicitados pela Comissão, que hoje volta a discutir o colapso de janeiro em Manaus. Rodrigo Maia é expulso do DEM. Veja também: o belo flagrante de uma briga de onças no Pantanal. 🎧 Vacinas da Janssen chegam amanhã, CPI e o colapso em Manaus, vistoria em barragem e mais; ouça o Resumão de hoje Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Investigados Eduardo Pazuello, Ernesto Araújo, Fabio Wajngarten e Mayra Pinheiro vão passar de testemunhas a investigados pela CPI, disse o relator Renan Calheiros (MDB-AL), após ter se reunido com o presidente da Comissão, Omar Aziz (PSD-AM), e o vice-presidente, Randolfe Rodrigues (Rede-AP). Ele confirmou os quatro nomes e antecipou que o número de investigados pode chegar a dez. Os quatro já foram ouvidos pela CPI como testemunhas e foram questionados sobre a demora na compra das vacinas, a insistência do governo em divulgar e distribuir remédios que não funcionam, a crise de Manaus e os ataques à China. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br CPI Quem depõe hoje é Marcellus Campêlo, secretário de Saúde do Amazonas quando o estado ficou sem oxigênio nos hospitais, no início do ano. Campêlo também é investigado pela suspeita de desvios na construção de um hospital de campanha e foi preso pela PF no início do mês. Solto 5 dias depois, deixou o cargo. Essa linha de investigação na CPI que mira o mau uso de verba federal nos estados é defendida por governistas para evitar que o foco fique só em Bolsonaro e seus colaboradores. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Sigilo mantido O ex-número 2 do Ministério da Saúde, Elcio Franco, conseguiu suspender a quebra de seus sigilos, aprovada pela CPI. A decisão foi do ministro Nunes Marques, que não viu motivos suficientes. Segundo ele, o fato citado no requerimento, de que Franco defendeu o uso de medicamentos sem eficácia contra a Covid, não justifica a obtenção de seus dados telefônicos e telemáticos (como e-mails, por exemplo). Na semana passada, a CPI aprovou quebras de sigilos de cerca de 20 pessoas. Algumas conseguiram reverter no STF. Outras, não. Entre elas Pazuello, Ernesto Araújo e Mayra Pinheiro, a “capitã cloroquina”. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Ainda sobre a CPI… A Presidência informou que não registrou em ata as 5 reuniões realizadas por Bolsonaro em janeiro com auxiliares, ministros e o deputado Osmar Terra (MDB-RS). A CPI quer saber o que se discutiu nesses encontros. Naquele momento, Manaus vivia um caos com pacientes morrendo asfixiados nos hospitais. Terra é contrário às medidas de isolamento e apontado como um dos líderes do chamado “gabinete paralelo”, grupo que orientou o presidente na pandemia. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Adnet Adnet narra a CPI — Foto: Reprodução No 3º episódio da série, Marcelo Adnet narra o depoimento do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e faz piada com a atriz pornô Mia Khalifa. Assista abaixo. E veja aqui todos os vídeos. Vídeo – ‘E olha a Mia Khalifa de novo!’ – trecho do episódio 3 de Adnet na CPI –https://g1.globo.com/adnet-na-cpi/video/e-olha-a-mia-khalifa-de-novo-trecho-do-episodio-3-de-adnet-na-cpi-9602434.ghtml Vacina da Janssen A Anvisa estendeu até agosto a validade das 3 milhões de doses da vacina da Janssen que o Brasil vai receber. O prazo original era o fim do mês. A entrega do lote atrasou e ficou para amanhã. A vacina da Janssen tem um diferencial: é aplicada em dose única. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Ritmo de vacinação E já são 25 capitais que vacinam pessoas fora dos grupos prioritários. Mas estudos mostram que o ritmo ainda precisa acelerar. Segundo uma pesquisa da USP e da Unesp, 20 mil vidas seriam salvas por mês se o Brasil conseguisse aplicar 2 milhões de doses por dia. Até agora, não chegamos nem perto disso. Enquanto isso… em Israel, onde quase 60% da população está totalmente imunizada, já está liberado ficar sem máscara em lugares fechados. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Bolsonarismo de moto O Assunto hoje é o passeio de moto que Bolsonaro promoveu em SP no sábado. Pressionado pela CPI e pela piora na avaliação do governo, o presidente recorre a eventos bancados com dinheiro público em que se misturam infrações sanitárias e de trânsito. Quem são os organizadores e participantes? E o que Bolsonaro quer mostrar com essas encenações? Ouça: Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br A propósito Não é verdade que o passeio de Bolsonaro reuniu 1,3 milhão de motos e entrou para o livro dos recordes. O G1 checou. É #FAKE. Procura-se Seis dias após matar uma família em uma fazenda, Lázaro Barbosa da Silva, de 32 anos, segue escapando dos mais de 200 policiais que tentam capturá-lo no Distrito Federal e em Goiás. Desde então, ele invadiu outras casas, praticou roubos e ameaçou moradores. Mais de 30 propriedades rurais são monitoradas. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br VÍDEO: Polícia busca criminoso que matou casal e dois filhos no DF – https://g1.globo.com/go/goias/video/video-policia-busca-criminoso-que-matou-casal-e-dois-filhos-no-df-9601410.ghtml Gás mais caro O gás de cozinha ficou 6% mais caro nas distribuidoras. Para aliviar o peso no bolso, a melhor forma é gastar menos. O vídeo abaixo traz algumas dicas. Uma delas é usar a panela de pressão. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br VÍDEO: Veja dicas para gastar menos gás – https://g1.globo.com/economia/video/video-veja-dicas-para-gastar-menos-gas-9433603.ghtml Maia expulso A direção do DEM decidiu expulsar do partido o deputado Rodrigo Maia, ex-presidente da Câmara. Em nota, a legenda apontou “infração disciplinar”. Como foi expulso, Maia pode se filiar a outro partido e manter o mandato. Ele entrou em rota de colisão com a direção do DEM desde a eleição de Arthur Lira, do PP, para substituí-lo. Naquela ocasião, Maia apoiava Baleia Rossi (MDB) e o DEM não o acompanhou. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Diva do indie Sigrid: conheça a diva norueguesa do indie pop – https://g1.globo.com/pop-arte/video/sigrid-conheca-a-diva-norueguesa-do-indie-pop-9596657.ghtml Aos 24 anos, a norueguesa Sigrid já se mostrou um ícone indie pop da mesma força que Billie Elish e Lewis Capaldi. Ela retoma a carreira com o single “Mirror”, um dance pop sobre se acostumar com traços de personalidade irritantes. Em entrevista ao G1, a cantora fala sobre polêmica com o visual e diz que tem levado uma vida “agridoce”, pois quer controlar tudo à sua volta. Assista no vídeo acima. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Espetáculo Duas onças-pintadas fêmeas foram flagradas brigando no Pantanal. O registro é de um biólogo que também realiza pesquisas sobre o maior felino das américas. No momento do flagra, as onças rivalizam pela defesa de dois filhotes, que aparecem no canto direto da imagem. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Onça fêmea ‘briga’ com outra felina para defender filhotes no Pantanal de MS – https://g1.globo.com/ms/mato-grosso-do-sul/video/onca-femea-briga-com-outra-felina-para-defender-filhotes-no-pantanal-de-ms-9602949.ghtml Eurocopa Hoje tem a estreia de Cristiano Ronaldo (às 13h) e o confronto entre França e Alemanha (às 16h). O SporTV transmite. Confira a tabela completa. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br 25 anos em 25 entrevistas A GloboNews completa 25 anos e separou 25 entrevistas históricas. Nesta semana, uma conversa reveladora do jornalista Geneton Moraes Neto com o general Newton Cruz, ex-chefe da Agência Central do Serviço Nacional de Informações (SNI), gravada em 2010. O tema é o atentado do Riocentro, ocorrido em 1981, durante a ditadura militar. Clique aqui para assistir. Relembre as coberturas marcantes da GloboNews Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br/ www.docam.com.br SAIBA MAIS…https://www.instagram.com/p/CNDAhJyjCBs/?igshid=15ibrunwhlkf0 JORNALISMO COM RESPONSABILIDADE/VeículosABRACAM NOTÍCIAS –Revista VOX – A cara e a voz do Legislativo!www.abracambrasil.org.brFOCO NA POLÍTICA –Um panorama da política nacional direto de Brasíliawww.foconapolitica.com.brBRAZILIAN NEWS –O seu site de notícias de Brasília para o Mundowww.braziliannews.com.brPORTAL R10 – O seu portal de notíciaswww.portalr10.com/foco-na-politica-direto-de-brasiliaDireto com o jornalista MILTON ATANAZIOEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. document.getElementById('cloaka31f9b246e17fcf7f8ee38b58b3cdb36').innerHTML = ''; var prefix = 'ma' + 'il' + 'to'; var path = 'hr' + 'ef' + '='; var addya31f9b246e17fcf7f8ee38b58b3cdb36 = 'milton.atanazio' + '@'; addya31f9b246e17fcf7f8ee38b58b3cdb36 = addya31f9b246e17fcf7f8ee38b58b3cdb36 + 'gmail' + '.' + 'com'; var addy_texta31f9b246e17fcf7f8ee38b58b3cdb36 = 'milton.atanazio' + '@' + 'gmail' + '.' + 'com';document.getElementById('cloaka31f9b246e17fcf7f8ee38b58b3cdb36').innerHTML += ''+addy_texta31f9b246e17fcf7f8ee38b58b3cdb36+'';  ewhatsapp 61 9 8191-9906 Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br

14 de junho, segunda-feira – RESUMO DO DIA - ABRACAM NOTÍCIAS

Boa noite. Aqui estão as notícias para você terminar o dia bem-informado, destacados pelo jornalista Milton Atanazio, direto de Brasília. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br www.abracambrasil.org.br/eventos www.abracambrasil.org.br/eventos Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br  N  O  T  Í  C  I  A  S  DESTAQUES CNN O Governo de São Paulo antecipou em 30 dias o cronograma de vacinação contra a Covid-19 no estado. Segundo o governador João Doria (PSDB), aexpectativa agora é aplicar ao menos uma dose em toda a população adulta do estado até 15 de setembro. Pelas redes sociais, o prefeito do Rio, Eduardo Paes (PSD), afirmou ser possível obter o mesmo objetivo no início de setembro, caso se mantenha o ritmo de entrega de imunizantes. Vacinas mais cedoO governador de São Paulo, João Doria, anunciou que até 15 de setembro todos os adultos sem comorbidades residentes do Estado estarão vacinados com ao menos uma dose contra Covid-19. Levantamento da CNN Brasil mostra que, após o início da vacinação em São Paulo, o número de mortes caiu em cinco diferentes faixas etárias. Seguindo a mesma premissa, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, afirmou que “se continuar chegando vacina do jeito que está chegando agora”, toda a população adulta da capital contará com a primeira dose ainda no início de setembro.Copa AméricaCom casos confirmados de Covid-19 em três delegações, a Copa América começou no domingo (13) com dois jogos. O Brasil estreou com vitória de 3 a 0 contra a Venezuela, seleção com mais testes positivos para a doença até agora, 13 casos. Há registros também nas delegações da Bolívia e da Colômbia, que estreou com vitória de 1 a 0 contra o Equador em Cuiabá. Nesta segunda-feira (14), Argentina e Chile estreiam no Rio de Janeiro, enquanto Paraguai e Bolívia estreiam em Goiânia.MotociataNo sábado (12), o presidente Jair Bolsonaro participou de um passeio de motocicletas com apoiadores em São Paulo. No evento, Bolsonaro voltou a prometer a isenção de pedágio para motociclistas no país. O presidente, os ministros Tarcísio de Freitas, Ricardo Salles e Marcos Pontes e seis deputados foram multados em R$ 552,71 pelo governo de São Paulo por serem flagrados sem máscara durante o ato. Um dos parlamentares é Cezinha de Madureira (PSD-SP), presidente da Frente Parlamentar Evangélica que foi escolhido para estar na garupa de Bolsonaro em aceno para 2022, segundo a analista de política da CNN Basília Rodrigues.G7O encontro dos líderes de sete dos países mais poderosos do mundo foi marcado por debates sobre a pandemia e sobre como o bloco vai lidar com a China. O saldo é uma promessa de doação de 1 bilhão de doses de vacinas contra a Covid-19, uma cobrança por mais investigações a respeito do surgimento do novo coronavírus e uma manifestação de “preocupação” com as denúncias sobre violações aos direitos humanos na China. Em seu discurso, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse que “os Estados Unidos estavam de volta” e falou em “união das democracias”.Novo primeiro-ministro de IsraelApós 12 anos, o poder muda de mãos em Israel. Em votação histórica, por 60 votos a 59, o parlamento do país aprovou a coligação que põe fim ao governo de Benjamim Netanyahu, o mais longo da história do país. O sucessor como primeiro-ministro é Naftali Bennett, que liderou uma aliança entre políticos à esquerda e à direita e, pela primeira vez, o partido da minoria árabe. O novo governo deve se concentrar em temas econômicos e sociais – e evitar tratar de grandes questões diplomáticas. Naftali Bennett é um milionário da tecnologia, nacionalista e defensor da anexação da Cisjordânia por Israel. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br DESTAQUES PODER 360   Com 2.278 mortes por milhão de habitantes, Brasil atinge a 8ª posição no ranking mundial País ultrapassou a Eslováquia neste domingo (13.jun.). Foram 1.129 mortes por covid em 24h. País ocupa a 8ª posição no ranking mundial de mortes por milhão de habitantesSérgio Lima/Poder360 – 11.ago.2020 O Ministério da Saúde contabilizou 1.129 mortes por covid-19 em 24 horas neste domingo (13.jun.2021). São 487.401 vítimas no país desde o início da pandemia. Também confirmou mais 37.948 casos da doença, elevando o total para 17.412.766. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Havia pessoas fardadas na reunião da bula da cloroquina, diz Mandetta Em entrevista ao Poder360, ex-ministro falou sobre a CPI, mudanças no DEM e Eleições de 2022 Mandetta era ministro da Saúde quando a pandemia do novo coronavírus chegou ao Brasil. Estava em atrito com o presidente Bolsonaro quando foi retirado da funçãoSérgio Lima/Poder360 – 17.mar.2020 O ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta deu mais detalhes em entrevista ao Poder360 sobre o “aconselhamento paralelo” do Palácio do Planalto para que mudasse a bula da cloroquina, indicando o medicamento como tratamento para covid-19. “Eu estava em uma reunião, me lembro bem até a data, dia 6 de abril, porque era o dia que eu seria exonerado, mas resolveram não me exonerar. Quando terminei, me pediram para subir no quarto andar. Eles já estavam lá e trabalhando nisso. Que médico chega com um decreto presidencial? Médico não tem formação para escrever minuta de decreto presidencial. E nesse papel que estava lá, entre outras coisas, estava que a Anvisa deveria concordar de colocar na bula porque não tem prescrição. Eu perguntei ao senhor Barra Torres  [presidente da Anvisa] se ele estava de acordo e ele foi veementemente contra. O ministro Jorge Oliveira estava ao meu lado, recolheu todos os papéis e disse que estava fora de contexto”, disse. Mandetta disse que essa foi a primeira vez em que viu o presidente da Anvisa tomando uma posição firme em relação às decisões do governo federal. O médico disse também que não conhecia a médica oncologista Nise Yamaguchi, e que pessoas fardadas compareceram àquela reunião. “Não conhecia essa médica… talvez se ela tivesse ido ao meu gabinete para se apresentar. Perguntei o nome dela e qual a formação. Tinha um outro médico do lado que eu nunca o vi antes e nem depois, esse aí nem guardei o nome […] E tinham mais pessoas lá [na reunião]… tinha o ministro Braga Netto, pessoas fardadas também”, afirmou. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br DEM O ex-ministro falou também sobre a saída de nomes do DEM, seu atual partido. De acordo com Mandetta, apesar das fugas da sigla, “está muito satisfeito” com o partido. “Eu lamento muito a saída tanto do Rodrigo Maia [que pediu desfiliação do partido na Justiça Eleitoral]  quanto do Eduardo Paes [que foi para o PSD], mas respeito. Acho que eles devem ter tido os motivos pessoais deles. Muito mais ligados às suas lógicas estaduais, principalmente o Rodrigo, que teve que sair a reboque do Eduardo Paes que hoje é o seu padrinho político. E o Eduardo porque está vendo dentro da eleição estadual o caminho mais ligado a outras candidaturas que não sejam aquelas [da polarização]” Disse, portanto, que não há uma debandada no partido e que as saídas não abalam a identidade da sigla “O DEM já ultrapassou essa questão de ter identidade em função de nomes”. Mandetta falou ao Poder360 que um dos principais nomes da sigla, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), não pensa em sair do partido. “Ele sabe muito bem o trabalho que foi feito por todos os partidos para que ele pudesse presidir uma Casa tão importante como o Senado da República. Isso tem um equilíbrio lá dentro, esse equilíbrio demanda muita responsabilidade e gestão para que ele não se coloque numa posição de desequilibrar as estruturas. Não vejo ele desconfortável dentro do partido, pelo contrário, vejo sempre participando de todas as discussões internas com uma voz ponderada e olhar muito sereno. Mas é uma leitura que às vezes pode acontecer em decorrência de uma possível pré-candidatura a presidente ou ao governo de Minas Gerais, que é de foro íntimo dele”, disse. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br   Bolsonaro publica foto assistindo ao jogo do Brasil no SBT; políticos reagem Oposição afirma que realização do torneio é desrespeito às vítimas da covid-19 O presidente Jair Bolsonaro aponta para o símbolo do SBT durante a transmissão do jogo do Brasil contra a Venezuela.Reprodução/Twitter O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) publicou na noite deste domingo (13.jun.2021) uma foto nas redes sociais assistindo ao jogo do Brasil contra a Venezuela no SBT. A partida terminou 3 a 0 para o Brasil. Faz parte da Copa América, que deixou de ser realizada na Colômbia e Argentina por causa da pandemia. Bolsonaro foi o responsável em trazer o competição para o Brasil. Foi muito criticado, principalmente por jornalistas esportivos da Rede Globo, que não tem o direito de transmissão. O presidente disse que houve “lobby” contrário da Globo porque o SBT, concorrente, transmite os jogos. O caso foi parar no STF (Supremo Tribunal Federal), que decidiu pela manutenção da Copa América no Brasil. Em provocação, Bolsonaro publicou uma foto nas redes sociais com a camisa do Brusque, time de Santa Catarina, patrocinado pela Havan. Aponta para o símbolo do SBT. “Bom domingo a todos.”, escreveu. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) fez propaganda para a emissora. Disse que baixou o aplicativo do SBT para assistir ao jogo de graça. Políticos da oposição criticaram a realização do campeonato. Guilherme Boulos, do PSOL, disse que é a Copa América “mais vergonhosa da história”. “Independente dos resultados do futebol, o Brasil é o grande derrotado”, afirmou. A deputada federal Marília Arraes (PT-PE) disse que, enquanto Bolsonaro comemora, “o povo morre de fome e por falta de vacina”. O deputado federal Ivan Valente (PSol-SP) afirmou que a realização do campeonato é uma “ofensa” aos quase 500 mil mortos pela covid-19. O senador Fernando Collor (Pros-AL) comemora a jogada do Neymar.  No lado governista, o ministro Fábio Faria (Comunicações) posta foto assistindo ao jogo. A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) replica a foto do Bolsonaro: “O pai tá ON!”. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br   Oposição vai acionar MP e TCU contra Bolsonaro por desvio de recursos da covid Governo federal teria desviado R$ 52 milhões de campanhas sobre o combate ao coronavírus para divulgar ações do Executivo Presidente Jair Bolsonaro. Segundo o senador Alessandro Molon, o desvio trata-se de gravíssimo crime de responsabilidadeSérgio Lima/Poder360 05.mai.2021 O deputado Alessandro Molon divulgou neste domingo (13.jun.2021) que partidos da oposição vão acionar o MP (Ministério Público) e o TCU (Tribunal de Contas da União) contra o governo de Jair Bolsonaro por desvio de recursos destinado à publicidade sobre a covid. A declaração foi feita em seu perfil no Twitter. Molon afirmou que se trata de um “gravíssimo crime de responsabilidade”. “Também será acrescentado ao nosso pedido de impeachment contra Bolsonaro”, disse. A informação sobre o desvio foi publicada pelo jornal Folha de S.Paulo no sábado (12.jun). De acordo com a reportagem, o governo Bolsonaro desviou R$ 52 milhões previstos para campanhas com peças informativas sobre o combate ao coronavírus para fazer propaganda institucional de ações do Executivo. O dinheiro veio por meio da MP (medida provisória) 942, de 2020, que abriu crédito extraordinário de R$ 639 milhões para a Presidência da República e os ministérios da Justiça e dos Direitos Humanos. O texto da MP determina que a verba destinada à Secom (Secretaria Especial de Comunicação Social) deveria ser destinada para a “realização de campanhas publicitárias com o objetivo de informar à população e minimizar os impactos decorrentes da proliferação da doença“. Segundo o jornal, foram produzidas peças publicitárias enaltecendo “a liberação de recursos para pagamento de salários em micro e pequenas empresase repasses a estados e municípios”. Também foram veiculadas ações sobre o Bolsa Família, auxílio emergencial, suspensão de pagamento de conta de luz, saques do FGTS (Funda de Garantia por Tempo de Serviço). Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br   COLUNA DO ESTADÃO -DESTAQUE João Doria vê vacina como seu ‘Plano Real’ João Doria acredita que a vacinação dos paulistas e dos brasileiros estará para ele como o Plano Real esteve para FHC na campanha de 1994: tornou o então presidenciável do PSDB conhecido em todo o País. O governador de São Paulo não desistiu do sonho de ocupar o Planalto e planeja usar as prévias tucanas como oportunidade de viajar pelo Brasil, sempre aos finais de semana, levando a mensagem da vacina. O terceiro pilar de sua nova estratégia é cuidar da própria casa, aumentando investimentos em São Paulo e visitando com mais frequência o interior. Nacional. Trocando em miúdos, o entorno de Doria acredita que o empenho dele pela Coronavac será uma plataforma nacional que Geraldo Alckmin, em 2006 e em 2018, e José Serra, em 2010, não tiveram. Nacional 2. Ou seja, “paulistanizar” a campanha presidencial com imagens de metrô e de obras viárias em São Paulo não basta, diz o time de João Doria. Tá on? Antes há o desafio das prévias. Apesar de o Bandeirantes não considerar Tasso Jereissati um nome “pra valer”, o senador pelo Ceará está animado. Tá off? Os analistas mais rodados no mundo político, porém, acham que a Doria tem muita rejeição, o que, neste momento, inviabilizaria sua candidatura. Professor… Otto Alencar (PSD-BA) tem colhido frutos do destaque na CPI da Covid. Aliados já se animam com a projeção que a comissão deu a ele: avaliam que o senador, agora, pode até mesmo se candidatar ao governo da Bahia. …Otto. “Meu objetivo nunca foi ganhar destaque. Minha intenção sempre foi apurar a negligência do governo na pandemia. Não sei ainda se terá influência na eleição do próximo ano, porque a política muda rapidamente, pra melhor ou pra pior”, disse Otto à Coluna. Tamo… O secretário executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo da Cruz, adotou um bordão ao final de cada encontro semanal que tem com todos os laboratórios produtores de vacina. …aqui. “Se tiverem doses sobrando em algum lugar, nos avisem que temos interesse”, costuma dizer ele. SINAIS PARTICULARESRodrigo Cruz, secretário do Ministério da Saúde Rumo… O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), não participou recentemente de um culto evangélico com Bolsonaro em Anápolis (GO). A ausência gerou especulações. …a 2022. O presidente levou a tiracolo o líder do PSL na Câmara, Major Vitor Hugo (GO), citado como um dos nomes para concorrer ao Palácio das Esmeraldas. Business. Marcos Molina, da Marfrig, contratou um advogado em Brasília com bom trânsito em gabinetes do Judiciário. Quer desatar nós e evitar problemas com o governo na compra de 31,7% da BRF, um negócio de mais de R$ 7 bilhões. Boa… Uma nova espécie de “sapinho-pingo-de-ouro” acaba de ser descoberta na Mata Atlântica, no trecho paulista da Serra do Mar. Até recentemente, eram conhecidas apenas cinco espécies do animal. CLICK. O “sapinho-pingo-de-ouro” vive entre altitudes de 700 a 1000 metros acima do nível do mar. A espécie atinge menos de dois centímetros em idade adulta. …notícia. O estudo que encontrou os sapinhos em São Paulo foi liderado por Thais Condez, pesquisadora da Universidade do Estado de Minas Gerais, com a coautoria do biólogo Leo Malagoli, da Fundação Florestal de São Paulo. PRONTO,FALEI! Roberto Freire, presidente nacional do Cidadania“Manifestação inexpressiva. Doze mil pessoas? Protestos que os jovens têm promovido (contra Bolsonaro” são bem mais significativos”, sobre a motociata. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br www.docam.com.br SAIBA MAIS…https://www.instagram.com/p/CNDAhJyjCBs/?igshid=15ibrunwhlkf0 JORNALISMO COM RESPONSABILIDADE/VeículosABRACAM NOTÍCIAS –Revista VOX – A cara e a voz do Legislativo!www.abracambrasil.org.brFOCO NA POLÍTICA –Um panorama da política nacional direto de Brasíliawww.foconapolitica.com.brBRAZILIAN NEWS –O seu site de notícias de Brasília para o Mundowww.braziliannews.com.brPORTAL R10 – O seu portal de notíciaswww.portalr10.com/foco-na-politica-direto-de-brasiliaDireto com o jornalista MILTON ATANAZIOEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. document.getElementById('cloak2077339222f1d695a07985c73ba1ad50').innerHTML = ''; var prefix = 'ma' + 'il' + 'to'; var path = 'hr' + 'ef' + '='; var addy2077339222f1d695a07985c73ba1ad50 = 'milton.atanazio' + '@'; addy2077339222f1d695a07985c73ba1ad50 = addy2077339222f1d695a07985c73ba1ad50 + 'gmail' + '.' + 'com'; var addy_text2077339222f1d695a07985c73ba1ad50 = 'milton.atanazio' + '@' + 'gmail' + '.' + 'com';document.getElementById('cloak2077339222f1d695a07985c73ba1ad50').innerHTML += ''+addy_text2077339222f1d695a07985c73ba1ad50+'';  ewhatsapp 61 9 8191-9906 Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br

14 de junho, segunda-feira - DESTAQUES DO DIA - ABRACAM NOTÍCIAS

 Veja o que você precisa saber para começar o dia bem informado, destacados pelo jornalista Milton Atanazio, direto de Brasília   Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br SAIBA MAIS… www.abracambrasil.org.br/eventos SAIBA MAIS… www.abracambrasil.org.br/eventos  N  O  T  Í  C  I  A  S  Bom dia! O estado de SP quer vacinar com a 1ª dose toda a sua população até setembro. A CPI da Covid volta amanhã, com o depoimento de Marcellus Campelo, secretário de Saúde do AM durante o colapso do oxigênio. Cientistas analisam a pior seca em 91 anos. O Assunto analisa os sonhos roubados da juventude negra. A Justiça decretou a prisão preventiva dos PMs de São Paulo que atiraram em dois homens dentro de um carro. Um dos maiores trombonistas do mundo, o carioca Raul de Souza morreu na França. O Fantástico entrevistou Olivia Rodrigo, maior revelação da música pop em 2021. O arraial de Gil e Juliette. E os gols do Brasileirão. 🎧 ‘Motociata’, chefão de milícia morto, vacinação, G7... informe-se em 4 minutos Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Calendário da vacina O governo de SP antecipou em 30 dias as datas de vacinação de novos grupos. O cronograma começa nesta semana e prevê aplicar a 1ª dose em toda a população adulta do estado até 15 de setembro. Veja como ficou.  Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Suspeita de execução A Justiça Militar decretou a prisão preventiva de dois PMs de São Paulo filmados atirando à queima-roupa dentro de um carro. Dois homens foram mortos. Os policiais dizem que eram assaltantes em fuga. O ouvidor das polícias de SP vê indícios de execução, e a PM abriu uma investigação interna. O episódio ocorreu no dia 9, quarta-feira, mas veio à tona no fim de semana depois que o vídeo passou a circular nas redes sociais. Assista abaixo: Video mostra PMs atirando dentro de carro após suposta perseguição policial - https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/video/video-mostra-pms-atirando-dentro-de-carro-apos-suposta-perseguicao-policial-9599752.ghtml Ecko O Fantástico revelou novos detalhes sobre a morte do miliciano Ecko, criminoso mais procurado do RJ. Ele foi baleado e preso no sábado, quando visitava a mulher, e levou um segundo tiro já dentro da van que o levava ao hospital. O governo do RJ diz que ele tentou tomar a arma de uma policial para fugir.   Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br CPI da Covid A CPI da Covid retoma os trabalhos amanhã com o depoimento de Marcellus Campelo, que era secretário de Saúde do Amazonas quando houve o colapso do oxigênio nos hospitais. No fim de semana, ministros do STF decidiram manter as quebras de sigilo de Eduardo Pazuello, Ernesto Araújo e Mayra Pinheiro aprovadas pela comissão como parte das investigações. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Então... Documentos em posse da CPI e obtidos pela TV Globo mostram que a Pfizer informou à embaixada do Brasil nos EUA que ressarciria o país se atrasasse a entrega de vacinas. Isso foi em agosto de 2020. Veja detalhes. O ex-ministro Pazuello, quando prestou depoimento, disse que demorou para assinar contrato com a empresa (o que só ocorreu em março de 2021) porque não havia previsão de multa em caso de atraso. Lembrando: a CPI investiga por que o governo ignorou tantas ofertas de vacina da Pfizer. Opinião - Octavio Guedes: CPI tira Brasil do cercadinho, e Bolsonaro reage como Pedro de Lara Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br 1 bilhão de doses Líderes do G7 posam para foto oficial durante encontro na Inglaterra — Foto: Patrick Semansky/Pool / AP Photo O G7, grupo dos países mais industrializados do mundo, prometeu doar 1 bilhão de doses de vacinas até o fim de 2022. Não se sabe ainda os países beneficiados. Embora seja um volume expressivo, calcula-se que nações mais pobres precisem de algo entre 5 e 6 bilhões de doses. A vacinação no mundo é desigual, com alguns países bem avançados (EUA, Reino Unido e Israel) e outros que imunizaram pouca gente. No Brasil, 11% da população tomou as duas doses. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Números da pandemia O Brasil passou de 487 mil mortes por Covid, e a média móvel está se aproximando de 2 mil por dia. Este mapa mostra como está a situação em cada estado. Falta de chuva Cinco estados brasileiros, entre eles São Paulo, enfrentam aquela que já é considerada a pior seca em 91 anos. A estiagem fez um comitê do governo federal emitir pela 1ª vez na história um alerta de emergência hídrica. Sem chuva suficiente, aumenta o risco de problemas na geração de energia, e já se fala em racionamento. Mas por que tem chovido menos? Cientistas apontam pelo menos 3 fatores, e um deles é a destruição da Amazônia. Entenda aqui. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Prédio estala na Muzema Moradores abandonam prédios com rachaduras na Zona Oeste do Rio Moradores de dois prédios de cinco andares na Muzema, Zona Oeste do Rio, deixaram às pressas seus apartamentos na madrugada desta segunda-feira após ouvirem estalos e perceberem rachaduras. Outros imóveis na região também foram esvaziados. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Exclusivo Olivia Rodrigo, maior revelação da música pop em 2021, deu uma entrevista exclusiva ao Fantástico. Ela conta como começou a carreira, diz que já tomou vacina e que tem vontade de vir ao Brasil. "Meus fãs brasileiros são apaixonantes". Assista: Olivia Rodrigo dá entrevista exclusiva ao Fantástico e diz: 'Meus fãs brasileiros são incríveis' https://globoplay.globo.com/v/9600285/ O Assunto As mortes de Kathlen Romeu e da criança que ela esperava voltaram a escancarar a realidade de um país em que as balas ditas perdidas miram sobretudo uma cor e uma faixa etária, com taxa de homicídio que a OMS considera epidêmica. A explicação oficial de praxe (dano colateral do confronto entre policiais e criminosos) é recebida com crescente descrédito. Ouça desabafos neste episódio, e as análises de Clélia Prestes, doutora em psicologia social pela USP e integrante do Instituto Amma Psique e Negritude, e Jota Marques, educador e conselheiro tutelar na cidade do Rio de Janeiro. Ouça: Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br/ www.docam.com.br SAIBA MAIS…https://www.instagram.com/p/CNDAhJyjCBs/?igshid=15ibrunwhlkf0 JORNALISMO COM RESPONSABILIDADE/Veículos ABRACAM NOTÍCIAS –Revista VOX – A cara e a voz do Legislativo!www.abracambrasil.org.brFOCO NA POLÍTICA –Um panorama da política nacional direto de Brasíliawww.foconapolitica.com.brBRAZILIAN NEWS –O seu site de notícias de Brasília para o Mundowww.braziliannews.com.brPORTAL R10 – O seu portal de notíciaswww.portalr10.com/foco-na-politica-direto-de-brasiliaDireto com o jornalista MILTON ATANAZIOEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. document.getElementById('cloakbe92dceb2353902f9933eb333ea5d201').innerHTML = ''; var prefix = 'ma' + 'il' + 'to'; var path = 'hr' + 'ef' + '='; var addybe92dceb2353902f9933eb333ea5d201 = 'milton.atanazio' + '@'; addybe92dceb2353902f9933eb333ea5d201 = addybe92dceb2353902f9933eb333ea5d201 + 'gmail' + '.' + 'com'; var addy_textbe92dceb2353902f9933eb333ea5d201 = 'milton.atanazio' + '@' + 'gmail' + '.' + 'com';document.getElementById('cloakbe92dceb2353902f9933eb333ea5d201').innerHTML += ''+addy_textbe92dceb2353902f9933eb333ea5d201+'';  ewhatsapp 61 9 8191-9906 Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br

Embaixada do Kuwait doa 100 mil dólares a Cruz Vermelha – Brasil

Por Fabiana Ceyhan O Embaixador do Estado do Kuaite no Brasil, Nasser Riden Al Motairi declarou que a Sociedade do Crescente Vermelho do Kuaite doou à Cruz Vermelha Brasileira a quantia de 100 mil dólares em apoio aos seus esforços no combate da pandemia de COVID-19 no Brasil. O Embaixador Almotairi comunicou ainda que se encontrou recentemente com o Presidente da Cruz Vermelha Brasileira, Senhor Júlio Cals. Neste encontro foi tratada a possibilidade de assinatura de um acordo de cooperação entre a Sociedade do Crescente Vermelho do Kuaite e a Cruz

11 de junho, sexta-feira – RESUMO DO DIA - ABRACAM NOTÍCIAS

Boa noite. Aqui estão as notícias para você terminar o dia bem-informado, destacados pelo jornalista Milton Atanazio, direto de Brasília.   Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br www.abracambrasil.org.br/eventos www.abracambrasil.org.br/eventos Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br  N  O  T  Í  C  I  A  S    DESTAQUES CNN Pela primeira vez desde o início dos trabalhos, a Comissão Parlamentar de Inquérito da Pandemia ouve hoje dois depoentes: o ex-presidente da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), Claudio Maierovitch, e a pesquisadora Natalia Pasternak, da USP (Universidade de São Paulo).  Dois cientistas na CPIDois cientistas prestarão hoje depoimento na CPI da pandemia. O ex-presidente da Anvisa e da Fiocruz, Claudio Maierovitch e a pesquisadora Natalia Pasternak, da USP. A presença dos especialistas atende a pedidos dos senadores Renan Calheiros (MDB-AL), Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Humberto Costa (PT-PE) e Marcos do Val (Podemos-ES). Nos requerimentos, os parlamentares citam a experiência nacional e internacional dos profissionais, além da trajetória pública e acadêmica de ambos, para justificar a oitiva.STF autoriza Copa AméricaO STF (Supremo Tribunal Federal) autorizou, na quinta-feira, a realização da Copa América no Brasil. Todos os onze ministros votaram a favor da manutenção da competição: Marco Aurélio, Cármen Lúcia, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Rosa Weber, Luiz Fux, Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso e Nunes Marques. Edson Fachin concordou, mas impôs protocolos sanitários para o evento. Com a decisão, o início da competição fica mantido para domingo (13), com quatro cidades-sede confirmadas: Brasília, Rio de Janeiro, Cuiabá e Goiânia.Uso de máscarasO presidente Jair Bolsonaro afirmou que discutiu com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, o fim da obrigatoriedade do uso de máscaras para quem já foi vacinado contra a Covid-19 e também para quem já a contraiu. Na avaliação de Bolsonaro, a proteção deve ser obrigatória apenas para quem esteja infectado. Há dois dias, Queiroga foi à CPI da Pandemia e defendeu uso de máscara contra Covid-19. Segundo a OMS, a dispensa desses cuidados pode acontecer apenas quando não há mais transmissão comunitária da doença e não depende apenas da vacinação.40 milhões de dosesDocumentos sigilosos entregues à CPI da Pandemia indicam que o governo federal desistiu de comprar mais de 40 milhões de doses de vacinas ao negociar com o consórcio Covax Facility. Representante do Brasil junto à OMS em Genebra, a diplomata Maria Azevêdo enviou no dia 7 de junho de 2020 o primeiro alerta a Brasília. Ela recomendava que o governo agisse, para ter “condições melhores de negociação com múltiplas empresas”. Na época, os países que aderissem ao consórcio assegurariam imunizantes suficientes para, no mínimo, 10% da própria população, podendo chegar a 50%.Gás mais caroO “carro do gás passando na sua rua” está anunciando preços mais salgados nos últimos meses, como você já deve ter reparado. Já não é raro encontrar botijões de 13 kg vendidos a mais de R$ 100 – na região Norte, por exemplo, o preço chega a R$ 113. Em maio, o preço do gás de cozinha subiu 1,24%, em média, em todo o Brasil, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Já o gás encanado teve aumento de 4,58%. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br DESTAQUES PODER 360   Maiores bancos digitais têm 82 milhões de contas em 2021   Levantamento feito pelo Poder360; Nubank tem quase metade do total; Mercado dobra clientela em 2 anos. Cartões do banco digital NubankReprodução / Instagram / Nubank Os maiores bancos digitais do Brasil têm 82 milhões de contas, segundo levantamento feito pelo Poder360 com as instituições financeiras. Foram contatadas 7 empresas: Nubank, Banco Inter, Banco Original, C6 Bank, Agibank, Neon e Next. O Nubank soma quase metade do total: 40 milhões de contas. O Neon não divulgou os dados dos anos anteriores. Desconsiderando este banco, as contas passaram de 42,6 milhões de 2020 para 71 milhões nos dados atuais. Atualmente, o Neon tem 11 milhões de contas. O crescimento é acelerado nas principais empresas. Considerando as 6 que divulgaram os dados dos anos passados, havia 14,8 milhões de contas em 2019. O número subiu 299% até agora. Só Banco Original e Agibank não dobraram de tamanho. Ainda assim, tiveram alta de 56,7% e 38,10% no período, respectivamente. Especialistas no mercado ainda veem espaço promissor para crescimento. O bilionário Warren Buffett anunciou na 3ª feira (8.jun.2021) a compra de uma participação de US$ 500 milhões do Nubank, agora com operações também no México e na Colômbia. A empresa mais do que dobrou o número de contas em 2021. Passou de 19,8 milhões em dezembro de 2020 para 40 milhões em junho. Fundada em 2013, a empresa já recebeu mais de US$ 1,2 bilhão de investimentos nos últimos 7 anos. Também já foi considerado, por 3 anos consecutivos, o melhor banco do país pela revista Forbes. O Banco Inter também é visto com uma instituição financeira em expansão. Tem 11,4 milhões de clientes. Está listado na B3, a Bolsa de Valores de São Paulo, diferentemente do Nubank. As ações do Inter (BIDI4) subiram 100% desde o início do ano. O C6 Bank entrou em operação em agosto de 2019 e ganhou 1 milhão de clientes em apenas 4 meses. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br   Aras dá parecer favorável à convocação de governadores pela CPI da covid Para Aras, as CPIs têm legitimidade para convocar governadores quando necessários maiores esclarecimentos sobre utilização de recursos federais O procurador-geral da República, Augusto Aras, no SupremoSérgio Lima/Poder360 – 28.nov.2019 O procurador-geral da República, Augusto Aras, se manifestou nesta 5ª feira (10.jun.2021) a favor da convocação de governadores pela CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da covid no Senado. O parecer foi enviado ao STF (Supremo Tribunal Federal) na ação em que 18 governadores pedem que a Corte proíba o depoimento compulsório de chefes do Executivo estadual. Segundo Aras, as CPIs têm legitimidade para convocar governadores quando necessários maiores esclarecimentos a respeito da utilização de recursos federais repassados aos Estados. Eis a íntegra da manifestação “Ao utilizar, guardar, gerenciar ou administrar recursos da União, os gestores estaduais e municipais não atuam na respectiva esfera própria de autonomia dos entes federativos”, afirma Aras. O PGR também contrariou o argumento dos autores de que as convocações violam a separação entre os Poderes e o pacto federativo, que estabelece a autonomia de Estados e municípios. “A violação ao pacto federativo ocorreria se a União pretendesse fiscalizar a aplicação dos recursos que a Constituição Federal reserva aos entes subnacionais”, diz. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br   O PEDIDO No pedido encaminhado ao Supremo, os governadores afirmam que as convocações são abusivas. “O pacto federativo impõe limites aos poderes das CPIs instauradas no âmbito do Congresso Nacional. Via de regra, as autoridades e gestores estaduais e municipais somente podem ser investigadas por CPIs promovidas pelo legislativo correspondente”, diz a ação. Assinam a ADPF (arguição de descumprimento de preceito fundamental) os governadores Renan Filho (Alagoas), Wilson Lima (Amazonas), Waldez Góes (Amapá), Rui Costa (Bahia), Ibaneis Rocha (DF), Renato Casagrande (Espírito Santo), Ronaldo Caiado (Goiás), Flávio Dino (Maranhão), Helder Barbalho (Pará), Paulo Câmara (Pernambuco), Wellington Dias (Piauí), Cláudio Castro (Rio de Janeiro), Eduardo Leite (Rio Grande do Sul), Marcos Rocha (Rondônia), Carlos Moisés (Santa Catarina), João Doria (São Paulo), Belivaldo Chagas (Sergipe) e Mauro Carlesse (Tocantins). Os autores também dizem que a Constituição Federal exclui a possibilidade de convocação, por parte do Congresso Nacional ou de suas comissões, de chefes do Executivo estadual. “Os poderes são independentes e harmônicos entre si, não havendo qualquer tipo de subordinação. Tal lógica também se estende aos membros do Poder Judiciário, que não podem ser convocados para depor em CPI sobre a sua atividade judicante”, prossegue o texto. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br   ROSA WEBER A relatora do pedido no STF é a ministra Rosa Weber. Na 4ª, ela apreciou o caso de um dos signatários da ADPF: o governador do Amazonas, Wilson Lima. O político, que iria depor hoje na CPI, solicitou o não comparecimento ao Senado. Argumentou que é investigado por desvios na saúde e que tinha o direito de não se autoincriminar. Weber aderiu aos argumentos. Decidiu que o governador poderia deixar de comparecer à Comissão e, caso fosse, poderia ficar em silêncio. “Esta Suprema Corte adotou entendimento no sentido de que os investigados e os réus não são obrigados a comparecerem para o ato de interrogatório, seja policial, seja judicial”, pontuou a ministra. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br   COLUNA DO ESTADÃO -DESTAQUE Maranhão perto de imunizar a Grande São Luís   Foto: Victoria Jones/AFP Os municípios da chamada Grande Ilha (São Luís, Paço do Lumiar, São José de Ribamar e Raposa), no Maranhão, começam a vacinação nesta sexta-feira, 11, dos adultos maiores de 29 anos. Com a confirmação de caso da cepa indiana no Estado, o governo de Flávio Dino (PCdoB) acabou recebendo “doses extras”, digamos assim, de vacinas do Plano Nacional de Imunização. Logo, para o desgosto de Jair Bolsonaro, que tem em Dino um adversário, a área metropolitana de São Luís poderá ser a primeira do País a ter toda a população adulta vacinada. Logo… Se tudo der certo, a expectativa é de que a imunização dos cerca de 700 mil cidadãos “vacináveis” dos quatro municípios ocorra até agosto. …ali. “Com uma gestão diária dos estoques disponíveis, vamos seguir avançando na vacinação para evitar colapso hospitalar e salvar vidas”, disse Dino à Coluna. Quantos já foram? Com média de 15 mil doses por dia, São Luís, administrada por Eduardo Braide (Podemos), vacinou mais de 515 mil, e os demais três municípios, cerca de 93 mil. Primeiríssimo. Segundo o secretário da Saúde do Maranhão, Carlos Lula, a cidade de Alcântara, onde há grande população quilombola, deve ser a primeira a completar a imunização. O município tem cerca de 22 mil habitantes. Pode isso… O ministro do TCU Walton Alencar Rodrigues, relator das contas de 2020 da Presidência, integrou a comitiva do governo na missão oficial aos EUA para tratar de 5G. Fábio Faria (Comunicações) e Flávio Bolsonaro também estavam na delegação. …Arnaldo? Rodrigues pediu recentemente ao Planalto e à Economia cópias de todos os documentos do “orçamento secreto”. Eu, não. Questionado por jornalistas na capital americana, Fábio Faria negou que tenha aproveitado para ser imunizado: “Não vim para tomar vacina”. Só pensa… Davi Alcolumbre (DEM-AP) passou a considerar assumir a liderança do governo no Congresso, a convite de Jair Bolsonaro. Até bem pouco, o senador não estava demonstrando muito interesse em assumir o cargo. …naquilo. Aliados de Alcolumbre dizem que ele está focado na eleição para o governo do Amapá, em 2022, e que esse seria o motivo de o senador relutar em aceitar o convite. Será? Nos corredores do Planalto e do Senado, são citadas duas possibilidades para uma saída honrosa para Fernando Bezerra (MDB-PE), atual líder do governo e indiciado pela PF: a vaga do Senado no TCU, em que há uma disputa entre MDB e DEM, e PSD na Casa, e até mesmo uma embaixada. CLICK. O ministro Marcelo Queiroga (à esq.) e a deputada Carla Zambelli (PSL-SP) em voo para São Paulo, onde inauguram leitos de UTI no Hospital de Guarapiranga. Na veia. O Ministério da Justiça e Segurança Pública deve liberar já na próxima semana mais de R$ 700 milhões do Fundo Nacional de Segurança Pública para Estados e o DF. Hoje, aliás, o Susp completa três anos. SINAIS PARTICULARES.Eduardo Cunha, ex-presidente da Câmara Kleber Sales No aquecimento. Eduardo Cunha quer voltar para a Câmara dos Deputados de qualquer jeito. Se não puder se candidatar em 2022, deve fazer campanha para eleger a sua filha Danielle. PRONTO, FALEI! Foto: Valéria Gonçalves/Estadão Paulo Hartung, ex-governador do Espírito Santo: “O crescimento do PIB é, indiscutivelmente, ótima notícia, mas o descontrole da inflação deve ser um ponto de atenção relevante, pois pode atrapalhar.” Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br www.docam.com.br SAIBA MAIS…https://www.instagram.com/p/CNDAhJyjCBs/?igshid=15ibrunwhlkf0 JORNALISMO COM RESPONSABILIDADE/VeículosABRACAM NOTÍCIAS –Revista VOX – A cara e a voz do Legislativo!www.abracambrasil.org.brFOCO NA POLÍTICA –Um panorama da política nacional direto de Brasíliawww.foconapolitica.com.brBRAZILIAN NEWS –O seu site de notícias de Brasília para o Mundowww.braziliannews.com.brPORTAL R10 – O seu portal de notíciaswww.portalr10.com/foco-na-politica-direto-de-brasiliaDireto com o jornalista MILTON ATANAZIOEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. document.getElementById('cloak4a7df40282a623c0fb99882a68b0a676').innerHTML = ''; var prefix = 'ma' + 'il' + 'to'; var path = 'hr' + 'ef' + '='; var addy4a7df40282a623c0fb99882a68b0a676 = 'milton.atanazio' + '@'; addy4a7df40282a623c0fb99882a68b0a676 = addy4a7df40282a623c0fb99882a68b0a676 + 'gmail' + '.' + 'com'; var addy_text4a7df40282a623c0fb99882a68b0a676 = 'milton.atanazio' + '@' + 'gmail' + '.' + 'com';document.getElementById('cloak4a7df40282a623c0fb99882a68b0a676').innerHTML += ''+addy_text4a7df40282a623c0fb99882a68b0a676+'';  ewhatsapp 61 9 8191-9906 Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br

11 de junho, sexta-feira – DESTAQUES DO DIA - ABRACAM NOTÍCIAS

 Veja o que você precisa saber para começar o dia bem informado, destacados pelo jornalista Milton Atanazio, direto de Brasília.   Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br SAIBA MAIS…  www.abracambrasil.org.br/eventos SAIBA MAIS…  www.abracambrasil.org.br/eventos  N  O  T  Í  C  I  A  S  Bom dia. Marcelo Queiroga fala após Bolsonaro pedir estudo para desobrigar o uso de máscaras. CPI da Covid recebe a microbiologista Natália Pasternak e o sanitarista Cláudio Maierovitch, ex-presidente da Anvisa. O Brasil ultrapassa 480 mil mortes por Covid. Pfizer entrega à CPI documento que mostra tentativa de contato com a embaixada brasileira em Washington em agosto do ano passado. STF rejeita ações contra Copa América e permite realização do torneio. Reorganização do mundo pós-pandemia é tema do G7. Família de Kathlen presta depoimento. As lives da véspera de Dia dos Namorados. Entenda o pagamento de direitos autorais. Fatos e pessoas mostram aflições dos jornalistas na pandemia. Queiroga em SP O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, faz nesta sexta-feira (11) um pronunciamento à imprensa em São Paulo, um dia após o presidente Jair Bolsonaro declarar que pediu a ele um “parecer” para desobrigar o uso de máscaras por quem estiver vacinado contra a Covid ou por quem já tiver contraído a doença. Especialistas ouvidos pelo G1 consideram a medida uma “temeridade”. Na noite desta quinta, em vídeo gravado pela assessoria do Ministério da Saúde, Queiroga confirmou: “Recebi do presidente solicitação para fazer um estudo acerca do uso das máscaras”. Segundo Queiroga, Bolsonaro “acompanha o cenário internacional” e “vê que em outros países onde a campanha de vacinação já avançou, as pessoas já estão flexibilizando” o uso das máscaras. “Então, vamos atender essa demanda do presidente, que está sempre preocupado com pesquisas em relação à Covid.” O ministro, no entanto, vem defendendo o uso da proteção e reiterou a recomendação em depoimento à CPI da Covid, no início de maio. Bolsonaro colocou Queiroga em ‘saia justa’ e quer forçar sua demissão, diz Otto Alencar Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br CPI da Covid Natalia Pasternak e Cláudio Maierovitch — Foto: Divulgação e Marcello Casal Jr/Agência Brasil Ainda nesta sexta, a microbiologista Natalia Pasternak e o médico sanitarista Cláudio Maierovitch, ex-presidente da Anvisa, serão ouvidos na CPI da Covid. Os especialistas, defensores das medidas restritivas e do uso de máscaras como forma de prevenção do coronavírus, foram convidados pela comissão para discutir aspectos técnicos da pandemia. 🎧 Papo de Política: a ‘bolsonarização’ das instituições Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Números da Covid O Brasil chegou à marca de 482.135 mortes, com registro 2.344 óbitos em 24 horas. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias chegou a 1.764. É o 23º dia seguido de estabilidade na comparação com duas semanas atrás. Isso significa que o ritmo atual das mortes por Covid tem se assemelhado mais a um platô do que a uma queda ou a um aumento na curva, e isso em patamar bastante elevado. E a vacinação? 11,11% da população do Brasil tomou as duas doses de vacinas contra a Covid desde o começo das aplicações, em janeiro. No total, somando a primeira e a segunda doses, 76.311.926 doses da vacina foram aplicadas em todo o país. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Pfizer ignorada Pfizer procurou embaixada do Brasil nos EUA para ter resposta sobre oferta de vacinas Em 27 de agosto do ano passado, a Pfizer procurou a embaixada brasileira em Washington para pedir ajuda junto ao governo brasileiro para obter uma resposta sobre a compra dos imunizantes pelo Brasil. A informação foi repassada pela embaixada ao Itamaraty, que recebeu a informação no dia seguinte. O documento sigiloso foi obtido pela TV Globo. As recusas do governo federal em responder a Pfizer são alvo da CPI da Covid. A cúpula da comissão entende que o Brasil teria vacinado uma parcela maior da população se tivesse fechado o contrato com a empresa ainda em 2020. Vacinação em São Paulo A cidade de São Paulo inicia nesta sexta a vacinação contra a Covid-19 de profissionais da educação com idade entre 18 e 44 anos. A estimativa da Prefeitura de São Paulo é que 83.359 pessoas deste grupo sejam imunizadas. Estão elegíveis professores de todos os ciclos da educação básica e temporários da educação estadual, municipal, privada ou federal. Também estão incluídos nesta fase auxiliares de serviços gerais, de limpeza, mediadores, merendeiras, monitores, cuidadores, diretores e vice-diretores, assim como secretários e coordenadores. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Estalo e demolição Moradores deixam prédio no Rio às pressas após ouvirem ‘estalos’; Imóvel vai ser demolido hoje Após vistoria da Defesa Civil do Rio em prédio na comunidade de Rio das Pedras onde moradores relataram estalos, técnicos constataram que dois andares terão que ser demolidos. Os 3º e 4º andares estão sobrecarregando os pavimentos inferiores e podem desabar. A demolição será realizada nesta manhã. O prédio de quatro andares fica na Rua Estrela Dalva, nº 185. Após a demolição de dois andares, o prédio passará por nova vistoria. Os agentes da Defesa Civil também interditaram, de forma preventiva, outro prédio de quatro pavimentos que fica ao lado (número 195). Não foram constatados danos à estrutura, mas o imóvel só será liberado após a conclusão da demolição do prédio vizinho. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br G7 A reorganização de um mundo abalado pela pandemia será a pauta determinante do encontro do G7 deste ano, que começa nesta sexta e vai até domingo em Carbis Bay, no Reino Unido. Na véspera do início oficial da cúpula, o governo britânico anunciou que os membros do G7 vão distribuir 1 bilhão de doses de vacinas a países pobres, com o objetivo de acabar com a pandemia até 2022. O evento também é cercado pela expectativa da estreia de Joe Biden como presidente dos Estados Unidos. Nesta quarta, ele já declarou “que os EUA estão de volta”. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Copa América O Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou duas ações que pediam a suspensão da Copa América no Brasil. Com isso, ficou confirmada a realização do evento a partir do próximo domingo (13) em quatro sedes (Rio de Janeiro, Goiás, Mato Grosso e Distrito Federal). Marcas fora do torneio Embora a realização da Copa América tenha sido liberada pelo STF, o torneio acumula desgastes. Algumas empresas desistiram de expor suas marcas no evento, apesar de não terem retirado o patrocínio. Com a crise sanitária no Brasil e o afastamento de Rogério Caboclo da CBF após denúncias de assédio sexual, a companhia inglesa Diageo (dona da Johnnie Walker e Smirnoff), a Mastercard e a Ambev recuaram do evento. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Família de Kathlen presta depoimento VÍDEO: ‘As vidas só importam na Zona Sul’, diz mãe da grávida morta no Rio A Polícia Civil deve ouvir nesta sexta a avó, os pais e o namorado de Kathlen Romeu, que morreu baleada em uma ação da PM no Complexo de Lins, no Rio. A designer de interiores, que tinha 24 anos e estava grávida, foi atingida no tórax por um tiro de fuzil. O Ministério Público do Rio informou, nesta quinta, que vai investigar o caso de forma independente. Já a comissão de Direitos Humanos da OAB-RJ afirma que Kathlen foi morta em uma ação ilegal PM. Dos 12 policiais militares envolvidos na ação, nove já prestaram depoimento à polícia. O que se sabe sobre a morte de Kathlen Romeu Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br — Foto: LUCIANO BELFORD/AGÊNCIA O DIA/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO ‘Parece coisa de filme’ Empresários se assustam ao encontrar sucuri gigante em rio de MS Imagine realizar um mergulho nas águas cristalinas de Bonito (MS) e se deparar com uma sucuri gigante? O encontro com esses animais fascinantes não é incomum no estado, mas não deixa de ser assustador. Foi o que aconteceu com dois empresários que estavam às margens do rio Formoso (assista acima). O flagra, segundo Daniel Alexandre Rodrigues, que se deparou com o animal de 7 metros de comprimento, “parece coisa de filme – ‘A Anaconda'”. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Sextou! 🍷🍻 Sexta-feira é dia de curtir lives, seja solteiro ou a dois nesta véspera de Dia dos Namorados. Uma opção é o Arraiá dos Namorados com Tierry e convidados, mas também vai ter transmissões de Zé Vaqueiro, Anelis Assumpção, Curumin e Izzy Gordon. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Luana Araújo responde: reações da Astrazeneca Luana Araújo reação a vacinas — Foto: Arte/G1 Você sabe por que a vacina da Astrazeneca pode causar mais reação local? Essa e outras dúvidas são respondidas pela médica Luana Araújo, destaque na CPI da Covid na semana passada.Segundo a infectologista, o fato de a vacina ser produzida com um vírus ativo causa uma resposta imunológica mais forte no organismo. Vale lembrar que, mesmo ativo, o vírus na vacina não é capaz de causar a doença. Entenda. E ainda: as reações mais comuns da vacina da AstraZeneca Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br O Assunto Peru: a incerteza pós-eleitoral. A ofensiva de Keiko Fujimori para contestar a virtual vitória de Pedro Castillo na disputa presidencial abre novo capítulo na turbulência política do país, que teve 5 governantes nos últimos 5 anos. Um gesto desesperado. Ouça a análise. Direitos autorais A cada R$ 1 faturado por uma música em um serviço de streaming, menos de R$ 0,10 vão para os compositores. Sem shows, bares, restaurantes, eventos, festas de fim de ano e carnaval, a arrecadação de direitos autorais caiu 15% no primeiro semestre deste ano. O Ecad, órgão responsável pela arrecadação e distribuição desses direitos no Brasil, tenta aumentar o valor pago pelas plataformas neste momento crítico. Entenda. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Fatos e Pessoas Globo lança campanha que mostra o dia a dia de jornalistas longe dos olhos do público A Globo lançou nesta quinta a campanha “Fatos e Pessoas”, que apresenta o dia a dia de jornalistas quando eles estão longe dos olhos do público que acompanha a Globo, o G1, a CBN e os jornais “O Globo”, “Extra” e “Valor Econômico”. Exibidos nos intervalos, os filmes mostram mensagens de áudio de profissionais do Grupo Globo trocadas com as suas famílias durante a pandemia. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Leifert no Faustão Tiago Leifert vai apresentar o ‘Domingão do Faustão’ neste domingo (13) — Foto: TV Globo Neste domingo, quem vai comandar o “Domingão do Faustão” é o apresentador Tiago Leifert. Fausto Silva está afastado para se recuperar de uma infecção urinária. A “Super Dança dos Famosos” segue no programa, que contará com as apresentações de Robson Caetano, Sophia Abrahão e Dandara Mariana nos ritmos forró e rock.Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br/   www.docam.com.br SAIBA MAIS…https://www.instagram.com/p/CNDAhJyjCBs/?igshid=15ibrunwhlkf0   JORNALISMO COM RESPONSABILIDADE/VeículosABRACAM NOTÍCIAS –Revista VOX – A cara e a voz do Legislativo!www.abracambrasil.org.brFOCO NA POLÍTICA –Um panorama da política nacional direto de Brasíliawww.foconapolitica.com.brBRAZILIAN NEWS –O seu site de notícias de Brasília para o Mundowww.braziliannews.com.brPORTAL R10 – O seu portal de notíciaswww.portalr10.com/foco-na-politica-direto-de-brasiliaDireto com o jornalista MILTON ATANAZIOEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. document.getElementById('cloak749d04f147f54c160b98b6044c9f3340').innerHTML = ''; var prefix = 'ma' + 'il' + 'to'; var path = 'hr' + 'ef' + '='; var addy749d04f147f54c160b98b6044c9f3340 = 'milton.atanazio' + '@'; addy749d04f147f54c160b98b6044c9f3340 = addy749d04f147f54c160b98b6044c9f3340 + 'gmail' + '.' + 'com'; var addy_text749d04f147f54c160b98b6044c9f3340 = 'milton.atanazio' + '@' + 'gmail' + '.' + 'com';document.getElementById('cloak749d04f147f54c160b98b6044c9f3340').innerHTML += ''+addy_text749d04f147f54c160b98b6044c9f3340+'';  ewhatsapp 61 9 8191-9906 Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br

10 de junho, quinta-feira – RESUMO DO DIA - ABRACAM NOTÍCIAS

  Boa noite. Aqui estão as notícias para você terminar o dia bem-informado, destacados pelo jornalista Milton Atanazio, direto de Brasília. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br www.abracambrasil.org.br/eventos www.abracambrasil.org.br/eventos Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br  N  O  T  Í  C  I  A  S    DESTAQUES CNN CPI da PandemiaO governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), tem depoimento marcado para hoje na CPI da Pandemia. Lima, no entanto, possui o direito de não comparecer ou ficar em silêncio após habeas corpus concedido pela ministra Rosa Weber, do STF. A oitiva do gestor estadual estava prevista para o dia 29 de junho, mas o depoimento foi antecipado após a Polícia Federal deflagrar a Operação Sangria, que investiga supostos desvios de recursos da Saúde, na última semana.    Nova versãoUm relatório parcial das ações do Ministério da Saúde na crise do oxigênio em Manaus, encaminhado no dia 17 de janeiro deste ano pelo ex-ministro da saúde Eduardo Pazuello à PGR, coloca em xeque a versão dada pelo próprio Pazuello à CPI da Pandemia. A contradição é sobre a data em que o ex-ministro soube da crise do oxigênio no Amazonas no início do ano. O documento a que a CNN teve acesso tem o timbre do gabinete do ministro no Ministério da Saúde e é intitulado “ações emergenciais decorrentes do agravamento dos casos de covid-19 no estado do Amazonas”.   AM ignorou alertasO governo do Amazonas ignorou dois alertas para que fosse alterado o contrato com a fornecedora de oxigênio White Martins de modo a assegurar a oferta adequada diante do aumento da demanda na pandemia. É o que mostra o relatório do Departamento Nacional de Auditoria do SUS ao qual a CNN teve acesso. O primeiro alerta veio da própria empresa por meio de uma carta encaminhada à Secretaria de Saúde do Amazonas no dia 16 de julho de 2020. Nela, a White Martins pede que o contrato assinado em 2016 seja alterado para ampliar em 25% a oferta de oxigênio.   Copa AméricaO Brasil vai receber pouco mais de 1200 estrangeiros para organizar, disputar e cobrir a Copa América a partir dessa semana. A conta leva em consideração as delegações dos nove países que vão disputar as partidas e também jornalistas de outros continentes. Serão cerca de 900 jornalistas para a cobertura oficial do evento, dos quais 300 são brasileiros. Além dos 600 repórteres, cinegrafistas e apresentadores de fora do país, cerca de 70 árbitros e auxiliares técnicos virão do exterior.    Golpes e pirâmidesDurante a última alta do bitcoin, em 2019, o Brasil virou um celeiro de golpes com criptomoedas, que ainda reverberam até hoje. Empresas de criptos viraram destaque em meio a acusações de fraude, investigações e bilhões de reais em perdas de supostas vítimas. Parte do sucesso das pirâmides financeiras tem a ver com a maneira com que o golpe se distribui, normalmente entre pessoas do círculo de confiança das primeiras pessoas que entram no esquema, e logo são responsáveis por espalhar a rede na busca por lucros na forma de comissões.   “Se o voto impresso voltar, a vida vai ficar bem pior” O presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luís Roberto Barroso, foi convidado a discutir o processo eleitoral na Câmara dos Deputados. Em sua fala, ele comentou o projeto do voto impresso e afirmou que essa decisão pode significar um retrocesso no sistema eleitoral brasileiro, além de impactar os cofres públicos. DESTAQUES PODER 360   Eduardo Cunha lança livro em Brasília sobre impeachment de Dilma Cunha realizou uma noite de autógrafosSérgio Lima/Poder360 O ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha lançou nesta 4ª feira (9.jun.2021) em Brasília o livro “Tchau, querida: o diário do impeachment” publicado pela editora Matrix.  O evento foi realizado no espaço Pátio Galeria de Arte, no shopping Pátio Brasil, área central da capital. Segundo a livraria Leitura, 70 exemplares foram vendidos no local durante uma hora e meia. Além de Cunha, a publicitária, filha dele e coautora do livro, Danielle Cunha, também estava presente. Ambos dedicaram mais minutos que os escritores habitualmente dispensam nas dedicatórias.  Nenhum nome forte do meio jurídico ou político compareceu no lançamento. Entretanto, uma fila grande de pessoas se formou, entre conhecidos e curiosos atraídos pela presença do politico que comandou o impeachment da ex-presidente Dilma Roussef. O lançamento em Brasília já é com exemplares da 2ª edição. A obra já está indo para a 3ª, de acordo com Cunha. Cada edição tem 10.000 exemplares. SOBRE O LIVRO A obra apresenta, sob o ponto de vista do autor, histórias sobre os bastidores e as ações que desencadearam o impeachment de Dilma, em 2016. Eis a sinopse: Quando detalhes de uma conversa telefônica grampeada entre Lula e Dilma vieram a público em março de 2016, a frase de despedida de Lula não só virou meme como trouxe um vaticínio: “Tchau, querida”. Semanas depois, em 17 de abril ela iria se tornar realidade e marcar a história política brasileira. Nessa data, 367 deputados votaram a favor da abertura do processo de impeachment de Dilma Rousseff. Festa para a maior parte da população, que se mobilizara aos milhões nas ruas pela saída da então presidente. No centro da votação, um nome teve papel decisivo: o do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha, que conhece como poucos as engrenagens da casa, seu regimento e interpreta muito bem os movimentos da política. Nesta obra, ele relata os bastidores dessa história, as pressões e os interesses para se abrir ou não o processo de afastamento de Dilma, e o cabo de guerra envolvendo duas outras figuras emblemáticas do cenário político: Lula e Michel Temer, um querendo manter o PT no poder, o outro querendo seu lugar. A corda desse cabo de guerra logicamente era o próprio Cunha. E as conversas com o ex-presidente e o então vice, narradas por Cunha, são imperdíveis. Reuniões com diversos outros atores políticos são apresentadas em minúcias. Cunha expõe as decisões erradas de Dilma, o fogo amigo de políticos aliados e até as consequências em 2016 do apoio do PT ao impeachment de Fernando Collor em 1992. Aponta ainda a causa mortis do governo Dilma, mostrando como ela, além de se enterrar, acabou também enterrando juntos, naquele momento, Lula e o PT. Ao final, elenca diversas propostas para mudar o sistema político do país. Um livro indispensável para entender as entranhas do poder. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Cármen Lúcia e Marco Aurélio votam para rejeitar ação e manter Copa América Veem ausência de requisitos legais; Em outra ação, Lewandowski concorda Os ministros Cármen Lúcia e Marco Aurélio votaram por manter realização da Copa América no BrasilSérgio Lima/Poder360 – 14.mar.2018 Os ministros Cármen Lúcia e Marco Aurélio Mello, do STF (Supremo Tribunal Federal), votaram nesta 5ª feira (10.jun.2021) para rejeitar a ação do PSB contra a realização da Copa América, prevista para começar neste domingo (13.jun), no Brasil. O processo está sendo discutido no plenário virtual. A sessão é extraordinária, com duração de apenas 24 horas. Normalmente, o prazo nesta modalidade é de uma semana. O sistema foi aberto à meia-noite e será encerrado às 23h59 desta 5ª feira (10.jun). O julgamento pode ser suspenso caso algum ministro peça vista (mais tempo de análise) ou destaque, que manda o processo para o plenário físico. Em seu voto, Cármen Lúcia, afirmou que rejeita o pedido por carência de requisitos legais para processamento no STF. Disse, porém, que isso não impede os governos de serem responsabilizados posteriormente caso ocorra a “comprovação de nexo de causalidade entre os procedimentos administrativos relativos ao torneio e o aumento da incidência do vírus em pessoas e grupos diretamente”. Eis a íntegra do voto . Segundo a ministra, o presidente Jair Bolsonaro não detém competência própria para autorizar ou desautorizar a realização do evento, que é organizado por entidades privadas. O presidente poderia, no máximo, apoiar a iniciativa, mas caberia a governadores e prefeitos decidirem se recebem ou não a competição em seus territórios. “Se nenhum dos gestores estaduais autorizar, por exemplo, a realização de jogos de um campeonato em seu espaço de autonomia, não poderá se sobrepor ordem de qualquer natureza, nem administrativa, caso do Presidente da República, menos ainda de entidade desportiva, que é particular e negocia jogos, condições, regulamentos, etc., em matéria que a Constituição da República exclui até mesmo da competência do Poder Judiciário“, disse Cármen. Em razão da ausência de competência do presidente em decidir sobre o torneio, Cármen afirmou que ficou afastada também a competência do STF em decidir sobre o caso, “sem juízo de apreciação sobre a validade cívica ou sanitária da decisão que vier a ser tomada pelas autoridades competentes“. O decano, Marco Aurélio Mello, acompanhou Carmen e afirmou que a ação do PSB pretendia a substituição do Executivo pelo Judiciário. “Definir-se a realização, ou não, de evento no Brasil não se situa nas atribuições do Supremo“, considerou o ministro.  Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Rosa Weber autoriza governador Wilson Lima a não ir à CPI da Covid É chefe do governo do Amazonas; Tem audiência marcada para 9h; Se for, poderá ficar em silêncio O governador do Amazonas Wilson Lima (PSC)Isac Nóbrega/PR -25.jul.2019 A ministra do STF (Supremo Tribunal Federal) Rosa Weber atendeu a pedido da defesa do governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), e concedeu a ele o direito de não ir à CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid no Senado. O depoimento dele está marcado para 9h desta 5ª feira (10.jun.2021). Weber permitiu que, caso o governador opte por comparecer à comissão, ele permaneça em silêncio se não quiser responder às perguntas. Wilson Lima também poderá ser acompanhado por advogado e não precisará assumir o compromisso de dizer a verdade. Também poderá “ausentar-se da sessão se conveniente ao exercício do seudireito de defesa”. Eis a íntegra da decisão A defesa de Wilson Lima havia alegado no pedido ao Supremo que sua convocação à CPI era inconstitucional. O governador do Amazonas é investigado por desvios de recursos durante a pandemia e fraude na compra de respiradores. Ele foi denunciado ao STJ (Superior Tribunal de Justiça) em abril. Inicialmente, o depoimento de Lima estava marcado para o dia 29. Por causa de uma operação da Polícia Federal que investiga se houve desvios no Amazonas, o depoimento foi antecipado para esta 5ª feira (10.jun). Além do chefe do Executivo amazonense, outros 8 governadores foram chamados para prestar depoimento aos senadores na CPI. São eles: Ibaneis Rocha, do Distrito Federal; Waldez Góes, do Amapá; Helder Barbalho, do Pará; Marcos Rocha, de Rondônia; Antônio Denarium, de Roraima; Carlos Moisés, de Santa Catarina; Mauro Carlesse, de Tocantins; Wellington Dias, do Piauí. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Deputados pressionam para atropelar comissão e votar distritão mais rápido Colegiado especial patina; Reclamação chegou a Lira Câmara quer mudar regras das eleições de 2022, mas há dúvidas se será possívelNelson Jr./Ascom/TSE Há um movimento na Câmara para atropelar a comissão especial da reforma política e votar o projeto direto no plenário. O motivo é a pressa para aprovar mudanças nas regras eleitorais até outubro na Casa e no Senado. Se votadas depois disso, não valem para 2022. O modelo de eleição com mais apoio na Câmara é o distritão, que elege os deputados mais votados independentemente do desempenho dos partidos. No sistema de eleições atual as cadeiras de cada unidade da Federação na Câmara são dividas de acordo com a votação dos partidos. As vagas conquistadas pelas siglas são dividas entre seus filiados mais votados. Os pedidos para acelerar a tramitação do projeto, uma PEC (proposta de emenda à Constituição), já chegaram ao presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL). O Poder360 apurou que o deputado não demonstrou contrariedade, mas que ainda não há certeza se o Regimento Interno da Câmara permitiria a manobra. Em tese, só é possível retirar o projeto da comissão e levar para o plenário quando ela estiver funcionando a ao menos 40 sessões da Casa. Foram apenas 15 até o momento. Lira tem falado com deputados sobre o assunto, e debateu o tema em reunião com líderes de bancada em seu gabinete na 4ª feira (9.jun.2021). Foi demonstrada ao presidente da Câmara insatisfação com a dificuldade da comissão especial em chegar a um acordo. A pressão para mudar as regras eleitorais aumenta à medida em que as tratativas para fechar as candidaturas do ano que vem avançam. Também na 4ª feira, pelo mesmo motivo, a Casa aprovou urgência para a proposta que cria as federações partidárias. Graças a essa aprovação foi possível colocar a proposta na pauta do plenário desta 5ª feira (10.jun.2021) sem tramitação nas comissões. A proposta já foi aprovada pelo Senado. A manutenção das regras atuais ameaça a existência dos partidos pequenos e também é problemática para diretórios locais pouco estruturados de siglas grandes. Pode haver dificuldades pare encontrar candidatos a deputado federal em determinados Estados. Um partido que não conseguir lançar o número máximo de candidatos (150% do número de vagas em cada Estado) terá menos gente fazendo campanha e tende a ter menos votos. Assim, elegerá menos deputados. E receberá menos recursos públicos, já que os fundos Partidário e Eleitoral são divididos entre as siglas de acordo com seus desempenhos nas eleições para deputado federal. Esse problema não existia na eleição nacional passada, quando ainda eram permitidas coligações para eleições proporcionais. O teto de candidatos era por alianças, e as vagas eram divididas de acordo com a votação da coligação. As federações partidárias são como coligações, mas com vínculos mais profundos. Valeriam por ao menos 4 anos em vez de apenas em época das eleições. No caso do distritão, os partidos não têm problemas por lançar poucos candidatos, já que é o desempenho individual de cada postulante que decide se ele é eleito ou não. A relatora do projeto é Renata Abreu (Podemos-SP). Ela ainda não tem certeza do que haverá no texto, mas trabalha com as seguintes hipóteses: Distritão – adoção desse sistema ou de um modelo híbrido em que metade das vagas em cada Estado é preenchida pelo distritão e metade pelo sistema atual (mas descontados os votos de quem for eleito pelo distritão). Essa segunda possibilidade é a mais cotada para o relatório; Mulheres eleitas – 15% das cadeiras de cada Estado em 2022 seriam dedicadas a candidatas. Em 2026 seriam 17% e, a partir de 2030, 20%; Cota feminina – em vez do mínimo de 30% de candidatas ser sobre o total de postulantes, seria sobre o número máximo de candidaturas. Assim, não seria necessário às siglas rejeitar candidatos homens na falta de postulantes mulheres. Cláusula de desempenho – incluir no cálculo os votos para candidatos a senador, não só a deputado. Como mostrou o Poder360, o distritão discutido teria uma cláusula de fidelidade partidária para diminuir o enfraquecimento que esse sistema significaria para as legendas. A ideia é amarrar às siglas até senadores, prefeitos e governadores, que hoje podem mudar livremente de partido. Ocupantes de cargos proporcionais (deputados e vereadores) só podem mudar de legenda em épocas específicas, ou correm risco de perder os respectivos mandatos. Ficaria preso à respectiva legenda quem usasse, na campanha, recursos dos fundos Partidário e Eleitoral ou usasse o tempo de rádio e televisão dedicado à sigla. Ainda que haja apoio para o distritão na Câmara, há dúvidas sobre a possibilidade de uma reforma política ser aprovada a tempo de valer no ano que vem. A mudança ventilada não agrada aos senadores, que também precisam analisar os projetos. A Câmara discute mudanças nas eleições em outras duas frentes além do distritão e das federações partidárias. Uma comissão especial debate outra PEC, que poderá restituir, ao menos parcialmente, as cédulas impressas nas eleições. Há, ainda, um grupo de trabalho que discute mudanças legais, não constitucionais. Por exemplo, regras de campanha ou regulamentação de pesquisas. PECs são os projetos mais difíceis de serem aprovados. Além da tramitação nas comissões, precisam de ao menos 3/5 dos votos nos plenários da Câmara e do Senado em 2 turnos de votação em cada Casa. Não precisam de sanção presidencial. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br CLÁUSULA DE DESEMPENHO Em 2022 deve haver outro problema para os partidos menores: o avanço da cláusula de desempenho. O mecanismo permite que recebam o Fundo Partidário e tenham acesso ao tempo de TV apenas os partidos que, em 2018: tiveram ao menos 1,5% dos votos válidos para deputado federal, distribuídos em pelo menos 9 unidades da Federação, com um mínimo de 1% dos votos válidos em cada uma delas; ou tiverem elegido pelo menos 9 deputados federais distribuídos em pelo menos 9 unidades da Federação. Em 2022, porém, devem ser ao menos 2% dos votos válidos sendo no mínimo 1% em 9 unidades diferentes da Federação ou pelo menos 11 deputados distribuídos em 9 Estados diferentes. Se nada mudar, essa restrição será a seguinte em 2030: ao menos 3% dos votos válidos para deputado federal, sendo pelo menos 2% em 9 Estados diferentes; ou ao menos 15 deputados eleitos distribuídos em pelo menos 9 Estados. Essas recentes mudanças no sistema eleitoral fizeram o número de partidos representados na Câmara recuar do pico de 30, logo depois das eleições de 2018, para 24. Caso não haja alterações nas regras em 2022, a tendência é uma nova redução ser observada. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br COLUNA DO ESTADÃO -DESTAQUE Bancada feminina quer garantir vagas em distritão na reforma política Foto: Câmara dos Deputados Com o “distritão” cada vez mais forte para avançar na reforma política na Câmara dos Deputados, a bancada feminina quer cadeiras reservadas pelo novo sistema. Próxima de Arthur Lira (PP-DF), Celina Leão (PP-DF) está à frente da articulação. Como o “distritão” prevê que apenas os mais votados em Estados ou municípios serão eleitos, as deputadas buscam garantir uma porcentagem das vagas para as mulheres. Apesar de pleitearem 50%, é mais provável que consigam 30%: ou seja, se existirem dez vagas, por exemplo, três serão femininas. Não! “É inadmissível ter ‘distritão’ sem cadeiras efetivas para mulheres. As deputadas querem fazer discussão do tema, mas não abrimos mão de termos crescimento da bancada feminina”, disse Leão à Coluna. Janela. A ideia enfrenta resistência de dirigentes partidários, mas Lira, segundo relatos, entende que, se houver mesmo o “distritão” (no qual não são levados em conta os votos para o partido ou a coligação), será necessário algum ajuste para contemplar deputadas. Eita! “Se depender dos grandes partidos, aceitaríamos 10% de cadeiras. Hoje, já temos cerca de 15%, seria um retrocesso baixar esse porcentual. Não vamos aceitar”, afirmou Perpétua Almeida (PCdoB-AC) Siga… No Tribunal de Contas da União, mais do que a convocação do servidor Alexandre Figueiredo Costa Silva na CPI da Covid, é esperada a quebra de sigilos dele. O requerimento com a solicitação deve ser analisado hoje, 10. …o zap. A quebra do sigilo telefônico e telemático de Silva pode apontar possíveis elos dele com o Planalto e esclarecer como o suposto documento chegou às mãos do presidente. Help! Em ofício à CPI da Covid, Markinhos Show pediu que seu sigilo não fosse quebrado e disse: “A agressiva e invasiva quebra de sigilo sem que antes a CPI tenha me ouvido e sem motivos específicos (não genéricos) configura excessiva medida”. Pode reparar. Num dia de péssimas notícias sobre a alta da inflação, Bolsonaro falou de fraude em eleição, atacou a China, etc. Haja cortina de fumaça… Fechou. Augusto Aras foi informado de que o escolhido por Jair Bolsonaro para o STF é o “terrível” André Mendonça (AGU). Inferno… Depois de ter levado suspensão de seis meses, o deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) terá outro caso analisado já na próxima semana no Conselho de Ética: gravou reunião fechada do PSL em 2019. …astral. O relator Alexandre Leite (DEM-SP) apresentou ontem seu parecer. “Deputados que foram eleitos com uma visão deturpada do Parlamento precisam entender que as suas condutas podem ter consequências. É o que temos visto nesta Legislatura”, disse. CLICK. Indígenas protestaram em frente ao Congresso contra o projeto de lei que ameaça a demarcação de suas terras. O projeto deve ser votado hoje na CCJ. DIVULGAÇÃO/CIMI SINAIS PARTICULARES.Heni Ozi Cukier, Deputado estadual (Novo-SP) Kleber Sales Asa… Após ter emplacado projetos importantes na pandemia, como o que pune o fura-fila da vacinação, o deputado estadual Heni Ozi Cukier (Novo-SP) busca voos mais altos em: quer disputar vaga no Senado. …delta. “A Constituição legou grande importância ao Senado. Pena que políticos insistam em usá-lo só como banco de reservas para outras disputas”, disse. Eu não. Questionados por jornalistas, integrantes da comitiva brasileira que visitou os EUA nesta semana disseram que não receberam a vacina contra covid-19 na capital americana, onde qualquer um pode se vacinar em farmácias. “Eu não vim para tomar vacina”, disse Fábio Faria, ministro das Comunicações. Ele não soube assegurar, no entanto, se alguém da comitiva agiu diferente. Nem eu. Na mesma coletiva de imprensa, Flávio Bolsonaro também garantiu não ter recebido vacina nos EUA. O ministro do TCU, Raimundo Carreiro, tirou de uma pasta a carteira de vacinação do Brasil, para garantir que fez sua imunização nacionalmente. PRONTO, FALEI! Foto: Dida Sampaio/Estadão Aécio Neves, Deputado e presidente da Creden (PSDB-MG): “O tom depreciativo que reproduz uma visão colonialista, atrasada e superada da História merece repúdio”, sobre declaração do presidente Alberto Fernández. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br www.docam.com.br SAIBA MAIS…https://www.instagram.com/p/CNDAhJyjCBs/?igshid=15ibrunwhlkf0 JORNALISMO COM RESPONSABILIDADE/VeículosABRACAM NOTÍCIAS –Revista VOX – A cara e a voz do Legislativo!www.abracambrasil.org.brFOCO NA POLÍTICA –Um panorama da política nacional direto de Brasíliawww.foconapolitica.com.brBRAZILIAN NEWS –O seu site de notícias de Brasília para o Mundowww.braziliannews.com.brPORTAL R10 – O seu portal de notíciaswww.portalr10.com/foco-na-politica-direto-de-brasiliaDireto com o jornalista MILTON ATANAZIOEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. document.getElementById('cloak69fa949c16574cfe981a6930658905cb').innerHTML = ''; var prefix = 'ma' + 'il' + 'to'; var path = 'hr' + 'ef' + '='; var addy69fa949c16574cfe981a6930658905cb = 'milton.atanazio' + '@'; addy69fa949c16574cfe981a6930658905cb = addy69fa949c16574cfe981a6930658905cb + 'gmail' + '.' + 'com'; var addy_text69fa949c16574cfe981a6930658905cb = 'milton.atanazio' + '@' + 'gmail' + '.' + 'com';document.getElementById('cloak69fa949c16574cfe981a6930658905cb').innerHTML += ''+addy_text69fa949c16574cfe981a6930658905cb+'';  ewhatsapp 61 9 8191-9906 Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br

Mortes de jornalistas no Azerbaijão chama a atenção da comunidade internacional

Por Milton Atanazio A manhã de 4 de junho no Azerbaijão foi trágica, quando na estrada em Susuzlug, região de Kalbajar, aconteceu a explosão de uma mina antitanque (bombas no subsolo) , atingindo um veículo que transportava membros de uma equipe de filmagem. O pessoal estava na região para fazer uma cobertura jornalística sobre a destruição causada pelos Armênios, durante os 30 anos de ocupação. É importante destacar que o Azerbaijão e Armênia disputam historicamente o território conhecido com Naborno Karabakh, mas embora essa hostilidade pareça somente regional, ele tem conflitos geopolíticos internacionais, visto que Turquia, Geórgia, Rússia, Estados Unidos, Irã e até China estão por trás . Por causa dessa explosão, dois membros da equipe de filmagem, um operador da televisão do Azerbaijão, um correspondente da Agência de Notícias do Estado do Azerbaijão, bem como o representante do poder executivo distrital, foram mortos e quatro pessoas ficaram feridas. O fato por si choca, mas tem um agravante dramático e chama a atenção internacional - As minas precisam ser desativadas. A instalação deliberada em grande escala de minas terrestres pelo país vizinho, a Armenia, nos territórios do Azerbaijão é um ato escancarado de violação do direito internacional humanitário e um desrespeito a Convenção de Genebra de 1949. O incidente de 4 de junho mostra que as minas nesta região foram implementadas deliberadamente pelos Armenios durante a retirada forçada das Forças Armadas do Azerbaijão após as operações de contra ofensivas. É cristalino o objetivo de causar o máximo de danos possível e criar obstáculos adicionais para que a população civil retorne às suas casas. Oportuno recordar que um grupo das Forças Armadas da Armênia foi detido ao entrar no território do Azerbaijão, indo em direção a Kalbajar, fazendo provocações e objetivando colocar minas terrestres nas estradas da região. Essas atitudes confirmam que a Armênia continua a representar uma grave ameaça à vida e a segurança de militares e civis, sendo um grande obstáculo para estabelecer o cumprimento da paz e segurança na região. A Armênia tem total responsabilidade das vítimas civis de minas terrestres, quando estavam desempenhando suas funções civis como jornalistas e trabalhadores da imprensa. O embaixador do Azerbaijão Sr. Elkhan Polukhov inaugura um procedimento pioneiro em sua missão diplomática no Brasil, convidando a Imprensa brasileira, radicada em Brasília, para inteirar-se do que está acontecendo em seu país. Polukhov recebeu os 25 jornalistas, conduzindo em seguida uma videoconferência, com a participação das Sras. Esmira Jafarova ( Membro do Conselho do Centro de Estudos Estratégicos e Sra. Leyla Abdullayeva (Diretora do Departamento de Imprensa do Ministério das Relações Exteriores do Azerbaijão em Baku, capital do Azerbaijão. Chamou à atenção de todos de que é necessário a ajuda da comunidade internacional para pressionar a Armênia a entregar o mapa das minas (bombas no subsolo) já que civis foram mortos recentemente. Estima-se que ainda existam minas na região,Cada explosão de mina é um ataque contra a paz e contra os valores e princípios universais que defendemos. Somente com a desativação das minas que será possível assegurar o fortalecimento da confiança entre os dois países e abrir caminho para o estabelecimento de uma paz duradoura na região. Esse jornalista aplaude o gesto do embaixador Polukhov em convidar a Imprensa, colocando o tema para informação geral e apelando para as ações da comunidade internacional para mudar o quadro na região, restabelecendo a paz e o progresso. Confia na diplomacia e espera que haja o restabelecimento pleno do direito internacional. Miltob Atanazio - *** Jornalista, comunicador, árbitro judicial, consultor diplomático, cônsul honorário da Bielorrússia, articulista no Portal R10, editor da Revista VOX/ABRACAM NOTÍCIAS, Publisher da Brazilian NEWS e Foco na Política.

10 de junho, quinta-feira – DESTAQUES DO DIA - ABRACAM NOTÍCIAS

 Veja o que você precisa saber para começar o dia bem informado, destacados pelo jornalista Milton Atanazio, direto de Brasília. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br SAIBA MAIS…  www.abracambrasil.org.br/eventos SAIBA MAIS…  www.abracambrasil.org.br/eventos  N  O  T  Í  C  I  A  S  Bom dia! Impasse na CPI: governador do AM ganha o direito de não comparecer à comissão. STF julga se suspende a Copa América no Brasil. Detalhes dos testes em humanos da Butanvac. O que sabe sobre a morte de Kathlen Romeu, jovem grávida e mais uma vida negra interrompida. Prédio desaba e deixa 11 mortos na Índia. E ‘anel de fogo’ no céu: como ver o eclipse. Já pediu aumento salarial? Veja passo a passo. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br STF e a Copa América O STF começou a decidir hoje em plenário virtual se barra ou mantém a realização da Copa América no Brasil. O julgamento de ações com pedidos de suspensão foi um pedido da ministra Cármen Lúcia, relatora do caso, e do ministro Ricardo Lewandovski. Cármen Lúcia e Marco Aurélio Mello votaram por rejeitar duas ações e liberar a competição. Lewandowskiv votou por determinar que o governo apresente, em 24 horas, um plano “compreensivo e circunstanciado” com estratégias e ações para a “realização segura” do evento. Ao contrário das sessões virtuais, que duram uma semana, desta vez os ministros têm até as 23h59 de hoje para decidir se suspendem o torneio. Torneio sob desgaste Após a recusa da Argentina e Colômbia, a competição está prevista para começar no próximo domingo (13), em quatro capitais do Brasil. Com o apoio do presidente Jair Bolsonaro, a Copa América acontece no momento em que o país ultrapassa 479.791 mortos pela Covid-19. Questionado na CPI da Covid, ministro Marcelo Queiroga afirmou que o risco de se contrair a doença seria o mesmo “com o jogo ou sem o jogo”. Os atletas da seleção brasileira chegaram a publicar um manifesto contra a realização da Copa América, mas não desistiram de jogar a competição. Enquanto isso, a Mastercard e a Ambev anunciaram que não devem expor suas marcas na competição. O desgaste com a competição foi ampliado com o afastamento do presidente da CBF Rogério Caboclo após denúncias de assédio sexual e moral. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Wilson Lima na CPI A ministra Rosa Weber, do STF, autorizou o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), a não comparecer à CPI da Covid. O depoimento estava marcado para hoje, mas o governador acionou o STF contra a convocação de governadores pela comissão que investiga ações e omissões do governo federal na pandemia. Lima foi denunciado pela PGR sob suspeita de desvio de recursos para a compra de respiradores. Elcio Franco Em depoimento de mais de oito horas à CPI da Covid nesta quarta, o ex-secretário-executivo do Ministério da Saúde Elcio Franco tentou justificar a demora na aquisição e contratação de vacinas pelo governo. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Octavio Guedes: Élcio Franco associou ‘cemitério’ a vacinas e ‘precoce’ à saúde Coronel da reserva e braço-direito do ex-ministro Eduardo Pazuello, ele esteve na pasta até março deste ano e era o principal negociador com os laboratórios fabricantes de imunizantes contra o coronavírus. Os argumentos de Franco, no entanto, não foram bem recebidos pelos senadores da comissão, que falaram em “negligência”. E o “momento tensão” ficou por conta de Marcos Rogério e Otto Alencar, que se chamaram mutuamente de “covarde” – e tiveram os microfones provisoriamente silenciados. Butanvac O Instituto Butantan deve detalhar como será o início de testes em humanos da vacina ButanVac. As pesquisas clínicas foram autorizadas pela Anvisa nesta quarta. A previsão é de que 6 mil voluntários com 18 anos ou mais participem dos estudos da fase clínica 1 e 2. O imunizante será aplicado com duas doses, com intervalo de 28 dias entre a primeira e a segunda. A Butanvac está em produção desde abril e não depende de matéria-prima importada. A expectativa é de 18 milhões de doses prontas ainda em junho, e mais 40 milhões até o fim do ano. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Vacinação em São Paulo São Paulo começa nesta quinta (10) a vacinar contra a Covid-19 grávidas e puérperas sem comorbidades com mais de 18 anos e pessoas com deficiência permanente, também acima de 18 anos, e que não recebem o benefício de prestação continuada (BPC). A estimativa é que 1,4 milhão de pessoas sejam imunizadas. Doses represadas Mais de 11% das vacinas recebidas pelo governo de São Paulo ainda não foram repassadas aos municípios para aplicação. O represamento de doses ocorre em meio a desaceleração no ritmo de aplicação de primeiras doses no estado. O estado recebeu mais de 24,2 milhões de doses de vacinas contra Covid-19 em repasses do Ministério da Saúde, mas apenas 21,5 milhões foram distribuídas para os municípios até terça-feira (8). Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Novo lockdown em Araraquara? A média móvel do número de casos de Covid-19 em Araraquara (SP) subiu 235,8% de maio a junho e colocou o município, que tem 22.808 casos e 437 mortes desde o início da pandemia, em estado de alerta máximo para a possibilidade de um novo confinamento. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Kathlen Romeu Delegacia de Homicídios do Rio investiga se PMs mataram grávida durante confronto com traficantes A morte da designer de interiores Kathlen Romeu, baleada em uma ação da PM no Rio, trouxe luto e revolta ao Complexo de Lins. A jovem – que era negra, tinha 24 anos e estava grávida de 14 semanas – levou um tiro de fuzil no tórax, segundo laudo do Instituto Médico Legal ao qual o G1 teve acesso. (Veja vídeo acima.) O corpo de Kathlen foi enterrado nesta quarta (9), sob forte comoção. A família da jovem, que era filha única e tinha se mudado da comunidade por medo da violência, pede justiça e acusa a PM de ter feito o disparo. O G1 reuniu 9 perguntas e respostas sobre o caso. Veja o que se sabe até agora. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Suspensão de operações no Rio Um relatório da plataforma Fogo Cruzado e da Universidade Federal Fluminense (UFF) mostrou que em um ano de suspensão de operações policiais em comunidades do Rio de Janeiro vários índices de violência caíram no estado. Desde junho do ano passado, o ministro do STF Edson Fachin proibiu operações em favelas do estado durante a pandemia. Rio e Niterói foram as cidades com maiores quedas em confrontos após a liminar, segundo o relatório. Em todo o Rio de Janeiro, a queda nos tiroteios com a presença de agentes de segurança durante o período da liminar é de 33%. Os dados mostram, ainda, que além de menos conflitos, há redução do número de mortos e feridos no período. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Prédio desaba na Índia O desabamento de um prédio de três andares em Mumbai, na Índia, deixou ao menos 11 mortos, sendo 8 crianças, e 7 feridos. A construção, em uma área pobre da capital financeira do país, caiu na noite de quarta-feira (9) em meio a fortes chuvas que atingiam a cidade, devido ao período das monções. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br ‘Anel de fogo’ Hoje tem eclipse. Moradores da América do Norte, Europa e Ásia presenciarão, nesta manhã, um eclipse solar anular. O fenômeno acontece quando Terra, Lua e Sol se alinham, e a posição e distância dos astros criam uma espécie de “anel de fogo”. Aqui no Brasil o anel de fogo não será visível a olho nu, mas isso não quer dizer que ficaremos de fora do espetáculo astronômico. O G1 vai fazer uma transmissão ao vivo. O eclipse inicia a fase parcial às 5h12, horário de Brasília, e se encerra às 10h11. O auge do fenômeno, quando se forma o “anel de fogo”, será às 7h42 e dura cerca de 3 minutos e 51 segundos. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br A hora de pedir aumento salarial Pedir aumento de salário pode parecer constrangedor para alguns. Especialista alerta para a importância da cautela na hora do pedido. Ter bons argumentos, conhecer a política salarial da empresa, escolher o melhor momento e se direcionar à pessoa correta são alguns dos aspectos que devem ser levados em conta. Ah, e talvez o principal deles seja não ter medo de receber um não como resposta. Veja o passo passo e vá em frente. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Luana Araújo responde Médica Luana Araújo — Foto: G1 É preciso usar máscara depois de vacinado? Devo escolher a vacina e fazer o teste para saber se ela ‘pegou’? Essas são algumas das perguntas respondidas pela médica infectologista Luana Araújo. A médica que roubou a cena na CPI tira dúvidas sobre vacinação, testes e DNA em uma série de vídeos do G1 com perguntas e respostas. Veja aqui. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br O Assunto: governo como sócio da inflação A alta de preços que corrói o poder de compra dos brasileiros tem um efeito colateral que a equipe de Guedes discretamente comemora: a redução da dívida pública como proporção do PIB. Depois de longo período em escalada explosiva, ela caiu de quase 90% no final do ano passado para 86,7% agora. Em conversa com Renata Lo Prete, o ex-diretor de Assuntos Internacionais do Banco Central Alexander Schwartsman reconhece o alívio, mas alerta: “Não é um processo sustentável. Queremos controlar a dívida para não ter inflação, não o contrário”. “PIB dá manchete, mas o que vale é a percepção das pessoas na vida”. Schwartsman comenta ainda o debate do momento, que busca avaliar a sustentabilidade e o alcance dos ganhos do novo ciclo virtuoso das commodities. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Sem filtro O isolamento social da pandemia introduziu as lives na rotina de muitos. Mas alguns foram além: passaram a fazer da própria rotina um espetáculo ao vivo. Os exemplos do modo reality vão desde fazer dancinhas no trabalho a lavar o banheiro em casa. Momentos como esses têm rendido audiência nas redes e até “presentes virtuais” no Tik Tok, que podem ser trocados por dinheiro. Copa do Brasil 15h30: Brasiliense x Grêmio 19 horas: Atlético-MG x Remo e Coritiba x Flamengo 21h30: Ceará x Fortaleza e Internacional x Vitória Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br

9 de junho, quarta-feira – RESUMO DO DIA - ABRACAM NOTÍCIAS

  Boa noite. Aqui estão as notícias para você terminar o dia bem-informado, destacados pelo jornalista Milton Atanazio, direto de Brasília. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br www.abracambrasil.org.br/eventos www.abracambrasil.org.br/eventos Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br  N  O  T  Í  C  I  A  S  DESTAQUES CNN CPI da PandemiaA CPI da Pandemia ouve hoje Antônio Élcio Franco Filho, que foi secretário-executivo do Ministério da Saúde. O objetivo é esclarecer a possível existência de um suposto “gabinete paralelo” de aconselhamento ao governo federal no enfrentamento à pandemia. O ex-secretário deve ser indagado também sobre as compras e abastecimento de insumos para os estados durante a crise sanitária. Além disso, Elcio foi responsável por negociações na compra de vacinas e, em um dos documentos obtidos pela CPI, ele relata que o atraso na resposta à Pfizer foi motivado pela presença de um “vírus” nos computadores da pasta. Vazamento de senhasCerca de 8,4 bilhões de senhas foram expostas em um vazamento recente na internet, no que deve configurar o maior vazamento de senhas da história, de acordo com o portal especializado em segurança cibernética Cybernews. As chaves estão todas listadas em um arquivo de texto de 100 gigabytes que foi publicado por um usuário em um fórum online, com o nome de ‘RockYou2021’ –uma possível menção ao megavazamento de 2009 que extraiu 32 milhões de senhas da rede social RockYou. Poderes para WassefO presidente Jair Bolsonaro assinou uma procuração na qual dá amplos poderes para o advogado Frederick Wassef representá-lo judicialmente. O documento, a que a CNN teve acesso, foi assinado pelo presidente no dia 6 de maio. A procuração diz que Wassef poderá, em nome do presidente, “transigir, negociar, reconvir, concordar, discordar, ratificar, firmar compromissos ou acordos, receber e dar quitação, desistir, acompanhar quaisquer processos em todos os termos ou instâncias, representar (o presidente) perante qualquer repartição, autarquia ou órgão federal, estadual ou municipal”. Vacinas perto da validadeAs cerca de 2,8 milhões de doses de vacina da Janssen que serão recebidas pelo Brasil estão perto da data de validade, e vencem já no dia 27 de junho. Por causa disso, o Ministério da Saúde prepara um mutirão para não perder os imunizantes. As informações são da analista da CNN Renata Agostini. Ainda não há uma previsão da chegada do lote, que depende da liberação do FDA (a agência reguladora de medicamentos americana) para a exportação da remessa, que sairá dos Estados Unidos. Vacina contra gripeA terceira fase da campanha de vacinação contra a Influenza começa hoje. O governo pretende imunizar nesta fase cerca de 22 milhões de pessoas até 9 de julho. Promovida em todo o território nacional, a vacinação teve início no mês passado e a estimativa é imunizar 79,7 milhões de pessoas. Na primeira etapa da imunização, apenas 8% do público-alvo foi atingido. Já na segunda fase, menos de 30% do público-alvo compareceu a um posto de saúde para tomar a vacina de gripe este ano.   DESTAQUES PODER 360   “Comandante terá de explicar por que não puniu Pazuello”, diz ex-ministro Governo é incapaz, diz sobre Amazônia; “Nunca vi CPI sem politização”, declara; Publica livro “O Quinto Movimento” O ex-ministro e ex-deputado federal Aldo Rebelo em entrevista ao Poder360; disse que falta de punição a Pazuello foi “tragédia”Poder360/Reprodução-8.jun.2021 O ex-ministro da Defesa (2015-2016), dos Esportes (2011-2014) e ex-deputado federal, Aldo Rebelo (sem partido), disse nesta 3ª feira (8.jun.2021) que o ex-ministro da Saúde e general da ativa, Eduardo Pazuello, deveria ter sido punido pelo Exército por participar de ato político com o presidente Jair Bolsonaro. Deu entrevista ao Poder360. “Foi um erro estimulado pelo presidente da República, porque ele [Bolsonaro] sempre foi um indisciplinado, foi expulso do Exército por indisciplina. Talvez, chegando ao comando das Forças, ache que possa fazer da indisciplina um instrumento político dos seus governos e interesses”, disse Rebelo. Segundo o ex-ministro, a decisão do general Paulo Sérgio, comandante do Exército, sobre Pazuello terá de ser explicada futuramente. “Foi uma escolha errada por razões que um dia o comandante do Exército terá de explicar. Ele [Paulo Sérgio] trabalhou comigo no ministério, e todos nós tínhamos dele a melhor impressão possível. Por essa razão, nos surpreendeu essa decisão de impunidade para o Pazuello”, declarou. Rebelo disse ainda que ausência de punição foi “uma tragédia, um engano de graves consequências”. Rebelo lançou neste ano o livro “O Quinto Movimento: propostas para uma construção inacabada”. Durante a pandemia, escreveu sobre os desafios que terá a retomada do crescimento do Brasil depois da pandemia de covid-19. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br   EIS ALGUNS ASSUNTOS ABORDADOS COM O EX-MINISTRO NA ENTREVISTA: Ruptura democrática: Diz que não há risco. “O presidente da República detém autoridade formal, mas não é um presidente com autoridade moral e política capaz de forçar a violação das normas constitucionais”; Amazônia: Rebelo, que foi do PC do B, do PSB, do Solidariedade e hoje está sem partido, afirmou que o governo erra na comunicação e que há “fraude” na narrativa sobre haver desmatamento exacerbado. “Há incapacidade de explicar a Amazônia para o Brasil e para o mundo, porque as pessoas estão convencidas de que aquilo se encontra num caminho de desmatamento irreversível. Não é verdade, isso é uma fraude completa”; Desmatamento: “O desmatamento e a queimada criminosos, atividades residuais, são a exceção. Como não tem fiscalização, não tem vigilância, o Estado não está presente, o crime é consequência desse abandono, dessa omissão. É preciso que o País tome conta da Amazônia”; Copa América: “Eu participei de um momento muito difícil, que ficou conhecido como Movimento Não Vai Ter Copa […] Tenho muito receio da politização desses eventos […] Sinceramente não sei se mais 30 ou 40 jogos iriam oferecer ao Brasil mais risco no caso de futebol do que essas competições que já estão acontecendo”; CPI da Covid: “A CPI vai tomar o rumo inevitável, que é apurar responsabilidades […] Vão reclamar que a CPI é politizada. Eu fiquei 30 anos na câmara dos deputados, nunca vi uma CPI que não fosse politizada. […] Quantas dessas mortes poderiam ter sido evitadas, por exemplo, se a vacinação, que ainda está lenta, tivesse começado em dezembro?”; Eleições 2022: “Há 2 projetos visíveis, mas com fragilidades: o de Bolsonaro e o de Lula […] As pessoas podem escolher um outro projeto com base em outra agenda em vez dessa agenda do cosmopolitismo importado. […] É disso que o país está precisando, a retomada da centralidade da questão nacional” 3ª via para 2022: Diz ser viável. “Acho que é muito precoce e cedo para [elencar nomes]. Muitas vezes os protagonistas surgem quase que no início do processo eleitoral, acho que estão em formação as condições para debate sobre agenda e não sobre nomes”; Licenciamento ambiental: “Tem que simplificar, tem que substituir o método […] No Brasil, parece que a multa é o sinal de que a lei é boa. Eu acho que você dá uma racionalidade a essa legislação. Desde que ela seja respeitada, é um caminho correto”; Futuro na política: “Estou em Alagoas. Vou voltar para São Paulo e lá vou pensar no que fazer até o fim deste ano” Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br   Em 2º depoimento, Queiroga admite possibilidade de nova onda de covid Não endossou “tratamento precoce”;Defendeu Copa América Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, durante depoimento à CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid no Senado, na segunda convocação para deporSérgio Lima/Poder360 – 08.jun.2021 Em seu 2º depoimento à CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid no Senado, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse nesta 3ª feira (8.jun.2021) que há a tendência de o Brasil viver uma nova aceleração das mortes pela doença, sem, no entanto, admitir a iminência de uma 3ª onda de contágio. Ele reforçou que o chamado tratamento precoce com remédios como cloroquina e ivermectina não tem eficácia e declarou ter foco exclusivo na ampliação da campanha de vacinação. “Para mim, ainda não está caracterizada uma terceira onda. Eu acho que estamos ainda nessa segunda onda e num platô elevado de casos. E a minha esperança para conter isso é a vacina”, declarou o ministro. Senadores independentes e de oposição ao governo federal, que formam maioria na comissão, tentaram pressionar Queiroga com questionamentos sobre a suposta existência de um gabinete das sombras para aconselhamento paralelo ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e sobre a real autonomia que o ministro tem para comandar o enfrentamento à pandemia. O ex-presidente da SBC (Sociedade Brasileira de Cardiologia) afirmou desconhecer a atuação de um grupo paralelo a sua pasta, como sugeriu o virologista Paolo Zanotto em um encontro de profissionais da saúde com Bolsonaro, em setembro de 2020. O ministro admitiu conversar eventualmente com o deputado federal Osmar Terra (MDB-RS), apontado naquela reunião como “padrinho” do grupo, mas disse que o parlamentar nunca lhe falou do “tratamento precoce” para pacientes de covid-19 com medicamentos sem comprovação de eficácia, como cloroquina e ivermectina. “O presidente me deu autonomia para eu conduzir o Ministério da Saúde. Isso não significa uma carta branca para fazer tudo que quer, não existe isso. O regime é presidencialista. Até o momento, não houve nenhum ponto que me fizesse sentir desprestigiado à frente do Ministério da Saúde”, declarou Queiroga. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br   SECRETÁRIA POR 10 DIAS Na última 4ª feira (2.jun), a infectologista Luana Araújo havia dito que trabalhou durante 10 dias na estruturação de uma secretaria extraordinária de enfrentamento à covid-19 a convite de Queiroga, mas ouviu do próprio ministro que sua nomeação não seria concretizada. Questionado sobre esse episódio, o cardiologista negou que a indicação da médica tivesse encontrado obstáculo na Casa Civil nem tampouco na Segov (Secretaria de Governo da Presidência). Os senadores inferiram, então, que a não nomeação da médica foi por motivos políticos. Repetiram diversas vezes as mesmas perguntas sobre o tema. Queiroga respondeu sempre na mesma linha, de que teria sido decisão dele. “Já disse aqui que não houve nenhum óbice formal dessas duas instâncias. Eu desisti do nome da Dra. Luana porque eu vi que o nome dela não estava suscitando o consenso que eu desejava”, relatou. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br   COPA AMÉRICA Sobre a realização da Copa América no Brasil, Queiroga repetiu o discurso de que a competição não tem grandes dimensões e os integrantes das delegações serão testados para covid-19 a cada 48 horas, sem, no entanto, a obrigação de que todos sejam vacinados. Ele também evitou avaliar os episódios em que a conduta de Bolsonaro vai na contramão das medidas não farmacológicas atualmente recomendadas pelo Ministério da Saúde, como o uso de máscara e o distanciamento social. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br/   Conselho de Ética da Câmara aprova parecer pela cassação do mandato de Flordelis Deputada poderá recorrer à CCJ; Cassação será decidida por plenário A deputada Flordelis (PSD-RJ) é acusada de arquitetar o assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo, morto a tiros em junho de 2019, em NiteróiSérgio Lima/Poder360 – 8.jun.2021. O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados aprovou nesta 3ª feira (8.jun.2021) o pedido de cassação do mandato da deputada Flordelis (PSD-RJ) por quebra de decoro parlamentar. Ela é acusada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro de ter participado do homicídio do pastor Anderson do Carmo, seu então marido, morto a tiros em 2019. Foram 16 votos a favor da cassação e 1 voto contrário, do deputado Márcio Labre (PSL-RJ). A deputada terá 5 dias úteis, a partir da publicação da ata da reunião, para recorrer da decisão à Comissão de Constituição e Justiça da Casa. Se o colegiado recusar o pedido ou a deputada decidir não apresentar recurso, o caso segue para o plenário da Câmara. Caberá ao presidente, Arthur Lira (PP-AL), decidir quando será votado. A punição é aplicada se houver pelo menos 257 votos a favor. A Câmara tem 513 deputados no total. O relatório pela cassação foi elaborado pelo deputado Alexandre Leite (DEM-SP). Eis a íntegra do relatório (4 MB). Ao conselho, a deputada afirmou novamente ser inocente e acreditar que a Justiça reconhecerá que ela não teve envolvimento no crime. “Mesmo que não acreditem na minha inocência, peço que parem de me aviltar e me permitam um julgamento digno. […] Eu não matei meu marido. Eu não mandei matar meu marido. Não avalizei nenhum dos meus filhos a praticar nenhum crime”, disse. Ela afirmou também que sua família tem sido tratada como organização criminosa e que há um “linchamento moral, político e espiritual que tem sido insuportável“. “Será que as pessoas não percebem que essa forma indigna de tratamento, é pior do que o crime ao qual pedem justiça? A Constituição defende a dignidade da pessoa humana. Eu declaro que sou humana. Não suporto mais essa dor, essa perseguição“, disse. Os poucos deputados que participaram da reunião ressaltaram que o julgamento no Conselho de Ética é político e que a questão técnica será resolvida pela Justiça. Leite defendeu seu relatório e disse que ele foi baseado em informações contidas nos autos dos processos judiciais e em depoimentos colhidos pelo conselho. “Esse conselho não pode passar a sensação de impunidade frente à uma injustiça. Temos que dar resposta necessária“, disse. O deputado também afirmou que, desde o início das investigações, Flordelis não consegue exercer de fato o seu mandato. “Está usando o mandato permanentemente para se defender, mas também para obstruir a Justiça e coagir testemunhas“, disse. Ele afirmou ainda que a deputada prometeu apresentar diversas provas de sua inocência, mas até agora não as entregou. “Ela faz uso da imunidade prisional e de seu mandato para continuar se imiscuindo da responsabilidade penal dos seus atos, sendo a única envolvida que não foi e nem se encontra presa“, disse. Flordelis não pode ser presa por causa da imunidade parlamentar e tem sido monitorada por tornozeleira eletrônica. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br   www.docam.com.br SAIBA MAIS…https://www.instagram.com/p/CNDAhJyjCBs/?igshid=15ibrunwhlkf0 JORNALISMO COM RESPONSABILIDADE/Veículos ABRACAM NOTÍCIAS –Revista VOX – A cara e a voz do Legislativo!www.abracambrasil.org.brFOCO NA POLÍTICA –Um panorama da política nacional direto de Brasíliawww.foconapolitica.com.brBRAZILIAN NEWS –O seu site de notícias de Brasília para o Mundowww.braziliannews.com.brPORTAL R10 – O seu portal de notíciaswww.portalr10.com/foco-na-politica-direto-de-brasiliaDireto com o jornalista MILTON ATANAZIOEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. document.getElementById('cloak37f7e84731c2716e345a276bd9f9285e').innerHTML = ''; var prefix = 'ma' + 'il' + 'to'; var path = 'hr' + 'ef' + '='; var addy37f7e84731c2716e345a276bd9f9285e = 'milton.atanazio' + '@'; addy37f7e84731c2716e345a276bd9f9285e = addy37f7e84731c2716e345a276bd9f9285e + 'gmail' + '.' + 'com'; var addy_text37f7e84731c2716e345a276bd9f9285e = 'milton.atanazio' + '@' + 'gmail' + '.' + 'com';document.getElementById('cloak37f7e84731c2716e345a276bd9f9285e').innerHTML += ''+addy_text37f7e84731c2716e345a276bd9f9285e+'';  ewhatsapp 61 9 8191-9906 Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br

Azerbaijão e a busca por cooperação de tecnologia para desativar minas

Por Silvana Scórsin Ontem, 08/06/2021, o Embaixador da República do Azerbaijão, Elkhan Polukhov, reuniu na Embaixada em Brasília, alguns profissionais da imprensa para falar sobre a explosão de uma mina terrestre no Azerbaijão que causou morte de jornalistas. No encontro, membros do Grupo de Trabalho de Relações Interpalamentares Azerbaijão-Brasil do Paralamento (Mili Majilis) da Republica do Azerbaijão, por vídeo conferencia, relataram o ocorrido na última explosão e a desativação de mais de 35.000 minas terrestres em uma área de 100 milhões de m2, desde a assinatura da Declaração Trilateral em 10 de novembro do ano passado, assim como um apelo ao Brasil e a outros países pela união e força em reunir tecnologia capaz de substituir ações humanas nas desativações das minas, que estão enterradas em mais de 20% do território daquele País, não só colocando em perigo militares e civis, mas inviabilizando o crescimento e a urbanização e moradia de muitos azerbaijaneses. Por fim, ainda pedem ao Governo da Armênia, pelo mapa das minas, que evitariam muitas e muitas mortes. De acordo com informações da Procuradoria-Geral da República e do Ministério de Assuntos Internos da República do Azerbaijão, na manhã de 4 de junho de 2021, um veículo que transportava membros da equipe de filmagem foi atingido por uma mina antitanque na estrada em Susuzlug, região de Kalbajar. Foto: Jornalista Siraj Abishov Por causa dessa explosão, dois membros da equipe de filmagem, um operador da televisão do Azerbaijão, Siraj Abishov, um correspondente da Agência de Notícias do Estado do Azerbaijão, Maharram Ibrahimov, bem como o representante do poder executivo distrital, Arif Aliyev, foram mortos e quatro pessoas ficaram feridas. Expressamos nossas mais profundas condolências aos familiares e amigos das vítimas e oramos pela recuperação dos feridos. O Azerbaijão levanta constantemente, a nível internacional, a questão da instalação deliberada e em grande escala de minas terrestres pela Armênia nos territórios do Azerbaijão, em flagrante violação do direito internacional humanitário, incluindo as Convenções de Genebra de 1949. Foto: Jornalista Maharram Ibrahimov Este incidente em Kalbajar mostra, mais uma vez, que as minas nesta área foram implementadas deliberadamente pela Armênia durante a retirada forçada das Forças Armadas do Azerbaijão após as operações de contra-ofensiva. O objetivo é causar o máximo de danos possível ao Azerbaijão e criar obstáculos adicionais para que a população civil retorne às suas casas. Lembramos que um grupo das forças armadas da Armênia foi detido ao entrar no território do Azerbaijão, indo na direção de Kalbajar, ao cometer provocações com o objetivo de colocar minas terrestres nas estradas da região. Isso confirma, mais uma vez, que a Armênia continua a representar uma grave ameaça à vida e à segurança de militares e civis e, agravando assim a situação na região. Este comportamento da Armênia continua a ser um grande obstáculo para estabelecer o cumprimento da paz, segurança e cooperação na região. A Armênia tem total responsabilidade das vítimas civis de minas terrestres do Azerbaijão quando estavam apenas desempenhando suas funções de jornalistas. Convidados a comunidade internacional a não fechar os olhos à violação grosseira da Armênia de suas obrigações internacionais, incluindo a política de plantar deliberadamente minas terrestres, bem como exigir que a Armênia cumpra suas obrigações de acordo com o direito internacional. O Azerbaijão tomará todas as medidas adequadas, incluindo medidas legais, para garantir a paz e a segurança.Fonte: Fabiana Ceyhan – Jornalista/Assessoria de Comunicação.   Embaixador da República do Azerbaijão, Elkhan Polukhov

09 de junho, quarta-feira – DESTAQUES DO DIA - ABRACAM NOTÍICIAS   

  Veja o que você precisa saber para começar o dia bem informado, destacados pelo jornalista Milton Atanazio, direto de Brasília.   SAIBA MAIS...  www.abracambrasil.org.br/eventos SAIBA MAIS...  www.abracambrasil.org.br/eventos Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br  N  O  T  Í  C  I  A  S  Bom dia! A CPI da Covid recebe Elcio Franco, o número 2 da gestão Pazuello. TCU investiga documento sem respaldo citado por Bolsonaro. Queiroga tenta blindar presidente. A chegada dos novos lotes da Pfizer. Os aprovados na isenção de taxa do Enem 2021. Amigos e familiares falam de grávida baleada no Rio. Mega-Sena pode pagar R$ 12 milhões. Jogadores da seleção são contra a Copa América e criticam a Conmebol. Como se livrar de ataques de ódio na internet. A nova fase de Pabllo Vittar. O Assunto é Manaus sob ataque. Contratação de estagiários negros triplica no mercado.  Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Elcio Franco na CPI Élcio Franco — Foto: Reprodução / GloboNews A CPI da Covid ouve nesta quarta-feira (9) o ex-secretário-executivo do Ministério da Saúde Antônio Élcio Franco. Coronel da reserva, ele foi o número 2 da pasta durante a gestão de Eduardo Pazuello e atualmente trabalha como assessor especial da Casa Civil da Presidência da República. No depoimento, Élcio Franco deve ser questionado sobre: compra e distribuição de insumos necessários ao enfrentamento da pandemia; e negociações para a aquisição de vacinas – e, mais especificamente, a da Pfizer (leia mais abaixo). Inicialmente, a oitiva estava para acontecer em 27 de maio, mas o militar informou que não poderia comparecer por estar se recuperando de Covid. Questionamento sobre vacina Élcio Franco terá de dar explicações sobre o fato de o governo ter ignorado mensagens e se recusado a assinar contrato com a Pfizer para receber um grande lote de vacinas já no ano passado. O gerente-geral da Pfizer na América Latina, Carlos Murillo, disse à CPI que foi Franco quem tratou diretamente com a farmacêutica durante as ofertas recusadas pelo governo em 2020. Os documentos com o detalhamento das doses a serem fornecidas foram enviados em 14, 18 e 26 de agosto; em 11 e 24 de novembro; e em 15 de fevereiro. Em todas as ocasiões, o governo ignorou os contatos. Entenda a cronologia dos contatos entre a Pfizer e o governo federal Leia a carta da Pfizer que chegou ao gabinete de Bolsonaro Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Documento sem respaldo O Tribunal de Contas da União (TCU) vai investigar a conduta do servidor que escreveu uma nota apontando suposta “supernotificação” no número de mortes por Covid-19 em 2020. O documento foi citado por Bolsonaro como se tivesse sido produzido pelo próprio órgão, que depois negou a autoria. Bolsonaro admitiu ter errado na declaração, mas insistiu – sem provas – que há indícios de exagero nas notificações de óbitos pela doença. O colunista do G1 e da GloboNews Valdo Cruz informou que o responsável pela nota, Alexandre Figueiredo Costa Silva Marques, foi indicado pelos filhos de Bolsonaro ao BNDES, mas teve a nomeação foi barrada pelo próprio TCU. O vice-presidente da CPI da Covid, Randolfe Rodrigues, afirmou que a comissão deve votar nesta quarta a convocação do servidor. Nesta terça-feira (8), o Brasil ultrapassou 17 milhões de casos confirmados de Covid. O total de mortes chegou a 477 mil. Veja os dados. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Queiroga tenta blindar Bolsonaro Marcelo Queiroga na CPI da Covid — Foto: Edilson Rodrigues / Agência Senado Em sua segunda passagem pela CPI da Covid, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, mudou versões com relação ao seu depoimento anterior, mas tentou “blindar” o presidente Jair Bolsonaro, avaliaram senadores. Nesta terça, ele prestou depoimento de oito horas. Queiroga esteve pela primeira vez na comissão em 6 de maio, mas acabou chamado de novo porque as declarações que deu na ocasião foram consideradas pouco assertivas e contraditórias. Senadores também atribuíram a reconvocação à decisão de se realizar a Copa América no Brasil e ao veto à nomeação de Luana Araújo para um cargo no Ministério da Saúde. Veja o bate-boca entre Queiroga e Otto Alencar: Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br VÍDEO: Senador Otto Alencar e o ministro Queiroga batem boca na sessão Lotes da Pfizer A Pfizer entrega o 10º lote da vacina contra Covid-19 ao Brasil. A remessa de 936 mil doses está prevista para chegar ao Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), às 19h. Nesta terça, o terminal recebeu a primeira entrega da semana, com 526,5 mil imunizantes. A farmacêutica ainda prevê uma terceira remessa nesta quinta (10), também com 936 mil doses, totalizando 2,4 milhões na semana. Até a última atualização desta reportagem, a empresa tinha enviado 6,4 milhões das 200 milhões de doses contratadas pelo governo federal. E ainda… A CPI dos Fura-Filas – que apura irregularidades na vacinação contra a Covid e investimentos feitos pelo governo de Minas Gerais em saúde – ouve, a partir das 9h desta quarta, três secretários de Romeu Zema. O estado destinou, em 2020, 10,75% da arrecadação em saúde. O percentual é menor que o estabelecido em lei, de 12%. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Manifesto da seleção A Seleção Brasileira vence o Paraguai pelas Eliminatórias da Copa Os jogadores da seleção brasileira quebraram o silêncio. Em nota publicada nas redes sociais, eles criticaram a Conmebol e disseram que são contra a realização da Copa América às pressas, no Brasil.  Em campo, a seleção derrotou o Paraguai, derrubou um tabu que durava 35 anos e, com 100% de aproveitamento, lidera com folga as Eliminatórias na América do Sul. Veja os gols no vídeo acima. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Copa do Brasil O São Paulo “massacrou” o 4 Julho com uma goleada histórica e avançou na Copa do Brasil. O Santos também se classificou. Corinthians, Palmeiras, Fluminense jogam nesta quarta. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Enem 2021 O Inep divulga o resultado preliminar dos aprovados nos pedidos de isenção da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021. Com isso, os candidatos que tiverem a isenção aprovada farão a prova gratuitamente. Para os demais, custo da taxa é de R$ 85. Se você foi aprovado, fique atento. Mesmo candidatos que tiveram a isenção aprovada precisam se inscrever no exame. As inscrições abrem em 30 de junho e seguem até 14 de julho. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Grávida baleada Kathlen e o namorado Marcelo anunciando gravidez — Foto: Reprodução / Instagarm A designer de interiores Kathlen Romeu, de 24 anos, que foi morta durante uma ação da PM na comunidade do Lins Rio de Janeiro, já tinha escolhido o nome do bebê que esperava havia 14 semanas. O G1 conversou com a amiga da vítima, que contou que a jovem teve a vida interrompida no ápice dos planos com o namorado, Marcelo. A avó da designer também fez um desabafo (assista no vídeo abaixo). ‘Perdi minha neta num tiroteio bárbaro’, diz avó de grávida morta durante ação no Lins Ataques de ódio: como se livrar A possibilidade de sofrer ataques em massa e ameaças de morte passaram a fazer parte da rotina de qualquer pessoa nas redes sociais. Os famosos não passam ilesos, mas têm chamado a atenção para o problema. Mas existem medidas práticas que podem ser adotadas nessa situação. Consultadas pelo G1, a Polícia Civil e uma pesquisadora de tecnologia informam quais passos devem ser tomados por quem quer se defender de mensagens de ódio na internet. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Recuperação e falência Um levantamento da Serasa Experian antecipado ao G1 mostrou que os pedidos de falências e recuperações judiciais registraram um forte aumento em maio, em comparação com abril. Os números de maio foram os mais negativos já registrados no ano, embora ainda abaixo do volume dos meses de junho, julho e agosto do ano passado. Os dados mostram que as micro e pequena empresas, especialmente no setor de serviços, seguem como as mais afetadas pela pandemia do coronavírus e as mais impactadas por processos de insolvência. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br R$ 12 milhões Este é o valor que a Mega-Sena pode pagar a um sortudo nesta quarta. O sorteio ocorre às 20h, no Espaço Loterias Caixa, em São Paulo. A aposta mínima custa R$ 4,50 e pode ser realizada pela internet, até as 19h.  Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br ‘Zero gringuice’ Capa do single ‘Ama sofre chora’, o hit com inspirações no arroxa de Pabllo Vittar — Foto: Divulgação É assim que o produtor Rodrigo Gory avalia a nova fase de Pabllo Vittar. A cantora lança o quarto álbum de sua carreira e promete um disco totalmente brasileiro, sem hits direcionados ao mercado internacional. Em entrevista ao G1, o produtor deu mais detalhes sobre o que esperar do trabalho da artista. Enquanto isso, outra Pabllo deixa o Brasil… Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br MP investiga se fóssil de aranha encontrado no Cariri saiu de forma irregular do Brasil A nova fase musical não quer dizer que o nome de Pabllo Vittar não será mais ouvido na gringa. É que o fóssil de uma aranha batizada em homenagem à artista foi parar nos Estados Unidos. O Ministério Público investiga se a (quase) xará chegou ao Kansas por meio de um esquema de tráfico.  Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br A bebida da quarentena 🍷 Em 2020, o interesse do brasileiro pelo mundo dos vinhos aumentou. Segundo a Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV), o consumo cresceu 18,4% em relação a 2019. O G1 conversou com 4 especialistas da área para saber quais rótulos nacionais são os mais indicados por até R$100. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br O Assunto é Manaus: a soma de todas as crises A capital do Amazonas se tornou símbolo da tragédia brasileira na pandemia. Depois, enfrentou c cheia. E desde o final de semana passado, enfrenta uma onda de ataques promovidos por criminosos em resposta à morte de um traficante pela polícia. “A população está com medo”, relata o repórter da TV Amazônica Alexandre Hisayasu. Ouça a análise: DESTAQUE DO ESTADÃO   O destaque de hoje, fica por conta da Coluna do Estadão, desta quarta-feira (Confira).   CPI da Covid quer aproveitar ‘timing’ para relatório CPI da Covid em reunião que definiu presidente, vice e relator Foto: Edilson Rodrigues/Ag. Senado Ganha força na CPI da Covid a corrente defensora de evitar a prorrogação dos trabalhos para não perder o “timing” favorável a seu relatório. Quem defende o encerramento no prazo comemora, claro, os sinais de que vacinação deve deslanchar no segundo semestre no País, porém, entende que a imunização em massa pode desmobilizar as atenções dos brasileiros e, ao fim e ao cabo, beneficiar Jair Bolsonaro. Justamente o presidente, que, no entender do G7, é o grande responsável pelo atraso na vacinação, conforme farta coleção de provas. Olha só. A CPI atravessa momento desfavorável nesta semana e parece patinar, segundo as equipes dos próprios senadores. Xi… O segundo depoimento de Marcelo Queiroga foi considerado fraco, sem grandes fatos novos, e deu palanque para ele responder, mesmo “afrontosamente”, aos parlamentares. Anzol. Apesar disso, o entorno do relator Renan Calheiros (MDB-AL) pescou importante fala sobre a (falta de) autonomia de Queiroga: ele disse que não poderia demitir Mayra Pinheiro. Por que não? Quem impede? Essas perguntas ficaram sem resposta… Anda. Senadores do G7 estão sendo aconselhados a avançar nos depoimentos do gabinete paralelo e deixar a disputa em torno da cloroquina para trás. Virou guerra de narrativa. Diz aí. Ex-secretário de Pazuello, Élcio Franco será questionado hoje na CPI especialmente a respeito da Coronavac: foi ele quem disse, em outubro, que não havia intenção de compra de “vacina chinesa”. Amém. Helder Barbalho (MDB) anunciou a vacinação de toda a população adulta do Pará até setembro, um mês antes do Círio de Nazaré, o maior evento turístico do Estado. Amém 2. Se a experiência no Pará der certo, pode ser um bom teste para outros Estados e capitais, como o Rio. A equipe do prefeito Eduardo Paes já anunciou que este ano tem Réveillon e, ano que vem, Carnaval. SINAIS PARTICULARES.Alexandre Khalil e Ciro Gomes, prefeito de Belo Horizonte (PSD) e pré-candidato do PDT à Presidência Kleber Sales Receita. Do prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Khalil (PSD): “Votei no Ciro (Gomes), porque acredito que seja um homem muito preparado. Costumo brincar que o Ciro com Lexotan seria uma maravilha”. Deu… O ex-presidente da Anvisa William Dib comemorou a aprovação em comissão da Câmara do cultivo de cannabis sativa no Brasil para fins medicinais. …bom. “Acredito que o Brasil não pode ficar à mercê de importação exclusiva para fins medicinais. Além de reparar a injustiça social por causa do alto custo (dos medicamentos), o Brasil pode até ser um exportador”, afirmou Dib à Coluna. CLICK. Presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) recebeu, na residência oficial em Brasília, a visita de seu pai, Benedito de Lira (PP), prefeito de Barra de São Miguel. Coluna do Estadão Na… Guilherme Boulos (PSOL) segue firme na ideia de ser candidato ao Bandeirantes, com ou sem o apoio do PT de Lula. …pista. Boulos esteve com Antonio Neto (PDT) conversando sobre “frente ampla” no Estado. Pedetistas esperam ser um ensaio para uma aliança nacional. Na… Guilherme Boulos (PSOL) tem dito que não abre mão de sua candidatura ao governo de São Paulo e já anda angariando apoios. Segundo a Coluna apurou, a expectativa de que tenha apoio do PT é baixa, baixíssima. Nessa toada, ele esteve com Antonio Neto (PDT) ontem discutindo “frente ampla” no Estado. …pista. Uma aliança do partido de Ciro Gomes com Boulos em São Paulo é um gesto muito importante de aproximação com o PSOL, partido que costuma estar mais próximo ao PT. Se assim for, Boulos seria o candidato (e o palanque) de Ciro Gomes em São Paulo. Unidos. Em conjunto com a Federação dos Partidos Verdes das Américas, o PV do Brasil exige que os ambientalistas do Movimento Ecológico da Guatemala, presos naquele país, sejam libertados imediatamente. Unidos 2. De acordo com José Luiz Penna, presidente do PV, são cerca de 25 presos políticos, sendo que Matilde Bajan e Ingrid Leja estriam com covid-19 e, portanto, necessitando de cuidados médicos urgentes. PRONTO, FALEI! Renato Sérgio de Lima. FOTO: TIAGO QUEIROZ/ESTADÃO Renato Sérgio de Lima, presidente do Fórum Brasileiro de Segurança Pública: “Não existe ‘bala perdida’. Temos a obrigação de fazer ser possível outra segurança pública”, sobre grávida morta em ação da PM na zona norte do Rio de Janeiro. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br/ www.docam.com.br SAIBA MAIS…https://www.instagram.com/p/CNDAhJyjCBs/?igshid=15ibrunwhlkf0   JORNALISMO COM RESPONSABILIDADE/VeículosABRACAM NOTÍCIAS –Revista VOX – A cara e a voz do Legislativo!www.abracambrasil.org.brFOCO NA POLÍTICA –Um panorama da política nacional direto de Brasíliawww.foconapolitica.com.brBRAZILIAN NEWS –O seu site de notícias de Brasília para o Mundowww.braziliannews.com.brPORTAL R10 – O seu portal de notíciaswww.portalr10.com/foco-na-politica-direto-de-brasiliaDireto com o jornalista MILTON ATANAZIOEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. document.getElementById('cloaka699553cf4cdc269ad70a965d4832f18').innerHTML = ''; var prefix = 'ma' + 'il' + 'to'; var path = 'hr' + 'ef' + '='; var addya699553cf4cdc269ad70a965d4832f18 = 'milton.atanazio' + '@'; addya699553cf4cdc269ad70a965d4832f18 = addya699553cf4cdc269ad70a965d4832f18 + 'gmail' + '.' + 'com'; var addy_texta699553cf4cdc269ad70a965d4832f18 = 'milton.atanazio' + '@' + 'gmail' + '.' + 'com';document.getElementById('cloaka699553cf4cdc269ad70a965d4832f18').innerHTML += ''+addy_texta699553cf4cdc269ad70a965d4832f18+'';  ewhatsapp 61 9 8191-9906 Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br

8 de junho, terça-feira – RESUMO DO DIA - ABRACAM NOTÍCIAS

Boa noite. Aqui estão as notícias para você terminar o dia bem-informado, destacados pelo jornalista Milton Atanazio, direto de Brasília.   Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br www.abracambrasil.org.br/eventos www.abracambrasil.org.br/eventos  N  O  T  Í  C  I  A  S  Brasil registra 2.693 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas e passa dos 17 milhões de casos;Vacina da Janssen chegará ao Brasil com prazo de validade curto e só deve ser distribuída a capitais;Após pedido de Cármen Lúcia, Presidente do STF agenda julgamento de ação de suspensão da Copa América;CPI sinaliza convocar auditor que fez documento sobre mortes por Covid citado por Bolsonaro;Indiciado pela PF, líder do governo critica CPI e Lava Jato por politização;Vamos renovar o auxílio emergencial por mais dois ou três meses, diz Guedes. Confira abaixo: Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Brasil registra 2.693 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas e passa dos 17 milhões de casos O Brasil registrou 2.693 novas mortes pela covid-19 nesta terça-feira, 8, e ultrapassou a marca dos 17 milhões de casos da doença desde o início da pandemia. A média semanal de vítimas, que elimina distorções entre dias úteis e fim de semana, ficou em 1.714, um pouco acima dos 1.664 registrados na véspera e estabilizada em patamar considerado “alto” por especialistas. Nesta terça, o número de novas infecções notificadas foi de 52.691. No total, o Brasil tem 477.307 mortos e 17.038.503 casos da doença, a segunda nação com mais registros, atrás apenas dos Estados Unidos. Os dados diários do Brasil são do consórcio de veículos de imprensa iniciado há exatamente um ano e formado por Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL em parceria com 27 secretarias estaduais de Saúde, em balanço divulgado às 20h. Segundo os números do governo, 15.494.071 pessoas estão recuperadas. O Estado de São Paulo continua registrando um número alto de mortes pelo coronavírus e, nesta terça-feira, teve 767 novas vítimas fatais da doenças. Outros seis Estados também superaram a barreira de 100 óbitos no dia: Ceará (409), Rio de Janeiro (325), Rio Grande do Sul (216), Paraná (181), Pernambuco (111) e Bahia (110). O balanço de óbitos e casos é resultado da parceria entre os seis meios de comunicação que passaram a trabalhar, desde 8 de junho do ano passado, de forma colaborativa para reunir as informações necessárias nos 26 Estados e no Distrito Federal. A iniciativa inédita é uma resposta à decisão do governo Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia, mas foi mantida após os registros governamentais continuarem a ser divulgados. Nesta terça-feira, o Ministério da Saúde informou que foram registrados 52.911 novos casos e mais 2.378 mortes pela covid-19 nas últimas 24 horas. No total, segundo a pasta, são 17.037.129 pessoas infectadas e 476.792 óbitos. Os números são diferentes do compilado pelo consórcio de veículos de imprensa principalmente por causa do horário de coleta dos dados . Com informações do Estadão Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Vacina da Janssen chegará ao Brasil com prazo de validade curto e só deve ser distribuída a capitais Lote com 3 milhões de vacinas contra covid-19 da Janssen tem prazo de validade até o dia 27 de junho Ainda sem data confirmada para chegar ao Brasil, o lote com 3 milhões de vacinas contra covid-19 da Janssen tem prazo de validade até o dia 27 de junho – ou seja, daqui a menos de três semanas. A informação foi confirmada pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em depoimento à CPI da Covid no Senado nesta terça-feira, 8. Esse é o lote que o ministro havia anunciado ter conseguido antecipar doses, junto à farmacêutica Johnson & Johnson, na última sexta-feira. A expectativa do governo Bolsonaro é que os imunizantes cheguem ao País na próxima semana, mas a confirmação da data ainda depende do aval da agência reguladora dos Estados Unidos (FDA, na sigla em inglês). Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga , em seu segundo depoimento à CPI da Covid nesta terça, 8 Foto: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO O prazo de validade curto dos imunizantes foi revelado pelo jornal Folha de S. Paulo. Questionado na CPI pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Queiroga atestou a informação: “Entendemos que temos de fazer uma estratégia para aplicar essas 3 milhões de doses em um prazo muito rápido, para não correr o risco de vencer”. A antecipação teria sido “pactuada” pelo Programa Nacional de Imunização (PNI), Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (Conasems), segundo o ministro. “Naturalmente que, se tardar o posicionamento do FDA, essas 3 milhões de doses podem não ser mais úteis para nós, por conta da exiguidade de prazo”, disse Queiroga. De acordo com o Ministério da Saúde, para acelerar a entrega, as vacinas da Janssen serão enviadas apenas para as capitais – mesmo modelo adotado inicialmente para os imunizantes da Pfizer. A pasta também afirma que vai fazer “mutirões de vacinação” e “ampla campanha” para incentivar as pessoas a irem aos postos de saúde. Assim, a meta do governo é esgotar todas as doses em até cinco dias. O ministério diz, ainda, que o Brasil é capaz de vacinar 2,4 milhões de pessoas por dia. Dados do consórcio de veículos de imprensa, no entanto, mostram que o número de pessoas vacinadas contra a covid ficou próximo a um milhão por dia na última semana. Em 23 de abril, a marca mais elevada desde o início da campanha, houve a aplicação de 1.744.001 doses. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Vacina da Janssen contra covid-19 Foto: Kamil Krzaczynski/AFP O Estadão apurou que secretarias estaduais só foram informadas do prazo de vencimento dessas vacinas em reunião técnica nesta manhã. Algumas pastas também aguardam documento oficial que confirme a data da validade e também de distribuição das doses. Presidente do Conass e secretário de Saúde do Maranhão, Carlos Lula confirmou que o conselho foi consultado. “Era a oportunidade de receber esses lotes. Com o ritmo de vacinação, a gente acredita que serão de 10 a 14 dias para aplicar essas vacinas”, disse. “Se houver esse prazo, há condição de aplicar sem deixar nenhuma estragar.” Ao todo, o Ministério da Saúde fechou acordo com a Johnson & Johnson para a aquisição de 38 milhões de doses. Pelo planejamento, a previsão de entrega era de 16,9 milhões entre julho e setembro, além de 21,1 milhões de outubro a dezembro. A vacina da Janssen é aplicada em dose única, ao contrário das demais utilizadas no Brasil. Ela foi aprovada em março pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Até o momento, o País conta com três vacinas com uso emergencial aprovado: Oxford/AstraZeneca, CoronaVac, da chinesa Sinovac, e Pfizer. Na semana passada, a Anvisa também autorizou a importação da russa Sputnik V e da indiana Covaxim, em caráter excepcional e com uso limitado a 1% da população. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Capital paulista vai seguir calendário normal de vacinação no 1º lote da Janssen O secretário municipal da Saúde de São Paulo, Edson Aparecido, afirma não ter sido informado, até o momento, sobre quantas doses vão ser distribuídas para a capital paulista nem quando as vacinas da Janssen chegam. “Seguramente, não vamos receber muitas doses agora. A menos que o lote chegue na véspera de vencer, porque aí realmente não dá, a gente consegue aplicar em 24 horas”, disse ao Estadão. Ainda de acordo com o secretário, o imunizante será distribuído igualmente para as 468 Unidades Básicas de Saúde (UBS), respeitando as proporções por habitantes em cada região, sem prioridade para nenhuma categoria específica. “Vamos seguir à risca o grupo prioritário que estiver sendo vacinado no momento”, afirmou. “Isso oferece menos riscos e é mais justo.” Com informações do Estadão Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Após pedido de Cármen Lúcia, Presidente do STF agenda julgamento de ação de suspensão da Copa América O ministro Luiz Fux, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), atendeu o pedido da ministra Cármen Lúcia, nesta terça-feira (8), para colocar na pauta a ação que pede a suspensão da Copa América no Brasil. O presidente da Suprema Corte marcou para a próxima quinta-feira (10) a sessão extraordinária que vai julgar o tema. Ao todo foram duas ações, uma do Partido dos Trabalhadores (PT) e outra do Partido Socialista Brasileiro (PSB), as quais requisitaram ao STF que impeça a realização do torneio de seleções no País. Vale lembrar que a Copa América está agendada para iniciar no próximo domingo, com Brasil e Venezuela no jogo de abertura no estádio Mané Garrincha, em Brasília. O PSB alegou no pedido “a intensa circulação de visitantes em território nacional promoverá evidente propagação do vírus da Covid-19 por diversos Estados brasileiros, bem como a potencial entrada de novas variantes virais em território nacional, em momento no qual as autoridades sanitárias já lutam contra a sedimentação da variante indiana”. O motivo principal alegado pelos contrários ao torneio no Brasil é o estado da pandemia de Covid-19 no Brasil. Assim como aqui, as antigas sedes, Argentina e Colômbia, também desistiram de sediar a competição por conta da falta de controle no combate à doença. |Com informações da IstoÉ Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br CPI sinaliza convocar auditor que fez documento sobre mortes por Covid citado por Bolsonaro © Reuters/UESLEI MARCELINO Presidente Jair Bolsonaro A CPI da Covid do Senado sinalizou nesta terça-feira que vai convocar o auditor do Tribunal de Contas da União (TCU) que produziu um documento não-oficial do órgão que foi citado pelo presidente Jair Bolsonaro ao questionar o que seria um superdimensionamento do número de mortes por Covid-19 no Brasil. Mesmo sem qualquer tipo de evidência, Bolsonaro chegou a contestar no ano passado os números de mortes pela doença causada pelo coronavírus no país, insinuando que Estados e municípios teriam interesses em inflar dados de mortes a fim de garantir mais recursos federais no enfrentamento à pandemia. O Brasil registrou nesta terça 2.378 novos óbitos em decorrência da Covid-19, o que eleva o total de vítimas fatais da doença no país a 476.792, segundo dados do Ministério da Saúde. O país tem o segundo maior número de mortes pela doença no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos. Esse debate provocado pelo presidente voltou à tona na segunda quando ele disse que teria “em primeira mão” o que seria um relatório do TCU sobre o assunto que comprovaria a sua tese. “Em primeira mão, não é meu, é do tal TCU. Questionando o número de óbitos ano passado por Covid. E aí o relatório final, não é conclusivo, mas em torno de 50% dos óbitos ano passado não foram por Covid”, disse Bolsonaro a apoiadores ao deixar o Palácio da Alvorada na manhã de segunda. Na tarde de segunda, entretanto, o TCU divulgou uma breve nota onde esclareceu que “não há informações em relatórios do tribunal que apontem que ‘em torno de 50% dos óbitos por Covid no ano passado não foram por Covid’, conforme afirmação do Presidente Jair Bolsonaro divulgada hoje”. Já na manhã desta terça, Bolsonaro reconheceu o erro de sua declaração na véspera, mas insistiu que sejam verificadas as causas das mortes registradas como relacionadas à Covid-19. “A questão do equívoco de ontem (segunda): o TCU está certo. Eu errei quando falei da tabela, o certo é acórdão”, disse o presidente também a apoiadores saindo do Palácio da Alvorada. Ainda assim, Bolsonaro –novamente sem provas– disse que há “indícios enormes” de que houve sim uma supernotificação de mortes por Covid para que governadores conseguissem mais recursos. Ele defendeu uma apuração do assunto. “A CGU (vai) fazer então um trabalho em cima disso daí. Está mais que … é um indício fortíssimo. Vocês devem ter visto muitos vídeos no WhatsApp de gente falando ‘meu pai meu avô, meu irmão, não morreu de Covid’. Botaram Covid por quê?”, questionou. QUEBRA DE SIGILO Na CPI, o senador Humberto Costa (PT-PE) disse ter apresentado um requerimento para convocar o auditor, destacando que ele seria amigo de pessoas próximas ao presidente e que o próprio TCU abriu uma investigação para apurar a conduta do servidor. “Se é verdade isso aqui, ele fez uma coisa muito grave”, disse o petista. O presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM), chegou a defender a quebra de sigilos telemático e telefônico do auditor para saber com quem ele se comunicou. Disse para fazer logo um “pedido completo” para votar na sessão administrativa da CPI que votará requerimentos na quarta-feira. Com informações da Agência Reuters Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Indiciado pela PF, líder do governo critica CPI e Lava Jato por politização O líder do Governo no Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE), criticou nesta 3ª feira (8.jun.2021) o andamento da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid. Disse que o colegiado virou “palanque político” e comparou o trabalho ao da Lava Jato. O senador foi indiciado mais cedo pela Polícia Federal por corrupção. © Foto: Waldemir Barretos/Agência Senado O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE), no plenário do Senado Federal. Ele criticou a postura que a CPI vem trabalhando “Fiz um apelo a todos os membros desta Comissão para que os excessos fossem evitados, uma vez que a legitimidade do resultado a ser apresentado depende do equilíbrio que permite, sempre que possível, o exercício do consenso, afastando posições de beligerância e confrontação que transformam a CPI em palanque político ou palco para radicalizações ideológicas.”, disse. Na comparação com a Operação Lava Jato, que investigou a corrupção no poder público, Bezerra disse que foi vítima da criminalização da política quando sofreu acusações “que não se sustentam” pela Justiça à época. A CPI, atualmente, também tentaria chegar a conclusões sem as devidas provas. “Quantos de nós não fomos vítimas dessa criminalização da política, de um viés persecutório implacável, fundado em premissas frágeis e juridicamente questionáveis, oriundas de delações banalizadas, obtidas mediante coação imposta aos delatores, atropelando as garantias constitucionais dos investigados, com evidentes excessos de discricionalidade.” Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Acusado de corrupção O discurso durante fala na CPI, que ouvia pela 2ª vez o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, foi horas depois de a Polícia Federal indiciar o senador e líder do Governo por corrupção. Ele é acusado de receber R$ 10 milhões em propinas pagas por empreiteiras de 2012 a 2014, período em que atuou como ministro da Integração Nacional no governo Dilma Rousseff (PT). O filho do senador, o deputado federal Fernando Bezerra Coelho Filho (DEM-PE) também foi indiciado. A PF pediu que o STF (Supremo Tribunal Federal) decrete o bloqueio de R$ 20 milhões dos congressistas. O relatório com a conclusão das investigações foi levado à Corte em 31 de maio. Segundo a investigação, Fernando Bezerra Coelho teria recebido R$ 10,4 milhões em propinas para atuar em favor das empreiteiras OAS, Barbosa Mello e Constremac de 2012 a 2014. As vantagens indevidas seriam contrapartidas por contratos firmados pelas empresas com o Ministério da Integração Nacional. “O recebimento de tais valores ocorreu por um intrincado esquema de movimentação financeira ilícita, como também ocultação de ativos obtidos por meio criminoso, com a crível finalidade de integrar patrimônio adquirido de forma escusa e dificultar a persecução de dados informativos que descortinem tais fatos“, disse a PF. Em nota, os advogados André Callegari e Ariel Weber, que defendem Fernando Bezerra Coelho, afirmaram que o relatório final do inquérito é uma “opinião isolada” de seu subscritor. “Essa investigação, nascida das palavras falsas de um criminoso confesso, é mais uma tentativa de criminalização da política, como tantas outras hoje escancaradas e devidamente arquivadas”, afirmam. Com informações de Poder360 Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Vamos renovar o auxílio emergencial por mais dois ou três meses, diz Guedes O ministro da Economia, Paulo Guedes, reafirmou nesta terça-feira, 8, que o governo deve renovar o auxílio emergencial por “dois ou três meses”. Segundo o ministro, há compreensão de que a pandemia deve ficar “sob controle” nos próximos 60 a 90 dias, com o avanço da vacinação nos Estados. Ele citou a previsão de governadores de que a população adulta estará imunizada até o fim de setembro, mas deixou a porta aberta para mais uma renovação em caso de frustração nessas previsões. “Vamos renovar (o auxílio emergencial) agora, pelos próximos dois meses”, afirmou Guedes durante evento do Bradesco. “Se for necessário estender (auxílio) para outubro, tudo bem. Mas agora estamos prorrogando por dois ou três meses”, disse. Como mostrou o Estadão/Broadcast, a extensão da ajuda a vulneráveis é uma forma de manter a assistência às famílias em um cenário de risco de agravamento da pandemia de covid-19 e também evita um “vácuo” até o lançamento da nova política social permanente do governo, que ainda está em fase de preparação. O governo tem planos de estender o auxílio emergencial até setembro, nos mesmos valores de R$ 150 a R$ 375 e com igual alcance em termos de público. Atualmente, o auxílio contempla cerca de 39,1 milhões de brasileiros. Nesta terça, Guedes disse que o novo programa seguirá linhas “conservadoras” já observadas hoje no Bolsa Família e frisou que os recursos para bancá-lo ficarão dentro do Orçamento e do limite do teto de gastos, que restringe o avanço das despesas à inflação. O ministro não deu detalhes da reformulação, mas assegurou que o valor do benefício médio será maior que o atual no Bolsa Família (cerca de R$ 190 mensais) e mais pessoas serão alcançadas. Guedes destacou que, no começo, o programa alcançava cerca de 67 milhões, mas o governo preferiu “errar” para mais e evitar o risco de excluir alguém indevidamente. Ao longo dos meses, segundo o ministro, as regras foram sendo depuradas, e o escopo, reduzido. Ele também citou todas as iniciativas do governo para socorrer empresas e trabalhadores durante a crise, como adiamento de tributos, programas de crédito a micro e pequenas empresas e a possibilidade de reduzir jornada e salário ou suspender contrato, mediante o pagamento de um benefício pelo governo. “Fico muito confortável para dizer que alguns programas (de outros países) podem ter sido tão bons quanto os nossos, mas nenhum melhor”, disse Guedes. “A equipe fez um bom trabalho nesta guerra contra a pandemia.” Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br © Dida Sampaio/Estadão Guedes disse que programa de qualificação de jovens levar a uma redução “muito rápida” no desemprego. Para bancar a prorrogação do auxílio, a equipe econômica deve abrir um crédito extraordinário de aproximadamente R$ 12 bilhões. O valor vai reforçar os cerca de R$ 7 bilhões que ainda estão disponíveis dentro dos R$ 44 bilhões já destinados ao programa e que não foram usados porque o número de famílias na nova rodada ficou abaixo do inicialmente projetado. “Precisaremos de R$ 11 bilhões em crédito extraordinário para prorrogação de auxilio emergencial. Se pusermos mais R$ 12 bilhões, R$ 13 bilhões com o novo auxilio emergencial, não espero barulho do mercado. Mesmo estando em uma pandemia, estamos preocupados com o déficit”, afirmou o ministro. No desenho atual, a última parcela do auxílio emergencial é prevista para julho deste ano. No entanto, fontes do governo afirmam que “alguma prorrogação é razoável”, dado que o número de casos e óbitos pela doença parou de cair. Além disso, a extensão da ajuda dará maior conforto até a vacinação mais ampla da população. A prorrogação deve ocorrer por medida provisória. A necessidade de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para isso, aventada anteriormente, perdeu força porque esse tipo de crédito já fica fora do teto, e há espaço na meta fiscal (que permite rombo de até R$ 247,1 bilhões no ano) para acomodar o gasto adicional. Guedes ressaltou que o governo tem tido uma melhora nas contas, com um déficit projetado em R$ 187,7 bilhões, abaixo do permitido pela meta fiscal de 2021, que é um rombo de até R$ 247,1 bilhões. Nesse contexto, segundo o ministro, aumentar o gasto extrateto “em R$ 11 bilhões, R$ 15 bilhões com programa de emprego ou ajuda a vulneráveis é concebível”. Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br Programa de qualificação de jovens Durante o evento desta terça, o ministro disse ainda que o programa de qualificação de jovens que o governo pretende lançar vai levar a uma redução “muito rápida” no desemprego. “O jovem durante processo de treinamento custa mais barato para empresa e adquire habilidades. O setor de serviços será decisivo, elas já estão encomendando 20 mil, 30 mil jovens para treinamento”, afirmou. Segundo Guedes, o ministério continua com previsão de crescimento “conservadora” de 4% a 5% na economia deste ano e disse que, com a vacinação, o País caminha para dias melhores. “O Brasil está conseguindo acelerar vacinação com o ministro Queiroga”, disse, em referência ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que depõe nesta terça à CPI do Covid. Com informações do Estadão Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br/ www.docam.com.br SAIBA MAIS…https://www.instagram.com/p/CNDAhJyjCBs/?igshid=15ibrunwhlkf0 JORNALISMO COM RESPONSABILIDADE/VeículosABRACAM NOTÍCIAS –Revista VOX – A cara e a voz do Legislativo!www.abracambrasil.org.brFOCO NA POLÍTICA –Um panorama da política nacional direto de Brasíliawww.foconapolitica.com.brBRAZILIAN NEWS –O seu site de notícias de Brasília para o Mundowww.braziliannews.com.brPORTAL R10 – O seu portal de notíciaswww.portalr10.com/foco-na-politica-direto-de-brasiliaDireto com o jornalista MILTON ATANAZIOEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. document.getElementById('cloak26cd517879db7db6be88ab743d10d9ee').innerHTML = ''; var prefix = 'ma' + 'il' + 'to'; var path = 'hr' + 'ef' + '='; var addy26cd517879db7db6be88ab743d10d9ee = 'milton.atanazio' + '@'; addy26cd517879db7db6be88ab743d10d9ee = addy26cd517879db7db6be88ab743d10d9ee + 'gmail' + '.' + 'com'; var addy_text26cd517879db7db6be88ab743d10d9ee = 'milton.atanazio' + '@' + 'gmail' + '.' + 'com';document.getElementById('cloak26cd517879db7db6be88ab743d10d9ee').innerHTML += ''+addy_text26cd517879db7db6be88ab743d10d9ee+'';  ewhatsapp 61 9 8191-9906 Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br

ABRACAM

A Associação Brasileira da Câmaras Municipais, foi fundada em 1999 e há vários anos faz inúmeras ações que buscam dar capacidade e qualificação aos vereadores para que exerçam suas funções da melhor maneira possível.

Contato

Sede Brasília, SAS - Quadra 05 - Lote 05, Bloco F - Sala 08 (Setor de Autarquias Sul) Brasília/DF - CEP: 70070-910
Tel.: (61) 3322-0499 - Cel.: (61) 98111-0460 / 99500-3505
assessoria@abracambrasil.org.br

Menu